sexta-feira, maio 27, 2011

Deus criou o Mal!

Recebi um e-mail de um irmão de João Pessoa (também chamado "João"), com uma interessante mensagem. Resolvi, então, disponibilizar para vocês, porque o que é bom é para ser divulgado.

Questão Científica
(autor desconhecido)

Um professor desafiou seus alunos com esta pergunta:
"Deus fez tudo que existe?"

Um estudante respondeu corajosamente:
"Sim, fez!"

"Deus fez tudo, mesmo?" - continou o professor.

"Sim, professor" - respondeu o jovem.

O professor replicou:
"Se Deus fez todas as coisas, então Deus fez o mal, pois o mal existe, e considerando-se que nossas ações são um reflexo de nós mesmos, então Deus é mal".

O estudante calou-se diante de tal resposta e o professor, feliz, se vangloriava de haver provado uma vez mais que a Fé era um mito.

Outro estudante levantou sua mão e disse:
"Posso lhe fazer uma pergunta, professor?"

"Sem dúvida" - respondeu-lhe o professor.

O jovem ficou de pé e perguntou:
"Professor, o frio existe?"

"Mas que pergunta é essa? Claro que existe, você por acaso nunca sentiu frio?" - respondeu o mestre.

O rapaz completou:
"Na verdade, professor, o frio não existe. Segundo a Física, o que consideramos frio é, na realidade, a ausência de calor. Todo corpo ou objeto pode ser estudado quando tem ou transmite energia, mas é o calor e não o frio que faz com que tal corpo tenha ou transmita energia. O zero absoluto é a ausência total e absoluta de calor, quando todos os corpos ficam inertes, incapazes de reagir, mas o frio não existe. Criamos esse termo para descrever como nos sentimos quando nos falta o calor".

"E a escuridão, existe?" - continuou o estudante.

O professor respondeu:
"Mas é claro que sim".

O estudante mais um vez retrucou:
"Novamente o senhor se engana, a escuridão tampouco existe. A escuridão é na verdade a ausência de luz. Podemos estudar a luz, mas a escuridão não. O prisma de Newton decompõe a luz branca nas várias cores de que se compõe, com seus diferentes comprimentos de onda. A escuridão não. Um simples raio de luz rasga as trevas e ilumina a superfície que a luz toca. Como se faz para determinar quão escuro está um determinado local do espaço? Apenas com base na quantidade de luz presente nesse local, não é mesmo? Escuridão é um termo que o homem criou para descrever o que acontece quando não há luz presente".

Finalmente, o jovem estudante perguntou ao professor:
"Diga, professor, o mal existe?"

Ele respondeu:
"Claro que existe. Como eu disse no início da aula, vemos roubos, crimes e violência diariamente em todas as partes do mundo, essas coisas são o mal".

Então o estudante respondeu:
"O mal não existe, professor, ou ao menos não existe por si só. O mal é simplesmente a ausência de Deus. É, como nos casos anteriores, um termo que o homem criou para descrever essa ausência de Deus. Deus não criou o mal. Não é como a Fé ou o Amor, que existem como existe a Luz e o Calor. O mal resulta de que a humanidade não tenha Deus presente em seus corações e mentes. É como o frio que surge quando não há calor, ou a escuridão que acontece quando não há luz".


::::::::::::::::::::::::::::

Diante de uma estória como essa, só me vem à mente um verso bíblico:

"antes, santificai a Cristo, como Senhor, em vosso coração, estando sempre preparados para responder a todo aquele que vos pedir razão da esperança que há em vós" - 1Ped. 3:15

9 comentários:

mário disse...

Muito Bom. Um jeito fácil de responder a uma pergunta as vezes complicada. Isso prova que contra a verdade não há questionamentos.

email: jmbeta@ig.com.br

Mário

Anônimo disse...

Bem o mais interssante, que sei de quem o texo ou melhor o aluno, que respondeu a pergunta é albert einstein numa coferencia na alemanha. ele tinha 16 anos na epoca o professor ficou contragido e todos os alunos o aplaudiram de pé.

Bem essa é a historia que conheço e sei que é veridica


Hilton
bolero_master@yahoo.com.br

Anônimo disse...

wellington.soares.dias@hotmail.com.br, meu nome é wellington Deus pôs essas luzes no céu para iluminarem a terra,
Gênesis 1:18 para governarem o dia e a noite e para separarem a luz da escuridão. E Deus viu que o que havia feito era bom.
O SENHOR fez com que ali crescessem árvores lindas de todos os tipos, que davam frutas boas de se comer. No meio do jardim ficava a árvore que dá vida e também a árvore que dá o conhecimento do bem e do mal. em relação a luz e a escuridão Deus quem separa e entre o bem e o em relação ao humano Deus fez a arvoré do conhececimento do bem e do mal e o só o conhecem após esta desobediencia então abas as coisa são destintas é como o negro e o branco são seres distintos mas de origem iguais, e não é por que Deus fez que Deus é pois nem tudo que fazemos somos e desfurtamos. Por eu pergunto por que Deus não teria o direito de provar o homem se ele o fez

Jardel Moura disse...

Em Isaías 45:7, Deus diz: "Eu formo a luz e crio as trevas; faço a paz e crio o mal; eu, o Senhor, faço todas estas coisas."

Quando era mais jovem, por volta dos 17 para 19 anos ( e não faz muito tempo hehehe), eu gostava muito de ler e questionar as coisas.

Quando me deparei com esse versículo levei um baita de um susto. Fui com o meu pastor, e tudo mais para conseguir uma explicação plausível para aquele versículo.

E os meus pensamentos na época me levaram a seguinte conclusão momentânea para aquele momento:

Voltemos ao grande conflito universal. Temos satanás se rebelando contra Deus. É afirmado que satanás "criou" dentro de si um sentimento reprovável, e que nao poderia ser alimentado ali naquele ambiente de perfeição.( Opa, perfeição, mas surgindo algo imperfeito no meio?! ). Então ele foi expulso.

Chega na terra Deus então esclarece em termos simples porém diretos sobre livre arbítrio de Adão e Eva.

Então a questão toda está no livre arbítrio. Se consideramos que Deus realmente sabe de todas as coisas como a bíblia diz, então ao constituir o livre arbítrio, Ele já sabia qual seria o sistema possível caso alguém nao optasse por Sua bondade, lealdade, entre outros atributos, ou seja neste caso restaria o fim que Lucifer teve.

Entao desde tempos o livre arbitrio ja é dado aos anjos do Senhor. Ou seja toda as suas criaturas.

Foi assim que talvez satanás teve a oportunidade de escolher o caminho que ele mesmo traçou. Imagina, se não existisse o livre arbitrio?! Ele não teria escolhido um caminho, porque se não existisse o livre arbitrio ele não teria opção de escolha, e seguiria o que fosse proposto sem direito a opções de caminhos.

Resumidamente, o livre arbítrio consiste tão somente em dois caminhos: o bem e o mal. Você escolhe qual dos caminhos voce quer trilhar. Seja a argumentação de que na ausencia do bem se tem o mal. Porem o sistema do livre arbitrio permite essa "ausencia".

1-Então quem criou o livre arbitrio?
R: Deus.

2-No que consiste o livre arbítrio?
R: Basicamente a escolha de vários caminhos, porém, estariam classificados como, caminhos bons ou caminhos mals, isso vai depender da relação que temos com Deus.

3- Se o livre arbitrio é um sistema de escolhas entre o bem e o mal, então quem criou o mal?

R: Por uma razão lógica humana ( graças a Deus que é uma lógica humana e não divina, se não estariamos fritos. , seria Deus, uma vez que Ele mesmo criou e estabeleceu esse sistema.

Apostolo Paulo fala do mistério da iniquidade em 2 Tessalonicenses 2:7, veja bem, é claro que nesse texto ele se refere a outro conteúdo, porem é interessante esse termo, "mistério da iniquidade".

Dai me confortei com o seguinte texto:

Deuteronômio 29.29

As coisas encobertas pertencem ao SENHOR, nosso Deus, porém as reveladas nos pertencem, a nós e a nossos filhos, para sempre, para que cumpramos todas as palavras desta lei.

Por isso qualquer tentativa de se justificar algo sobre a ótica humana é perigoso. Por isso na época pensei que Deus continuava sendo bondoso, amoroso, carinhoso, misericordioso, porém, é nós que escolhemos os nossos caminhos e sofremos as consequencias de nossos próprios atos. Como mesmo a bíblia diz que ele propõe o bem ou a maldição segundo o relato bíblico:

Deuteronômio - 30:19
Os céus e a terra tomo hoje por testemunhas contra vós, de que te tenho proposto a vida e a morte, a bênção e a maldição; escolhe pois a vida, para que vivas, tu e a tua descendência.

Ou seja, se não tivesse criado o livre arbítrio como Deus poderia propor 2 caminhos? sendo a benção ou a maldição?

E que Deus seja louvado de eternidade em eternidade. E que Deus tenha misericórdia de todos nós.

Obs: Só lembrando que apenas foram pensamentos que tive em um passado não muito distante, e resolvi postar aqui, devido ao tema relacionado. Porém, creio de fato que Deus não criou o MAL.

Francisco A. de Azevedo disse...

Contudo a Bíblia diz:

Isaías

45.7 Eu formo a luz e crio as trevas; faço a paz e CRIO O MAL; eu, o SENHOR, faço todas estas coisas.

Cordialmente,

Alberto.

Gilson Medeiros disse...

Isaías 45:7 não pode ser usado para "defender" a ideia absurda de que Deus CRIA o Mal existente no mundo. É exatamente por isso que uma regra elementar de interpretação bíblica é não isolar um texto de seu contexto.


O termo traduzido por "Mal" (ou "Adversidade", em outras versões) é RA', palavra que pode designar o mal moral que provém de dentro ou as dificuldades que surgem fora da pessoa. Aqui se emprega com este segundo sentido (ver Isa. 47:11; Amós 3:6). Deus é o autor da "luz" e da "paz", e Ele permite a "adversidade", já seja moral ou material, a fim de que os homens e os anjos possam ver o resultado de apartar-se dos princípios eternos de Sua justiça (ver Dan. 4:17). Nas Escrituras muitas vezes se apresenta a Deus como o causador do que Ele não impede (ver 2Crôn. 18:18). O livro de Jó é outro exemplo que ilustra isso muito bem.

Anônimo disse...

Você esqueceu de citar que o aluno que fez as perguntas se chamava Albert Einsten

Anônimo disse...

Tudo conto da carochinha... estória para boi dormir... "S O F I S M A S".

A.K.Renovatto disse...

Li o texto e todos os comentários e gostei da explicação que deu no comentário sobre Isaías 45:7. Logo que me tornei cristão, cismei com essa passagem justamente por achar absurdo crer que Deus cria o Mal existente no mundo. Ótimo o texto!

Cursos Básico, Médio e Avançado

Ebook 101 Razões