quarta-feira, maio 14, 2014

Os vários movimentos dissidentes entre os Adventistas

Como alguns leitores do Blog solicitaram informações sobre os Movimentos Dissidentes na IASD, estou atualizando uma postagem colocada há algum tempo.

Já que são muitos (nos EUA, por exemplo, existe até uma igreja de Gays, Lésbicas e Simpatizantes, que se consideram "Adventistas" - Kinship), eu me limitarei apenas àqueles que foram mais citados nos pedidos dos leitores. Em sites como GOOGLE e WIKIPÉDIA, entre outros, podem ser encontradas informações complementares sobre estes movimentos.

Não vou descrever TODAS as crenças que eles apresentam, mas apenas aquelas que são mais caracteristicamente diferentes das crenças dos Adventistas do 7º Dia.

Igreja Adventista da Completa Reforma
- Proibição de cortar/raspar a barba;
- Celebração de festas anuais judaicas do AT;
- Orar com as mãos levantadas e somente de joelhos.

IASD Movimento de Reforma
*** Como existem muitos outros movimentos dissidentes dentro da própria "Reforma", citarei alguns pontos divergentes mais comuns:

- Abstenção total da carne como requisito para a comunhão;
- Rigidez legalista nos padrões de vestuário;
- Não tomam banhos mistos – homens e mulheres (em praia, por exemplo);
- A santa-ceia é praticada em cálice único;
- Praticam o ósculo (beijo) santo;

- Somente a morte do cônjuge dá o direito ao outro de se casar novamente;
- A Reforma é o "anjo" de Apocalipse 18;
- Algumas congregações utilizam o “gazofilácio” (espécie de baú) para recolhimento das ofertas.


Igreja Adventista da Promessa
- Crê no batismo do Espírito Santo, no estilo das igrejas pentecostais, inclusive com as "línguas estranhas".

Igreja Cristã Bíblica Adventista
- Os líderes não recebem remuneração;
- A congregação local tem autonomia administrativa;
- Não formalizam uma lista de “crenças” ou “credo”;
- As doações financeiras são anônimas.

Ministério Adventista Bereano
- O verdadeiro nome de Jesus é YESHUA ou YEHOSUA;
- Se consideram parte do “verdadeiro” Movimento Adventista.


::::::::::::::::::::::::::::

A grande maioria das pessoas que fazem parte destes movimentos dissidentes é formada por ex-Adventistas, que se desiludiram com alguma coisa, seja do ponto de vista doutrinário ou administrativo. São, na maioria, pessoas sinceras, que desejam viver uma fé mais próxima dos ditames de sua consciência.

Sei que existem situações em nossa Igreja que não deveriam existir, e aqui no Blog eu já mencionei algumas delas. Mas o estudo dos escritos inspirados me deixa claro que não é SAINDO da Igreja que eu vou promover uma reforma autêntica em minha vida.

A Igreja Adventista do 7º Dia, por mais falhas que possam existir em seu povo, continuará sendo a Igreja Remanescente da profecia bíblica, pois não existe uma OITAVA igreja no Apocalipse. Somos o 7º e último período da Igreja de Deus... e não haverá outro antes do Advento de Jesus.

O que Deus deixou registrado através do ministério profético?

"Conquanto em nossas igrejas, que pretendem crer em verdades avançadas, haja pessoas em faltas e erros, como o joio em meio do trigo, Deus é longânimo e paciente. Ele reprova e adverte o errante, mas não destrói os que são vagarosos em aprender a lição que lhes quer ensinar; Ele não desarraiga o joio do meio do trigo. O joio e o trigo devem crescer juntos até a ceifa; quando o trigo chegar ao seu completo desenvolvimento, e pelo caráter que apresentar quando amadurecido, ele se distinguirá perfeitamente do joio" - A Igreja Remanescente, pág. 42.

"O mundo é um mundo caído, e a igreja é um lugar representado por um campo em que crescem joio e trigo. Terão de crescer juntos até a ceifa. Não é dever nosso desarraigar o joio, segundo a sabedoria humana, para que, por sugestão de Satanás, não se dê o caso de que o trigo seja arrancado, na suposição de ser joio. A sabedoria que vem de cima se oferece ao que é manso e humilde de coração, e essa sabedoria não o levará a destruir, mas a erguer o povo de Deus" – Mente, Caráter e Personalidade, vol. 2, p. 636.

"Até mesmo alguns que se empenham em derrotar o inimigo desenvolvem uma predisposição para fazer o que é errado. O mal prevalece sobre o bem porque eles não confiam totalmente em Cristo. Não habitam nEle e, devido a sua falta de dependência de Deus, mostram inconsistência de caráter. Mas ninguém é compelido a escolher essa classe como companhia familiar. Enfrentam-se por toda parte as tentações da vida, e aqueles que reclamam dos membros da igreja como sendo frios, orgulhosos, arrogantes, e não semelhantes a Cristo não precisam associar-se com essa classe. Há muitos que são afetuosos, abnegados, dispostos ao sacrifício, os quais deporiam a própria vida, se necessário, para salvar pessoas. Que ninguém, portanto, se torne acusador dos membros da igreja, mas permita que o joio cresça junto com o trigo, pois disse Cristo que assim seria. Não precisamos ser joio nós mesmos, só porque não haverá apenas trigo na colheita" – Meditações Matinais 2002, p. 41.

"Nesse tempo o ouro será separado da escória, na igreja. A verdadeira piedade será claramente distinguida da piedade aparente e fictícia. Muitas estrelas que temos admirado por seu brilho tornar-se-ão trevas. A palha, como nuvem, será arrebatada pelo vento, até mesmo de lugares onde só vemos montões de precioso trigo. Todos os que têm cingido os ornamentos do santuário, mas não estão vestidos com a justiça de Cristo, aparecerão na vergonha de sua própria nudez" – Meditações Matinais 1995, p. 363.

A reforma será efetuada DENTRO da Igreja, e não fora dela!

Afinal, na sacudidura é a palha que é levada pelo vento.

Veja também:
- Por onde andam os críticos da IASD?
- Movimento Reformista de 1914

20 comentários:

Eduardo disse...

Muito boa essa material, nem sabia que tinhas esses adventistas dessistente.

valeu

Anônimo disse...

Saudações!!! Gostaria de deixar registrado que concordo com o que o Professor apresentou, pois é a Palavra de DEUS. Mas o que mais me impressiona é o fato de nos últimos dias eu ter passado por sérias dúvidas quanto à relevância de continuar seguindo um povo tão cheio de erros quanto eu... Mas hoje tive o prazer de ouvir a Palavra do SENHOR em resposta à minha questão. Tive a certeza agora ainda mais afirmada de estar com a razão ao continuar batalhando nas fileiras da igreja verdadeira (afinal, nunca tive dúvidas quanto à veracidade de nosso povo!), e pela graça de DEUS continuarei ativo e participante na contribuição para que esta mensagem de salvação de que o mundo tanto necessita seja espalhado aos mais distantes rincões! E que começe a partir de mim. Amém!!! Daniel.

Anônimo disse...

Profº Gilson... achei interessante essa matéria, não sabia que tinha tantas igrejas Adventistas, mas está acontecendo em minha igreja que as pessoas estão aderindo costumes dessas igrejas adventistas que o Sr. mencionou, com esse comportamento de outras congregações...o que podemos fazer quando a igreja Adventista do 7° Dia, existem pessoas que ficam trazendo esse ensinamentos que não estão de acordo com a a IASD?

Prof. Gilson Medeiros disse...

Caro "Anônimo", eu encaro isso da seguinte forma:

Creio que a IASD é a Igreja que Deus profetizou que surgiria nos últimos dias. PONTO!

Se alguém vem falar mal da minha Igreja, é como se estivesse falando mal da minha família. Sei que minhas filhas, minha esposa, meu pai, minha mãe, meus irmãos, meus tios, primos, avós, etc. têm suas falhas, mas isso não me faz amá-los menos.

Se alguém fala mal da Igreja Adventista, eu ouço, respeito, mas não levo em consideração.

Eu imagino que o que tem levado tanta gente a dar ouvidos a estes dissidentes, é o fato de que não acreditam, realmente, que estão em um movimento profético divinamente guiado. Ou seja, agem como aquelas "meninos" agitados pelo vento que Paulo falou. Qualquer criticazinha ou sinal de dúvida, já querem pular do barco.

Eu creio, e ponto final!

É assim que encaro os críticos.

Bereano disse...

Prezado Prof. Gilson;
Gostaria de esclarecer que o Ministério Adventista Bereano, é um ministério de apoio a todos que buscam maiores esclarecimentos sobre pontos doutrinários discutiveis dentro da filosofia doutrinária cristã. A questão do nome dado ao Messias, não é uma doutrina Bereana. A mesma, vem sendo discutida em muitos lugares, e, é inegável as alterações promovidas pelo catolicismo ao longo dos séculos em muitas questões ligadas a fé cristã, dentre elas a tranliteração do nome do Salvador. Embora não haja uma declaração de fé Bereana no site, embora haja opiniões pessoais para análise e reflecção de todos os visitantes e já que em seu blog há mensão a isto, então por favor, mencione também, a questão da crença trinitariana, do dízimo, do santuário, do juízo investigativo e do ministério profético de EGW que são os principais pontos discutidos no site. Assim creio, o senhor estará sendo imparcial e justo em seus comentários a cerca dos chamados "dissidentes" bereanos.

Grato pela atenção.

Prof. Gilson Medeiros disse...

Caro "Bereano", como eu disse no texto, coloquei apenas as doutrinas que distinguem estes movimentos dos Adventistas do 7º Dia.

Quanto ao nome de Jesus, aqui mesmo no blog há uma explicação muito profunda do Dr. Reinaldo Siqueira sobre esta "nova" falácia:

http://prgilsonmedeiros.blogspot.com/2007/11/jesus-ou-yehoshua-yeshua.html

Marianna disse...

Professor...em BH tem uma IASD no Bairro Padre Eustáquio que se chama: IASD PROGRESSO...é um movimento diferente? Ou é tb ADVETISTA DO SÉTIMO DIA?

Gostaria de tirar essa dúvida!

Obrigada!

Prof. Gilson Medeiros disse...

Olá, Marianna.
Não tenho como responder a esta pergunta. Sugiro que vc procure um pastor ai de sua cidade, para que ele possa dizer se esta congregação é idônea.

valnisia disse...

entao todos teem razao, pois na biblia nao menciona uma denomina
cao especifica, todos esses dissidentes correspondem com o quadro das igrejas apresentados em apoc.Todos querem defender sua fe', ainda que tenha que passar a mao por tantos erros hoje vistos na iasd. Depois de estudar com muita cautela a biblia,e confrontar
as divergencias,concluir que a religiao certa e' a quela que tem por base,nao doutrinas de homens e tradicoes;mas, aquela cuja fundamento eh somente a biblia,nada alem dela; a testemunhanca vivida por aqueles
que defendem essas verdades e'muito importante, mais do que muitas palavras.Viver o que se professa e' tudo o que fazia JESUs.

Perfeitta Assessoria disse...

A IASD PROGRESSO é autenticamente uma igreja ADVETISTA DO SÉTIMO DIA. Muito engajada, repleta de visitas, animada e muito espiritual. Para conhecer mais www.igrejaprogresso.com.br

Ps.O título progresso é por causa da localização nas mediações do progresso

Thiego Breno F. Riker disse...

Graça e Paz

Em relação a Igreja Adventista da Promessa. Primeiramente, não ocorreu uma divisão. O Pr. João Augusto da Silveira, decidiu sair por questão de um único ponto. O Derramamento do Espírito Santo. Que é conhecido como o Batismo no Espírito Santo. Ele (João Augusto) recebeu um carta de boa conduta do então presidente da Missão Adventista Pernabucana. Ele deixou o IASD em 1929. E quanndo foi em 1932 foi batizado no Espírito Santo. Logo essa noticia correu o mundo, entre os adventistas é claro. E assim passou a surgir o movimento da Promessa.

Eu recomendo uma Leitura de um artigo de Arthur White, neto da Sra White, sobre manifestações carismaticas na IASD.

gilvate disse...

gilvate@uol.com.br

Creio que todos os Adventistas do sétimo dia, incluindo os que pertencem a outros grupos independentes da IASD original, deveriam estar mais unidos do ponto de vista espiritual, afinal de contas todos estão contemplados em Apoc. 14.12. Então algumas pequenas divegências de interpretações, deveriam ser respeitadas por todos, pois faz parte e é natural da liberdade religiosa. É melhor do que a intolerância religiosa, que foi um desastre na história da humanidade. Não acredito que alguém vai estar fora do Reino de Deus, por entender que precisa ser dizimista, ou por entender que não é obrigatório para os gentios. Por entender que o Espírito Santo é uma Terceira Pessoa divina, ou por entender que se trata do próprio Jesus entre nós em Espírito. Não fará nenhuma diferença, pois na hora do julgamento, só a misericórdia de Deus é que fará a grande diferença. A IASD original é importante e está sempre alavancando a pregação do evangelho, em cumprimento da ordem de Jesus, mas os outros grupos adventistas independentes, ou dissidentes,deveriam se ver e serem vistos como irmãos inclusos na promessa, afinal, como Jesus disse: "Deixai-os, pois quem não é contra nós, é por nós". Então a perfeição pode até estar da diversidade, e como pode ser bom ter opção de diversos grupos guardadores do sábado, mandamento este que foi esquecido pela grande maioria dos critãos. Hoje temos diversos grupos cristãos defensores do domingo. Eles estão unidos no desrespeito do sábado do Senhor. Então seria bom se todos os guardadores do sábado estivessem unidos também, inclusive os chamados judeus messiânicos, que também aceitaram Jesus como Messias. A diversidade de opções de igrejas que guardam o sábado pode estimular a melhoria contínua do serviço prestado a humanidade, e não apenas uma só manter hegemonia com pretenções imperialista, como é o caso da igreja católica romana.A seara é grande e os trabalhadores são poucos, então que tal esses poucos estarem unidos, mesmo em congregações diferentes, mas todos defendendo o Reino de Deus, e guardando os Seus mandamantos ?!
Pensem nisso.

ozias disse...

ECUMENISMO NA IASD
“Há anos, porém, que nas igrejas protestantes se vem manifestando poderoso e crescente sentimento em favor de uma união baseada em pontos comuns de doutrinas. Para conseguir tal união, deve-se necessariamente evitar toda discussão de assuntos em que não estejam todos de acordo, independentemente de sua importância do ponto de vista bíblico.” -- O Grande Conflito Pág. 445 – Capitulo “A Imutável lei de Deus”
Não podemos endossar envolvimento algum em ecumenismo nem espécie alguma de associação com a moderna Babilônia. “Não se unam, os atalaias sobre os muros de Sião, com os que estão a tornar de nenhum efeito a verdade como ela é em Cristo. Não se juntem eles à confederação de incredulidade, papismo e protestantismo.” 4BC, pág. 1141.
“A linha de separação entre cristãos professos e ímpios é agora dificilmente discernida. Os membros da igreja amam o que o mundo ama, e estão prontos para se unirem a ele; e Satanás está resolvido a uni-los em um só corpo, e assim fortalecer sua causa arrastando-os todos para as fileiras do espiritismo.” O Grande Conflito Pág. 589
“Digo-vos agora, que quando eu repousar grandes mudanças terão lugar. Eu não sei quando serei levada; desejo avisar a todos contra os ardis do diabo. Eu quero que o povo saiba que eu os avisei plenamente antes de minha morte.” manusc. 1 24 de fevereiro de 1915
"Naquela noite sonhei que estava em Battle Creek olhando para fora através da janela lateral de vidro e vi um grupo marchando em direção à casa de dois em dois. Eles tinham uma aparência severa e determinada. Eu os conhecia bem e volvi-me para abrir a porta de entrada para recebê-los, mas pensei que poderia olhar novamente. A cena havia mudado. O grupo agora tinha a aparência de uma procissão católica. Um portava na mão uma cruz, e outro uma vara. E ao se aproximarem, o que trazia a vara fez um círculo em torno da casa, dizendo três vezes: 'Esta casa está proscrita. Os bens precisam ser confiscados. Eles falaram contra a nossa santa ordem'. O terror dominou-me, e corri pela casa, para fora pela porta norte, e achei-me no meio de um grupo, alguns dos quais eu conhecia, mas não ousava falar uma palavra para eles por temor de ser traída". Testimonies, vol. 1, p. 578.1
O inimigo das almas nos trás a impressão que uma grande reforma está tendo entre os Adventistas do Sétimo-dia, e essa reforma consistiria em abandonar as doutrinas que são as bases da nossa fé, num processo de reorganização. Em que essa reforma que teria lugar vai resultar? Os princípios da verdade que Deus na sua sabedoria tem dado a igreja remanescente seriam descartados. Nossa religião seria mudada. Os princípios fundamentais que tem sustentado a obra nos últimos 50 anos seriam tidos como erro. Uma nova organização seria estabelecida. Livros da nova ordem seriam escritos. Um sistema de filosofia intelectual seria introduzido. Os fundadores desse sistema iriam às cidades e fariam um maravilhoso trabalho. O sábado de fato seria relaxado, na forma como ele foi criado. Nada resistiria ao novo movimento. Ele criaria dependência na força de homens, que sem Deus não vale nada. A sua fundação seria feita na areia, e a tempestade e o vento banirão essa estrutura. Mensagens Escolhidas, Volume 1, Pág. 204 e 205
"O termo Babilônia, derivado de Babel, e significando confusão, é aplicado na Escritura às várias formas de religião falsa ou apóstata. Mas a mensagem anunciando a queda de Babilônia deve aplicar-se a algum corpo religioso que outrora foi puro, e se tornou corrupto. Não pode ser a igreja romana a que aqui se refere; pois essa igreja tem estado numa condição caída por muitos séculos". Espírito de Profecia, vol. 4, p. 232.8 (O Grande Conflito original de 1884).

ELABORADO POR OZIAS PEREIRA SILVA 62 8108 4107 TIM Ozias10@hotmail.com

Lucas Victor disse...

Muito bom artigo, respeitoso e esclarecedor. Sr. Gilson apontou as diferenças sem ofender a ninguém e seu ponto de vista de forma clara e respeitosa. Obrigado.

fabio disse...

Quanto a iasd ser a igreja remanescente descrita na biblia, tem que ficar bem claro que a igreja de Deus e aquela que guarda os mandamentos de Deus e tem a fe em Jesus, que na propria biblia di ser o espirito da profecia. Quando Deus mostrou novamente aos pioneiros a verdade, o intento nao era criar uma nova instituicao e sim revelar o erro de seu povo. O espirito de Deus nos leva entender sua palavra que jalr

Anônimo disse...

De cada palavra dita nestes comentários aprendi muito com cada hum... Sou um ex tatuador profissional e a graça me resgatou das trevas... Vamos olhar pra Cristo e independentemente de placa de igreja vamos lembrar do trigo e joio. Pq nas 40 mil religioes existentes hj ,em todas Deus tem um povo separado que era seifado... Irmao do 7 dia , vamos a cada dia viver a nossa missão. Amém

Loucos pela Palavra disse...

Olá... Sou 100% IASD... Mas creio q nossos membros não devam acariciar um amor tão grande pela instituição em si, como você demonstrou nesse comntario... É a mensagem q devemos amar... Afinal de Santa a instituição não tem nada... Mas Cristo é nosso foco... E a msg dele que amamos e não a instituição... Q é feita de homens e consequentemente tem defeitos... Não acho correto se ofender pela instituição e sim apenas pelas verdades q ensinamos... Não podemos cair no mesmo erro de nossos irmãos católicos de engrandecer a instituição e "amar" uma organizacao... Soh opinião minha... Prefiro defender apenas os ensinamentos pq esses sim são Santos sem falhas...

Loucos pela Palavra disse...

Achei as respostas do professor um pouco rudes.. Inclusive o termo dissidente... Eh um termo um pouco pejorativo... Afinal... Ateh mesmos nós da IASD somos dissidentes da igreja católica... E nem por isso somos menos... Acho q quem segue ou ensina nessas outras adventistas... São tanto quanto nós... E cabe somente a Deus julgar... No final de tudo... Não pela coletividade que seremos salvos e sim de forma individual...

Marcio Santos disse...

Q lindo irmão seu ponto de vista.Deus abençoe.

Anônimo disse...

Lindo comentário! São as palavras mais sábias que eu li até agora!

Cursos Básico, Médio e Avançado

Ebook 101 Razões