sexta-feira, fevereiro 22, 2013

Os Filhos do Carnaval

Passou a folia! Segundo dizem, agora é que o Brasil vai começar a "viver" o ano de 2013. 
Nesta semana fui indagado por uma colega de trabalho sobre o significado do Carnaval para nós, evangélicos. Eu expliquei que esta "festa da carne" (significado possível para o termo "carnaval"), não tem nenhuma fundamentação bíblica, e serve apenas para as pessoas aproveitarem os prazeres, antes de pedirem perdão ao Senhor no período da "Quaresma" (?!).

Lembro-me que quando eu morei na Bahia durante o período do Seminário de Teologia, fiquei conhecendo uma expressão curiosa: "os filhos do carnaval". Todo ano, milhares de crianças nascem como resultado da "folia" deste período do ano, segundo a própria Agência Baiana de Notícias declarou há alguns anos

São crianças que vêm ao mundo como resultado do incentivo aberto que nossa sociedade (lêia-se "governo") faz para que as pessoas pratiquem o "sexo seguro" durante a festança, ou seja, usem preservativos... e muitos!

Nenhuma campanha é feita com vistas à abstinência sexual como meio mais eficaz de se evitar doenças venéreas ou gravidez indesejada. O slogan é: "Faça muito sexo, mas use camisinha!". A verdadeira ideologia da nossa sociedade com relação a este tema, pode ser vista nesta declaração do Ministro da Saúde em 2007: "O número de preservativos foi maior [10 milhões de unidades naquele ano] que nos três últimos carnavais. Temos que garantir a alegria dos jovens durante e depois da festa".

Observou?!

Para "garantir a alegria" o Governo faz sua parte, distribuindo camisinhas para quem quiser.

É uma pena que a sociedade moderna saiu totalmente dos trilhos deixados pelo nosso maravilhoso Deus com relação ao tema do sexo. Na concepção divina, o sexo só deveria existir dentro do matrimônio, como fonte de procriação e prazer para o casal. Isso mesmo... prazer também!!

Mas hoje em dia a mídia de um modo geral está promovendo a prática do sexo cada vez mais precocemente, basta ver os programas, seriados, filmes, novelas, etc., voltados para o público jovem e adolescente. O sexo é o tema dominante, pois "dá IBOPE". O Prof. Dr. Eduardo Tomioka, da USP, disse certa vez que os estudos científicos mostraram que até mesmo a menstruação está sendo antecipada devido à forte erotização social a que as meninas destes últimos anos estão expostas.

Ou seja, o corpo sofre a influência do ambiente promíscuo no qual vivemos hoje.

Infelizmente, mesmo entre nossos jovens Adventistas, a prática do sexo antes do casamento está se tornando cada vez mais presente. Apesar da grande carga de orientações que recebemos, o apelo erótico está se tornando muito forte, e os rapazes e moças têm sucumbido ao seu poder "entorpecente".

A escritora Nancy V. Pelt dá algumas dicas interessantes para aqueles jovens Adventistas que querem "esperar" para desfrutar do sexo dentro do ambiente saudável (espiritual e psicologicamente) do casamento cristão. Clique no link (nome da escritora), e veja você mesmo.

Enquanto os Governos vão novamente distribuir seus milhões de camisinhas para incentivar o sexo livre (e "fabricar" os "filhos do carnaval"), os Adventistas devem permanecer como um povo que segue os princípios divinos sobre o relacionamento sexual, e assim ajudar a preparar mais "filhos de Deus".

"Finalmente, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é respeitável, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se alguma virtude há e se algum louvor existe, seja isso o que ocupe o vosso pensamento" - Filip. 4:8.

Daqui há nove meses o Brasil conhecerá a mais nova geração dos "filhos do carnaval"... Que pena!!!!

Um comentário:

A.K.Renovatto disse...

Pr Medeiros, de fato há muitos filhos de carnaval, assim como também há muitas pessoas que contraíram DSTs numa folia. O que me chamou atenção também, foi sobre menstruação. Antigamente as meninas menstruavam por volta dos 13, 14 anos (algumas até com 15 anos), hoje as meninas, muito antes disso (crianças ainda), já menstruam e já vi matérias em revistas como Veja, por exemplo, falando sobre esse assunto. Faz tempo que sempre digo a quem quiser ouvir, que novelas, alguns seriados e filmes, são apenas "lixo consumido" por crianças, adolescentes, jovens e adultos! Fico cada vez mais espantado com o nível baixo das novelas, fico inconformado quando vejo pessoas perdendo tempo com essas programações pobres de conteúdo. Muito melhor uma leitura de um bom livro, bons documentários, também é bom desligar a TV e desconectar da internet por um tempo e ter um tempo com o cônjuge, filhos. É bom sentar à mesa na hora das refeições em família quando possível. É um momento de união familiar, acho agradável esses momentos e por isso mesmo, em minha casa ninguém janta na frente da TV ou mexendo em celular, sentamos à mesa e é um momento que gosto muito. Há tempo para tudo. O segredo é usar o tempo adequadamente. Não sou radical, claro que há bons filmes, que há documentários ótimos. Mas de novelas não posso dizer o mesmo. Quanto ao carnaval, o que posso dizer é que é uma alegria passageira, onde pessoas fazem tudo para ter prazer na carne sem medir consequências, o "depois" do carnaval: vidas vazias, decepções, frustrações, praticamente ninguém comenta, mas é o que resta depois de tanta curtição! Ótimo artigo!

Cursos Básico, Médio e Avançado

Ebook 101 Razões