quarta-feira, fevereiro 13, 2013

Que "tipo" de Adventista você é?

ADVENTISTA DO SÉTIMO DÍGITO
Acredita que seu único papel na Igreja é devolver o dízimo e doar ofertas. Isso já garante sua prosperidade e salvação.

ADVENTISTA PENTECOSTAL
Vive comparando a Igreja Adventista com outras denominações, sempre achando que as outras são mais animadas, ungidas, fervorosas e “quentes”. Seu maior sonho é falar "em línguas”.

ADVENTISTA CARDIOLÓGICO
Não faz qualquer esforço para mudar seu estilo de vida, pois botou na cabeça que "Jesus só quer o coração". Não se preocupa com o testemunho no vestuário, maquiagem, divertimentos, amizades, linguagem, etc.

ADVENTISTA 02 DE NOVEMBRO
Morre de medo de alma penada e de macumba.

ADVENTISTA BEATO
Acredita que fazendo alguma “penitência” vai chamar a atenção de Deus para si.

ADVENTISTA ATEU
Não crê que a fé é uma ferramenta poderosa, capaz de realizar coisas impossíveis.

ADVENTISTA DA NOVA ERA
Está sempre atrás de terapias naturais que tragam paz de espírito e cura da alma (iridologia, homeopatia, yoga, etc.)

ADVENTISTA XIITA
Acredita que devemos sempre que preciso usar a força na evangelização, obrigando todos a aceitarem nossas doutrinas, custe o que custar. E todos os que se opuserem, serão tratados como inimigos mortais.

ADVENTISTA SURFISTA
Está sempre navegando nas ondas dos modismos que surgem no meio evangélico (“amado”, “abençoado”, “está repreendido”, “oh glória”, “amém, igreja?”, "determinar a bênção", etc.)

ADVENTISTA FARISEU
Passa todo tempo olhando os defeitos dos outros, e esquece que ele próprio não passa de um “sepulcro caiado”.

ADVENTISTA(S) PONTO CÃO (quem lê entenda)
Tem síndrome de conspiração e não acredita em nada que os pastores ensinem. Acham que os líderes só querem saber de ganhar dinheiro.

ADVENTISTA CIGARRA
Fica todo tempo de braços cruzados, enquanto os outros fazem todo o trabalho, e ainda zomba das “formigas” que estão empenhadas na obra de Deus.

ADVENTISTA "TÔ NEM AI"
Está sempre “lavando as mãos” e dizendo: “Eu não fui escolhido para nenhum cargo, então não tenho nada a ver com isso. Não contem comigo”.

ADVENTISTA EM GREVE
Chega em outubro e diz “não quero cargos. Vou dar um tempo para minha vida espiritual, sem me preocupar com compromissos com alguma função”. Às vezes tem muito talento, mas não os emprega na Obra de Deus. Está “dando um tempo”.

ADVENTISTA NO SÉTIMO DIA
O único momento que dedica para a religião é a manhã do sábado, mesmo assim friamente. Nunca vem na quarta-feira porque está muito "cansado". Na verdade, não quer perder a novela ou o futebol.

ADVENTISTA DO SÉTIMO DIA
É aquele que realmente vive o estilo de vida ensinado pela Bíblia e Espírito de Profecia. Procura sempre fazer sua parte na obra da Igreja, sem parar para criticar ou culpar os outros. Estuda a Bíblia e a Lição da Escola Sabatina, e está envolvido no trabalho missionário e demais programas da Igreja. É fiel nos dízimos e tem seu pacto de ofertas. Esse sim, pode encher o peito e dizer com orgulho santo: “Sou Adventista do Sétimo Dia”, assim como Jesus também era.

Que TIPO de Adventista é VOCÊ?

19 comentários:

Késia Mota disse...

Gostei dessa!
hehehehehehe

Interessante mesmo!

Paulo Roberto disse...

Gostei deste comentário, muito bom mesmo, é bem a nossa realidade.....

Michael disse...

Pr. Gilson, não entendi o adventista "sufista" que surfa no modismo do mundo evangelico, é errado falar essas palavras? não entendi muito bem o que você quiz dizer, pode explicar melhor?

Gilson Medeiros disse...

Olá, Michael.
Eu não diria que seja "errado" falar esses jargões e gírias do mundo "gospel". Só considero que não devemos ser tão aficcionados por estes modismos, de tal modo que sejamos os primeiros a imitarem essas "ondas" que sempre surgem trazendo alguma novidade.

Houve um tempo que se usava muito o "tá amarrado", ou "tá repreendido". Hoje, se usa mais o "diz ai, abençoado", ou "fala, amado", ou ainda "tome posse da sua bênção".

São erradas? Não!
São apenas modismos... só isso.

Um abraço.
Gilson.

Michael disse...

Obrigado Pr. Gilson, perguntei apenas porque é comum aqui na cidade onde moro (Russas-CE) é comum falarem essas palavras inclusive em cima do pupito! Parabens pelo blog.

Divalcir da Silva disse...

deveria ter também um artigo com este tema: QUE TIPO DE PASTOR ADVENTISTA VOCÈ É ?

- pastor que não visita as ovelhas
- pastor que só visita anciões
- pastor que só faz combraças
- pastor que sua esposa não faz nada
- pastor que só visita a "panelinha"
- pastor "liberol geral"
- pastor etc...

ass: Divalcir da Silva - AC

Anônimo disse...

Penso que deveriam ser todos iguaizinhos, ou seja, cópias uns dos outros, se replicando infinitamente.

Todos deveriam perder a individualidade e a subjetividade.

Assim seria ótimo!

Beto.

Gladys disse...

Gostei... Muito interessante a visão totalmente realista no meio adventista. Só não entendi uma coisa: O que tem de errado afirmar que as igrejas petencostais são mais "quentes" do que nós? Eles não são?
Sabemos que temos a doutrina verdadeira, mas esquecemos de admitir que somos a igreja de Laodicéia e não temos o "poder" do Espírito Santo em nós. (Quanto ao falar em línguas, sem sombras de dúvidas que isso é errado!)

Tayanne disse...

Bom dia, irmão Gilson!
Bom, dei uma olhada em seu blog em assuntos relacionados ao Sábado, mas nenhum deles disse, na 'bucha' ou na íntegra o que pode e o que não pode ser feito em dia de Sábado. Sou estudiosa da palavra e também membro da Igreja Adventista, mas ainda tenho algumas dúvidas referentes a esse assunto.
Sei que no Sábado não devemos fazer nada daquilo que tome o nosso tempo nas horas sagradas.
Um dúvida grande que tenho: Se eu pagar algum alimento na sexta e só receber no Sábado, estou agindo de forma errônea? Comprar remédio, em dia de Sábado, pode? Quando realmente sabemos que o dia mudou? Quanto já tá escuro ou quando o sol tá baixo? Gostaria que me esclarecesse essas 'besteirinhas'.

Ah, e também gostaria que me falasse sobre alimentos que não podemos ou não devemos consumir, como: Café, chocolate, fígado..
Se puder me ajudar, fico grata.
Tenha um dia abençoado por Deus e que Ele continue fazendo de você 'um vaso de honra, moldado pelo Senhor.' Amém!

Gilson Medeiros disse...

Olá, Tayanne.
Obrigado pelo comentário.

Primeiramente, sugiro que vc dê uma lida nos seguintes materiais (talvez tenha que copiar e colar na barra de endereços do seu navegador):
http://www.jesusvoltara.com.br/sabado/10_como_guardar_sabado.htm

http://www.sabado.org/estudo-biblico-7/

http://www.sabado.org/estudo-biblico-7/

O sábado deve ser um momento especial entre você e Deus, você e sua família, sua família e Deus. Compreende?! É um dia que o Senhor separou apenas para Ele, para que pudessemos nos encontrar semanalmente com nosso Criador e Redentor.

Portanto, resumindo, tudo que você faz nos 6 dias da semana para "ganhar a vida", cuidar dos afazeres cotidianos, etc., devem ser colocados de lado no Sábado, e apenas o que for de caráter espiritual ou filantrópico deve nos ocupar nestas 24 horas sagradas.

O sábado, assim como os demais dias, se inicia ao por-do-sol, nem 1 minuto a mais nem a menos. Portanto, quando o sol estiver se pondo no horizonte, já estará iniciando o Dia do Senhor.

Não é pecado comprar um remédio no sábado, se você foi pega de surpresa com alguma doença súbita. Mas se, por negligência ou preguiça, não comprou na sexta-feira e deixou para o Dia do Senhor, então estará transgredindo o mandamento.

Quanto aos alimentos, TUDO que for prejudicial ao seu corpo, afetará sua saúde física, mental e espiritual. Se você sabe que não deve comer certo alimento, mas come, não estará cometendo "pecado", mas sim trazendo ao seu corpo um mal que poderá lhe trazer complicações de saúde. Depois, não temos o direito de pedir que o Senhor nos cure, se nossa doença foi fruto de desobedecermos as orientações que Ele tão bondosamente nos oferece. É a lei universal das "causas e consequências".

Um abraço.
Gilson.

camilo disse...

Infelizmente temos um pouco ou muito de cada item,nossa oração deve ser como a do salmista:Cria em mim ó Deus um coração puro e renova em mim um espirito reto.Só Deus pode fazer isso.

Ludmila disse...

Oi Gilson, amo seu blog, muitas coisas q eu tinha dúvida foram esclarecidas aqui, porém tenho uma que está me agoniando,sei que yoga não vem de Deus, aqueles mantras e outras coisas, porém comprei uma revista sobre ginástica e saúde que veio ensinando 10 alongamentos da yoga, comecei a fazer e foi ótimo para o meu corpo, eu não falo nada d mantras nem outras coisas,até pq não vem na revista E MESMO SE TIVESSE NÃO FALARIA JAMAIS, só faço o alongamento, to sendo uma ADVENTISTA NOVA ERA??? TÁ ERRADO EU ALONGAR??? PENSO SER SÓ UM EXERCÍCIO COMO OUTROS... POR FAVOR ME ORIENTE E ME AJUDE!!!!!!
Ludmila.

Gilson Medeiros disse...

Olá, Ludmila.
Que bom que você gosta do meu blog!

Quanto à sua dúvida, eu penso o seguinte:
A YOGA tem como fundamento a questão da "respiração como meio de elevar o espíito". E isso é perigoso! Sabemos que as filosofias orientais, todas elas, estão intimamente relacionadas com a imortalidade da alma, a crença de que "somos deuses", a aspiração de se atingir a "iluminação" através da meditação e dos mantras, etc.

Por isso, não creio que seja apropriado para um futuro morador do Céu se envolver com estas coisas.

Entretanto, você diz que se utiliza apenas dos "exercícios de alongamento". Enquanto estiver "só nisso" não vejo muito problema. Mas lembre-se que a nossa tendência natural é sempre nos envolvermos cada vez mais com o inimigo, e isso ocorre sem que nem nos demos conta.

Existe um livro muito bom da CPB que trata destes assuntos. O título é MEDICINA ALTERNATIVA:
http://www.cpb.com.br/produto-46-medicina+alternativa+a+armadilha+dourada.html

Acredito que será uma boa fonte de consulta para você se aprofundar mais no assunto.

Um abraço.
Gilson.

SINDSEP DE QUIXADÁ E REGIÃO disse...

Excelente Check List Pastor Gilson.

Serve para chamar a atenção e percebermos que está FALTANDO E O QUE ESTÁ SOBRANDO em nós em termos de processamento do nosso testemunho diante de Deus e dos homens.

ALEXANDRE FELIX

Chacon disse...

Ois é Gilson, mais um post bastante interessante. Você tocou em pontos importante num tom meio de "brincadeira" mas sei que o que você diz é muito sério. Entre os pontos que você destacou, aquele de repreender para mim é um dos piores, só Jesus repreende, só Jesus tem poder, só jesus pode qualquer coisa, só jesus!! Vou contar algo que numca tinha visto na vida e não em absoluto, com na IASD. Eu aind não tinha sido batizado e estava tomando classes com a saudosíssima irmã Angelina Senise Lisboa. Esta senhora nos seus mais de 70 anos de idade dava classes todos os Sábados à tarde e domingos à noite. Nos Sábados, iamos ao culto e já ficava para as classes da irmã. Levavamos comida, cantavamos, louvavamos, estudavamos, riamos, era uma maravilha. A irmã Angelina foi uma das pessoas que eu conheci que tinha mais conhecimento, da Bíblia, do espírito de Profecia, e de referências fora da Bíblia. A classe sempre tinha muita gente, a Igreja era grande, e certa vez levaram uma mulher, como convidada, parece que a mulher havia passado por certos problemas no seu passado e estava tratando de se converter. Bom..., certo momento, estavamos todos sentados a mulher praticamente ao meu lado, não lembro se estavamos cantando ou o que...a mulher começou a ser... posso dizer possuida, se debater no chão (não era epilética), e ai vem a coisa do repreender e da falta de conhecimento de muitos irmãos. Alguns abriram a Bíblia e colocaram no peito da mulher estndida enquanto convulcionava, gritavam para o espírito sair, essas coisas. A irmã Angelina, na sua sabedoria, nos pediu para ficarmos de joelhos e começassemos a declamar o Salmo 91, nada de ficar ao lado da mulher nem nada, só o Salmo 91. Declamamos váriaqs vezes e a mulher foi voltando, chamamos o pastor, a mulher voltou a ter o problema, voltamos a declamar o Salmo 91 e depois ela se foi. Não temos poder, não temos e não somos nada, é possível que Deus nos dê poder, conforme Sua vontade, mas não poder para ter apenas e sermos os maiores, mas para nos transformar e ajudar os outros nessa luta. Já vi bastante coisa na Igreja, percebo que o que você citou tem mais a ver com o ser humano caido que com o Adventista, cada um seja Adventista, Católico ou outros têm que de alguma maneira receber o Espírito Santos e "cair na real" (sem cair literalmente), perceber que só Deus pode. Um forte abraço

Anônimo disse...

Eu rachei de rir do irmão que fez os comentários a respeito dos tipos de pastor..kkkkkkkkkkkkk é verdade!! tem todos aqueles tipos na igreja, aliás o que mais tem são aqueles tipos que eu me recuso a chamar de pastor rss

Luciano Macedo disse...

Modismo é vaidade é pecado.

perciliana silva disse...

Excelente texto!!! Parabéns...

Gilson Medeiros disse...

Olá, Perciliana.

Que bom que o texto lhe foi útil!

Um abraço
Gilson.

Cursos Básico, Médio e Avançado

Ebook 101 Razões