segunda-feira, julho 07, 2014

Duvido que existam "ateus" de verdade!

A Mídia tem se dedicado a divulgar a obra de um ardoroso defensor moderno do ateísmo, o Dr. Richard Dawkins, um cientista britânico que se autoproclama de "ateu", e que gosta de ridicularizar a religião. É notável como os grandes meios de comunicação de massa, pelo menos no Brasil, dão muita publicidade aos ditos "ateus", mas quase não falam sobre outros cientistas (tão notórios quanto) que mantêm de forma saudável a harmonia entre a fé e a ciência. Alguns programas de entrevistas até chamam representantes do Criacionismo, mas, na maioria esmagadora das vezes, é só para ridicularizá-los. Na verdade, a religião ultimamente só tem sido retratada de forma pejorativa, deturpada e constrangedora nas novelas, telejornais e programas de um modo geral. Uma exceção notável é o Dr. Rodrigo Silva (Adventista do 7º Dia), que tem conseguido "calar a boca" dos críticos da religião, por sua argumentação lógica, sólida e acuradamente científica.


Pessoas como o Dr. Dawkins, que é catedrático da prestigiada Universidade Oxford, tendem a considerar a fé no Criacionismo como sendo algo próprio para pessoas com mente "fechada". Aliás, um artigo de alguns meses atrás da Revista Época colocava o comentário do livro do Dr. Dawkins em uma seção intitulada de "Mente Aberta"; ou seja, para a Mídia, o ateísmo é próprio de pessoas intelectualizadas, enquanto que o Cristianismo é relegado a indivíduos sem cultura, e, portanto, com uma "mente fechada".

Mas, será que REALMENTE existem ateus? 
Em quê essas pessoas tão "inteligentes" se apegam nas horas de angústia e conflitos emocionais? 
Será nos livros, ou nos compêndios científicos da nanotecnologia? 
Como será que eles explicam a transformação de vida (e aqui falo de transformação verdadeira) que vemos constantemente entre os que professam o Cristianismo? 
Como eles racionalizam sobre o fato de vermos tantos "milagres" (que são, por definição, eventos que demonstram uma "quebra" nas leis naturais do Universo) ocorrerem entre os cristãos? 
Em quê os ateus colocam sua esperança na hora que a morte está se aproximando, e eles estão deitados em um leito de hospital, agonizando com uma doença cruel (como Câncer ou AIDS, por exemplo) à espera do último suspiro?

Eu não acredito que existam ateus verdadeiros.

Na hora da dor, muitos destes pseudo-intelectuais irredutíveis sentem que suas teorias filosóficas, antropológicas, sociológicas... ateológicas... não os levou a lugar nenhum. Enquanto que o cristão enfrenta a morte com confiança e certeza do "depois", o ateu enfrenta este mesmo momento com uma implacável dúvida - E AGORA? SERÁ QUE EU ESTAVA CERTO? Vá em um enterro de algum "pseudo-ateu" que você confirma isso facilmente...

Felizmente, os argumentos filosóficos de pessoas como o Dr. Dawkins não conseguem nem mesmo arranhar a fé daqueles que realmente entendem o papel de Deus em suas vidas. Apenas os que não se dedicam ao estudo sistemático e relacional da Bíblia e de seus conceitos, é que se deixam embalar por estas teorias meramente humanas... ou poderíamos chamar de "ventos de doutrina"? (cf. Efés. 4:14).

Recentemente também foi publicado um excelente livro de um cientista e ex-ateu que se converteu ao Cristianismo Criacionista (sim, pois existem cristãos que não creem mais na Criação. Pasmem!). O mais interessante é que este cientista não é "qualquer um", é simplesmente o "pai" do Projeto Genoma, o Dr. Francis S. Collins, autor de "A Linguagem de Deus". Você pode encontrar uma síntese do livro no Portal G1

No final, tanto o Evolucionismo ateísta quanto o Criacionismo cristão dependem da fé, pois ambos não podem ser comprovados empiricamente na totalidade de suas declarações.

É por isto que, no final das contas, eu acho que os ateus têm mais fé do que os cristãos... porque é necessário muita fé para acreditar que o mundo surgiu do nada, e que a complexidade que hoje conhecemos (basta olhar para nossa própria estrutura fisiológica) tenha "evoluído" a partir de organismos unicelulares marinhos.

Como eu não tenho tanta "fé" assim, prefiro ficar com o que a Bíblia declara, e crer que existe um Arquiteto, Criador, Mantenedor e Redentor de todo o Universo.

"Porque eu sei que o meu Redentor vive, e que por fim Se levantará sobre a Terra..." (Jó 19:25).


11 comentários:

Luis Chacon disse...

Se o ateu fosse ateu mesmo como o Dawkins diz ser, não estaria se preocupando com os crentes, estaria tocando sua vida e pronto. Não é porque não se gosta de algo, ou não se acredita em algo que temos que ficar cutucando a todo momento. eu tenho um grande amigo que quase foi padre franciscano e outro amigaço que é ateu, nem por isso fico tocando nesses assunto, mesmo porque o que quase foi padre tem irmãos Adventista. Acho que querer ridicularizar, minimizar, inferiorizar, apontar seus erros e defeitos é obra do diabo, e ponto final. Abraço

Renato Almeida disse...

Olá, muito bom o seu texto.
Sou evangélico, um não-adventista.
Estou lendo um livro, e creio que voce ja deve ter lidou ou escutado falar dele. Se chama: "Não tenho fé suficiente para ser Ateu". O livro é muito bom, e traz a verdade e respostas para os ateus, que querem comprovar que a verdade não existe (Deus).
No mais, parabenizo o post. Deus te abençoe pastor.

Gilson Medeiros disse...

Olá, Renato Almeida.
Obrigado pelo comentário.

Um abraço.
Gilson.

coppas disse...

Saudações Sr. Gilson Medeiros,

Sou ateu, embora não duvide que existam "cristãos" de verdade eheh.
Respeitando as regras impostas aos comentários, gostaria de chamar a atenção para o fato do Dr. Francis Collins não ser criacionista e sim, evolucionista e defensor medular da Teoria Evolutiva mesmo sendo cristão, como, aliás, é esclarecido no próprio link do G1 citado no texto. Ele também não é o "pai" do projeto genoma, mas sim um de seus coordenadores e um brilhante cientista, sim.
Quanto à observação final, se considerares correto que as evidências da evolução precisam de fé, terás que estender o mesmo julgamento à Teoria Atômica, à Teoria Gravitacional, à Teoria da Relatividade e outras Teorias científicas... enfim, estarás esvaziando o próprio conceito da palavra "fé", será que não?

Paz e saúde pra você!
Grande abraço!
Coppas

Gilson Medeiros disse...

Caro Coppas
Obrigado pelo comentário.

Como eu disse antes, não tenho fé suficiente para ser ateu. Aliás, como não existem ateus "de verdade", prefiro permanecer com o que tenho visto no Cristianismo.

Desculpe não discorrer prolixamente sobre o Evolucionismo e suas falácias, mas esse não é o objetivo deste blog. Existem outros que focam neste propósito.

Um abraço.
Gilson.

Estado Sólido e Novos Materiais disse...

Com sua permissão, devo discordar de todos os comentários. As visões aqui manisfestadas sobre ateus estão , para ser brando, beirando o preconceito. Eu por exemplo sou ateu, principalmente porque não acredito em magia de espécie alguma, e não acredito na vida após a morte. E todas as visões de deus que as religiões fornecem são de um ser superior e mágico.
Apesar disso sou um entusiasta em relação aos ensinamentos de Jesus Cristo, especialmente aqueles que professam o amor entre nós, humanos. Acho que este devia ser o principal papel das igrejas cristãs, propagar o amor ao próximo, o amor como definido na carta de Paulo aos coríntios. Sem isso nunca chegaremos a ter comunidades fraternas e acolhedoras do próximo como as primeiras comunidades cristãs. Saudações fraternas a todos Dante

Z disse...

Mas, será que REALMENTE existem ateus?Sim
Em quê essas pessoas tão "inteligentes" se apegam nas horas de angústia e conflitos emocionais?>Não respondo por todos os ateus, mas eu busco tirar forças em mim mesmo, faço de mim minha própria luz.
Será nos livros, ou nos compêndios científicos da nanotecnologia?Não. Ateus não são máquinas, são seres humanos...
Como será que eles explicam a transformação de vida (e aqui falo de transformação verdadeira) que vemos constantemente entre os que professam o Cristianismo?Uma pessoa motivada pode realizar qualquer sonho e transformação
Como eles racionalizam sobre o fato de vermos tantos "milagres" (que são, por definição, eventos que demonstram uma "quebra" nas leis naturais do Universo) ocorrerem entre os cristãos?Tentamos entender o que não compreendemos. Caso não consigamos, estudamos para tentar desvendar o que de fato aconteceu
Em quê os ateus colocam sua esperança na hora que a morte está se aproximando, e eles estão deitados em um leito de hospital, agonizando com uma doença cruel (como Câncer ou AIDS, por exemplo) à espera do último suspiro?Nos médicos. Creio que o senhor também não coloca sua esperança nos deuses egípcios, gregos, nórdicos... Eu também, além deles não coloco a esperança em mais um, o seu...

Gilson Medeiros disse...

Caro "Z", obrigado pelo comentário.
Ele só reforçou minha certeza de que não tenho fé suficiente para ser "ateu", se é que exista algum.

Um abraço.
Gilson.

Matheus disse...

o ateu se preucupa com a religiao pq ela altera a vida dele,na rua na escola em qualquer lugar tem um crentelho pra falar que respeita a gente so que a gente vai queimar no inferno pra sempre por causa do seu deus que é so amor

A.K.Renovatto disse...

Pr Medeiros, ótimo texto! Sua resposta para o "Z" vai de encontro com minha convicção de que eu também não tenho "fé" suficiente para ser ateu. Na verdade já conheci pessoas que se rotulavam ateus por acharem que isso daria um status de intelectual rsrs. Só penso que deve ser triste ser ateu e nas horas difíceis ter que tirar forças de si mesmo ou tirar de si mesmo a própria luz como disse "Z"...realmente não teria "vocação" para ser ateu. A maior riqueza de um homem é ter a convicção de saber que não estamos apenas de passagem nesse mundo, que há algo maior, a esperança da salvação eterna! Que Deus te capacite cada vez mais, Pr Medeiros, para propagar o evangelho. Em meio às lutas, seu blog tem sido uma bênção na minha vida, difícil hoje encontrar um trabalho sério e de qualidade assim. Deus o abençoe.

Gilson Medeiros disse...

Estimado A.K.Renovatto, é sempre bom saber que nosso humilde trabalho tem ajudado na caminhada cristã de pessoas sinceras e dedicadas às coisas de Deus, como vejo que você é.

De fato, minha fé é muito "pequena" para crer no ateísmo... rsrsrs
Prefiro ficar com o "Assim diz o Senhor".

Um abraço
Gilson.

Cursos Básico, Médio e Avançado

Ebook 101 Razões