quarta-feira, agosto 26, 2015

Que "rótulo" você me dá?!

Já perceberam como nós ultimamente aprendemos a dar tanto valor para o que as pessoas "têm" e não no que elas "são"?
Valorizamos muito os "títulos" (É um doutor? Tem curso superior? Já fez pós-graduação? Escreveu algum livro? Em qual universidade estudou? etc.)

Valorizamos os "rótulos" (Qual o seu sobrenome? Quem são seus pais?
Você mora em qual bairro? Qual sua origem? Europeia? Americana? etc.)

Valorizamos o "status profissional" (Em que você trabalha? Quanto ganha? Está em algum nível de gerência ou diretoria? Fez MBA na FGV? Trabalha em multinacional? etc.)

Valorizamos a "aparência física" (É bonito(a)? Tem cabelo liso? Olhos azuis? Cútis clara? Está dentro do peso? As orelhas são bem formadas? O nariz é afilado? Anda com elegância? Veste roupas de shopping ou de camelô? Usa sapatos de marca? Perfumes do Boticário ou de R$ 1,99? etc.)

E a lista continua.... (Tem carro do ano? Casa "xique"? Fala inglês ou francês? Viaja para o exterior? etc. etc. etc. etc. etc. etc.)

Nossa sociedade aprendeu a ser extremamente "exteriorizada". Apenas se alguém está dentro dos "padrões" estipulados pelos pseudo-intelectuais do momento é que pode ser considerada uma pessoa "bem na vida". O que mais me deixa triste é perceber que este comportamento consumista e discriminatório também pode ser visto entre nós, a "menina dos olhos de Deus".

Quando eu estive refletindo sobre estes pontos me chamou a atenção a maneira como Deus agiu com Jesus, ao enviá-Lo ao mundo para salvar a Humanidade.

Seu título acadêmico?
Nem mesmo passou perto das escolas dos intelectuais da Sua época.

Seu sobrenome?
Não tinha importância, tanto é que O chamavam simples e pejorativamente de "Nazareno".

Sua profissão?
Carpinteiro... longe de ser admirada pelo "status" social.

Seus pais?
Filho adotivo de um humilde carpinteiro. Sua mãe legítima também não tinha um "nome" que pudesse impressionar a burguesia social da época.

Sua aparência física?
Em nada O diferenciava das pessoas simples que gostavam de rodeá-Lo.

Seu círculo de amizade?
Servidores públicos corruptos, prostitutas, pescadores, grosseirões, leprosos, ladrões...

Pois é... me parece que, definitivamente, Deus pensa diferente de como nós pensamos em matéria de valores pessoais.

Nestes últimos dias ficaram muito mais claras em minha mente as palavras do Senhor a Samuel:

"...o SENHOR não vê como vê o homem. O homem vê o exterior, porém o SENHOR, o coração" - (1Sam. 16:7)

Se você tem um exterior "bonito", lembre-se que Deus vê o coração...
Se você tem um exterior "não tão bonito", lembre-se que Deus vê o coração...

4 comentários:

EDNA GONÇALVES disse...

Oi Pr. Gilson, fiquei encantada com a mensagem "Qua rótulo vc me dá?, pois vivo isto na pele dentro do circulo social e trabalho. Portanto atraves do seu blog, decidi fazer um oara mim tbém e copiei está mensagem. espero que não ache ruim. Deus te abençoe e seja contigo. meu e-mail é: ednamagugo@yahoo.com.br

Jailson Passos disse...

Talvez por isso dentro de nossas Igrejas também aconteça isso!
Muitas vezes são valorizados os membros que são empresários bem sucedidos. Inclusive eles quase sempre são os líderes da Igreja local. Ditam as regras na Igreja e na Comissão e são aplaudidos quando falam. Mesmo passando por cima das leis e das pessoas para ganharem dinheiro são chamado de "abençoados" e "homens de Deus".
É uma pena!
Talvez por isso o Espírito de Profecia diga:

"É uma solene declaração que faço à igreja, de que nem um entre vinte dos nomes que se acham registrados nos livros da igreja, está preparado para finalizar sua história terrestre, e achar-se-ia tão verdadeiramente sem Deus e sem esperança no mundo, como o pecador comum. Serviço Cristão, págs. 40 e 41. "

Que Deus nos ajude a sermos melhores!

Fernanda. disse...

Gostei desse texto, muuuito bem embolado ;-D

Cacau disse...

Oi, eu também gostei da mensagem! Isso acontece muito, somos muitas vezes "rotulado" pelo que temos ou pela aparência... Já fui muito julgada pela aparência e rotulada também...

Que bom que Jesus é que enxerga nosso coração. As pessoas julgam pelas aparências e se enganam, porque não aparência não revela o caráter de alguém!

* Gilson, eu acho que minha avó está mal, não tive notícia nenhuma ainda, por isso vim aqui pedir pra vc e quem puder orar pela minha avó (Orem pela avó de Cauane). Obrigada. (muito tensa)

Cursos Básico, Médio e Avançado

Ebook 101 Razões