terça-feira, dezembro 04, 2007

Especial para os casados...

Olá.

Alguns enviaram e-mails solicitando artigos para casais. Vou começar com um texto muito legal e prático, que saiu na Revista Decisão (Junho/1987).

Sugestões para Manter a CHAMA DO AMOR no Casamento


PARA ELE:
- Use flores.
Passe numa floricultura e escolha uma rosa da cor que ela mais gosta e entregue-a a sua esposa no momento em que ela abrir a porta, ou na hora em que forem para a mesa; e faça esse comentário: “Pensei em você hoje e comprei-lhe esta flor para dizer-lhe que a amo”.

- Use o telefone.
Ligue para ela umas três vezes nesta semana. Não porque tenha algo definido para dizer-lhe, mas simplesmente para falar: “Eu a amo e sou feliz por ter casado com você”.

- Use cartões.
No aniversário dela e no dia dos namorados (ou em outra data especial), surpreenda-a presenteando-lhe com um cartão feito por você mesmo. Ainda que ele não possa ser considerado uma obra de arte, sua esposa o apreciará imensamente.


PRA ELA:
- Faça uma eleição.
Diga a seu marido que ele acaba de ser escolhido como “o melhor esposo e pai do ano” em uma votação realizada por você e seus filhos.

- Também use cartões.
Compre um cartão bem interessante, o qual deve expressar o que você sente por seu marido. Envie-o pelo Correio ou entregue-o pessoalmente.

- Faça elogios.
Reconheça a capacidade dele, sua inteligência, a maneira como trata os filhos, seu jeito de conversar ou qualquer coisa que ele faça bem.

- Mande mensagens secretas.
Surpreenda seu marido com bilhetinhos colocados em lugares estratégicos, como, por exemplo, sob seu prato, à mesa; em determinado dia, coloque outro na agenda dele, etc...

:::::::::::::::::::::::

São apenas dicas simples, mas que estão fazendo falta em muitos casamentos hoje em dia.
Depois coloco outros textos...

"Digno de honra entre todos seja o matrimônio..." - Heb. 13:4

5 comentários:

Anônimo disse...

Tudo funciona quando existe amor

Anônimo disse...

Amei as sugestões, vou salvar este sit nos meus favoritos, mas somente com um proposito tendo minhas respostas respondidas: Me diga o que o Senhor acha do divorcio? Na biblia e errado o divorcio ñ é? La em Em lucas 16:18 condena que haja a separação, me responda e se um casal muito novo se casa e logo acontesse a separação e a biblia é bem clara em dizer quem ñ podemos separar e casar com a repudiada ou repudiado, o que faz então?Somente em caso de morte. emillydyn@hotmail.com

Prof. Gilson Medeiros disse...

Cara "Emillydyn", que bom que gostou!
Segundo a Bíblia, somente há uma razão justa para o divórdio: o adultério de um dos cônjuges.
Mes que o casal venha a se separar de fato (até legalmente), se o motivo não foi adultério, então eles CONTINUAM CASADOS diante de Deus, mesmo que um vá morar no Japão e outro nos Estados Unidos.
E se um dos dois se envolver com outra pessoa nesta situação, estará em adultério.
Um abraço.

Anônimo disse...

OI GILSON,
SAUDAÇÕES EM JESUS!!
GOSTARIA DE SABER COMO AGIR QUANDO O MARIDO E A INSTITUIÇÃO ADVENTISTA SE CONFUNDEM. CASADA HÁ 9 MESES, PERCEBI QUE MEU MARIDO ( SEGUNDO CASAMENTO MEU E DELE) É A "INSTITUIÇÃO". NADA MAIS EXISTE PARA ELE. DEDICAÇÃO TOTAL A IASD - AO SEU DISTRITO. NÃO ENXERGA A FAMILIA. NÃO ACEITA QUE CRITIQUE A ADM DA ASSOCIAÇÃO, MESMO QDO EU E MEU FILHO DE 8 ANOS SOMOS IGNORADOS, MALTRATADOS.... ELE SEMPRE TEM UMA EXPLICAÇÃO-DEFESA. O QUE FAZER? ELE TEM 45 ANOS. 20 COMO PASTOR. ESTOU PERDIDA. TENHO LEVADO/IDO A PSICOLOGOS, PSIQUIATRAS... ELE CONTINUA COMO ESTÁ.

Gilson Medeiros disse...

Cara "Anônima" (esposa de pastor), infelizmente este seu relato é muito mais comum do que deveria. São muitos os casos de maridos que deixam suas família em segundo plano para poderem dedicar-se quase que exclusivamente à Instituição.

Lembra que há algumas semanas a Escola Sabatina abordou o tema da temperança? Pois é! Este caso que você relatou é um típico caso de intemperança, desequilíbrio.

Sinto dizer que, se as coisas continuarem como estão, seu marido será mais um dos que perderá a família... e o ministério!

A única solução que vejo é que você procure um pastor amigo do casal, alguém que possa conversar, orientar seu esposo sobre o verdadeiro papel de um pastor, que é salvar, primeiro, seu "pequeno rebanho", sua família.

Veja alguém que possa ser este conselheiro especial, ore ao Senhor (mais do que nunca), e faça sua parte para que esta "brecha" que está se alargando em sua família não venha a se tornar algo mais sério em um futuro próximo.

Estaremos orando por vocês.
Um abraço.
Gilson.

Cursos Básico, Médio e Avançado

Ebook 101 Razões