segunda-feira, abril 24, 2017

Os Adventistas e o ministério de Ellen White

Devido aos muitos emails recebidos sobre o tema, estou atualizando a postagem sobre a crença dos Adventistas no ministério de Ellen White.

"Por que os Adventistas do 7º Dia dizem que Ellen White foi uma profetisa? É possível provar isso?"

O Dom Profético, Segundo a Bíblia

Um profeta era alguém escolhido por Deus para transmitir Sua mensagem ao povo (cf. Hb 1:1-2). Eles foram os responsáveis em orientar, aconselhar, exortar, repreender e guiar o povo de Deus, especialmente mostrando-lhe o plano da salvação determinado pelo Senhor (cf. 1Pe 1:10-11). Afinal, o objetivo principal do dom profético não é predizer o futuro, mas a revelação de Jesus Cristo como o único meio de salvação para a humanidade.

Todos os Profetas Escreveram Livros da Bíblia?

Nem sempre as mensagens dos profetas faziam parte dos Livros Sagrados, ou mesmo do cânon (coleção de livros considerados inspirados pelo Senhor). Por exemplo, a Bíblia menciona profetas que não escreveram qualquer livro da Bíblia: Natã (cf. 2Sm 7:2), Gade (cf. 1Sm 22:5), Aías (cf. 1Rs 11:29), Jeú (cf. 1Rs 16:7), etc. Estes profetas tiveram atuação localizada, e suas mensagens não necessitavam ser deixadas por escrito para as gerações posteriores, em forma de cânon.

Vemos, então, que um profeta inspirado não precisa ser “canônico”, ou seja, não precisa ter algum livro seu fazendo parte da Bíblia Sagrada. Mas isso não faz dele um profeta “inferior”, pois todas as revelações sempre eram e são dadas aos profetas mediante a atuação do Santo Espírito (cf. 2Pe 1:21).

Deus Escolheu Apenas Homens para o Ministério Profético?

A Bíblia também nos mostra que Deus não faz acepção de sexo quando precisa escolher um mensageiro. Muitas mulheres foram chamadas por Deus para exercerem o dom profético, por exemplo: Débora (cf. Jz 4:4-5), Hulda (cf. 2Rs 22:14), Ana (cf Lc 2:36), as filhas do evangelista Filipe (cf. At 21:9). Nesta última citação, vê-se que mesmo no Novo Testamento as mulheres continuaram a serem escolhidas como mensageiras do Senhor, sem, contudo, termos nenhum livro escrito por qualquer uma delas.

Ainda Existiriam Profetas ou Profetisas Após o Novo Testamento?

No tempo do fim, Deus ainda continuaria utilizando o dom de profecia para conduzir Sua Igreja no caminho correto. As profecias referentes à manifestação desse dom nos mostram que ele não deixaria de ser útil ao povo de Deus, mesmo após a formação do “cânon” (cf. Joel 2:28-32). Juntamente com os demais dons, o Espírito Santo - a Terceira Pessoa da Trindade, como afirmava Ellen White - ainda dotaria a Igreja com o dom de profecia, escolhendo aqueles que Ele julgasse mais convenientes (cf. Ef 4:11-14; 1Co 12:11).

Como vimos, especialmente para a Igreja Remanescente, ou seja, aquela que seria a última antes da volta de Jesus, Deus concederia o espírito ou dom de profecia, para orientar Sua Igreja nas decisões, exortações e conselhos necessários à terminação da obra de pregação do evangelho eterno (cf. Ap 12:17; 19:10).

Por que os Adventistas Creem no Ministério Profético de Ellen White?

Os Adventistas acreditam que o dom de profecia bíblico, manifestado na vida de diferentes pessoas do passado, tanto homens quanto mulheres, também foi demonstrado na Igreja de Deus do tempo do fim, através do ministério de Ellen Gould White, uma consagrada cristã americana que morreu em 1915, na casa dos 80 anos de idade. E como podemos ter esta certeza?

1) Os profetas verdadeiros devem ensinar conforme o que já está revelado anteriormente, ou seja, não pode haver contradição entre as mensagens de um profeta para outro, pois um só Espírito concede o dom a todos. A Bíblia destaca especialmente dois pontos sobre os quais um verdadeiro profeta poderia ser considerado “iluminado”: “À lei e ao testemunho! Se eles não falarem desta maneira, jamais verão a alva” (Isa. 8:19-20). Um profeta verdadeiro não falaria nada contrário à Lei do Senhor (Êxo. 20:3-17), nem iria de encontro ao testemunho revelado por meio de outros profetas.

E Ellen Gould White cumpre perfeitamente esta condição, pois seus escritos nunca contradizem a Lei de Deus; pelo contrário, esta mensageira do Senhor recebeu e ainda recebe inúmeras críticas por escrever exaustivamente sobre a importância de se obedecer aos Mandamentos do Senhor; bem como, ela jamais falou algo que venha a desmerecer ou colocar em posição inferior o que está escrito através dos profetas bíblicos. Veja um exemplo do que ela escreveu sobre isso:


A Bíblia e a Bíblia tão só, deve ser nosso credo, o único laço de união; todos os que se submeterem a essa Santa Palavra estarão em harmonia entre si” – Mensagens Escolhidas, vol. 1, pág. 416.

2) A própria vida do profeta deve testemunhar de seu relacionamento pessoal com o Senhor. Jesus mesmo definiu um excelente critério para examinarmos a veracidade do ministério de alguém: “pelos seus frutos os conhecereis” (cf. Mt 7:15-20).

No ministério de Ellen Gould White vemos uma vida de perfeita dedicação ao Senhor, e através de sua vasta produção literária (mais de 100.000 páginas) esta mulher procurou sempre levar as pessoas para mais perto do amor e da graça de Cristo. Livros como Caminho a Cristo, O Desejado de Todas as Nações, O Grande Conflito, História da Redenção, O Maior Discurso de Cristo, etc., têm sido considerados verdadeiras obras-primas literárias sobre a vida e ministério do nosso Senhor Jesus Cristo. Os frutos da vida de Ellen Gould White demonstram a comprovação divina sobre o seu ministério.

3) Através de seus conselhos, a Igreja Adventista do Sétimo Dia, apesar de jovem, tornou-se modelo mundial de organização, eficiência e crescimento, com um respeitado sistema de educação, excelentes instituições médicas e um estilo saudável de vida que tem trazido cura e longevidade para seus membros em todo o mundo; tudo isso graças aos oportunos e inspirados conselhos que Ellen Gould White repassou para a Igreja, após tê-los recebido do próprio Criador e Mantenedor de todas as coisas. Ela escreveu dezenas de milhares de páginas manuscritas de orientações à Igreja, nas mais diversas áreas: saúde, culinária, família, salvação, finanças, evangelismo, profecias apocalípticas, história da Igreja Cristã, luta do Bem com o Mal, educação dos filhos, administração escolar, etc. Suas obras de saúde, por exemplo, são estudadas por médicos em todo o mundo, que aplicam os conhecimentos ali descritos e conseguem resultados que a medicina convencional jamais conseguiu. Outro exemplo são as suas obras sobre educação, utilizadas por pedagogos para fundamentarem suas pesquisas em nível de Mestrado, Doutorado e Pós-Doutorado em diversas universidades do mundo todo.

Pergunta para os críticos responderem:
Como uma mulher semi-alfabetizada poderia explanar tantos conceitos médicos, científicos, filosóficos, antropológicos e sociológicos, além dos teológicos e espirituais, sendo que nunca sentou em um banco universitário, ou não teve acesso às teorias que somente em nossos dias estão sendo comprovadas pelos cientistas?

A resposta parece óbvia... Deus, o Autor de todo o conhecimento, orientou Ellen White em seus escritos.

A Bíblia declara que nossa atitude para com a obra de um profeta verdadeiro, como o é Ellen Gould White, deve ser de humildade e agradecimento, pois Deus iluminou Seu povo nestes últimos dias com temas e respostas que seriam vitais à Sua militante Igreja do tempo do fim. Não devemos desprezar nem lançar descrédito sobre as mensagens dos profetas do Senhor, sob pena de não recebermos as bênçãos maravilhosas que Ele deseja derramar sobre nós, pelas mensagens dos Seus santos profetas (cf. 2Crôn. 20:20; 1Ts 5:19-21).

Antes de julgar se Ellen White é uma profetisa verdadeira ou não, sugiro que se leia alguns dos seus livros. Comece pelos seguintes: O Desejado de Todas as Nações, O Grande Conflito, Atos dos Apóstolos, Caminho a Cristo, A Ciência do Bom Viver, Conselhos Sobre o Regime Alimentar, Orientação da Criança, Educação, etc.
Depois de ler, faça a si mesmo esta pergunta: Como ela pode ter escrito coisas tão impressionantes? O Espírito Santo te mostrará a resposta...

Preenche Ellen White as Condições de um Verdadeiro Profeta?

A Sra. White ganhou a confiança de seus contemporâneos tanto pela integridade manifesta nos relacionamentos pessoais quanto pela relevância de suas mensagens. Homens e mulheres que trabalharam e interagiram com Ellen White, recebendo seus testemunhos particulares e públicos e confiando em seu conselho a respeito do desenvolvimento institucional, votavam uma proposta em cada assembleia da Associação Geral dos Adventistas semelhante a esta resolução de 1882:

Que expressamos nossa inquebrantável confiança nos Testemunhos que tão misericordiosamente foram concedidos a este povo, que têm guiado nossos caminhos e corrigido nossos erros, desde o surgimento da terceira mensagem angélica até o presente momento; e que expressamos nossa gratidão especialmente pelo Testemunho No 31, o qual aceitamos como sinal do cuidado de Deus por nós – uma evidência de que Ele não nos desamparou, apesar de nossas muitas apostasias” (Review and Herald, 26/12/1882).

Seus escritos cristocêntricos tornaram-se o veículo da convicção divina. A experiência de Francis D. Nichol, um dos mais proeminentes escritores Adventistas e editor da revista da Igreja por vinte e um anos (1945-1966), não era incomum. Em fins da década de 1890, seus jovens pais, que moravam numa parte pouco povoada da Austrália, encontraram um exemplar perdido da Review and Herald. Naquela época, qualquer material de leitura era escasso. Um dos artigos de Ellen G. White “acelerou seu coração”, levando-os a concluir: “A pessoa que escreveu este artigo parece ser inspirada.” Enquanto prosseguiam na leitura, escreveram pedindo mais informações sobre essa extraordinária escritora. Em pouco tempo, tornaram-se membros da Igreja Adventista do Sétimo Dia, uma decisão que descerrou o futuro de seu jovem filho e da própria contribuição distintiva que ele daria no conscientizar os outros acerca daquela mulher que “parece inspirada” (Enciclopédia Adventista, vol. 11, p. 179)

Mas a Bíblia não Diz que o Dom Cessaria com João Batista?

Alguns acreditam que a afirmação de Jesus em Mateus 11:13 é uma prova de que não existiram mais profetas após João Batista. Mas isso é mesmo verdade? As passagens que estudaremos a seguir mostram claramente que muitos outros profetas exerceram seu ministério após João Batista, e mesmo após o Novo Testamento este dom permaneceu abençoando a Igreja Cristã.

Menção de profetas após João Batista:

Atos 21:10 Menção sobre um profeta chamado Ágabo.
Atos 11:27 Havia outros profetas em Jerusalém, cujos nomes NÃO são mencionados.
Atos 13:1 Também na igreja de Antioquia existiam outros profetas, cujos nomes de alguns são aqui mencionados.
Atos 15:32 Dois profetas, chamados Judas e Silas, são enviados para confortarem os discípulos.
Atos 19:6 Alguns homens de Éfeso recebem o dom de profecia por imposição das mãos do apóstolo Paulo.
Atos 21:9 São citadas as 4 filhas de Filipe, que eram todas profetisas. Vemos também que seus nomes não são citados.
Apoc. 1:1-3 O apóstolo João é chamado para ser um profeta para a Igreja, escrevendo o livro de Apocalipse. Este é o mais claro exemplo de que João Batista não foi o último profeta.


O que Paulo fala sobre o dom de profecia na Igreja?

1Cor. 12:28-29
Efés. 4:11
1Cor. 12:7-11 Os profetas fazem parte da estrutura que o Senhor definiu para Sua Igreja, fazendo parte da liderança da obra. É o Espírito Santo quem escolhe aqueles que vão exercer cada dom.
1Cor. 14:29 Paulo declara que existiam profetas na Igreja de Corinto, e ordena para que em todas as demais igrejas o dom de profecia seja organizado.
1Cor. 11:4-5 Paulo demonstra que tanto homens quanto mulheres eram chamados para exercer o dom de profecia na Igreja.
1Cor. 13:2
1Cor. 14:3-5
1Cor. 14:39 Novamente Paulo reconhece a importância do dom de profecia, como instrumento para a edificação e crescimento da Igreja.


DETALHE: Nem todos os profetas tiveram seus nomes citados na Bíblia

Atos 11:27 Profetas de Jerusalém.
Mat. 7:22 Falsos profetas nos últimos dias.
Atos 19:6 Profetas de Éfeso.
Atos 21:9 Filhas de Filipe.

Vemos que a Bíblia é clara em mostrar a existência de profetas antes e depois do ministério de João Batista. Alguns deles nunca escreveram qualquer livro ou carta da Bíblia, mas isso não tirou sua autoridade como profeta do Senhor.

Até o final do Novo Testamento são mencionados diversos profetas e profetisas, que ajudaram a conduzir o povo no surgimento da Igreja de Cristo.
E muitos outros textos revelam que o dom de profecia estaria presente até os últimos dias, pois Deus continuaria escolhendo pessoas para exercerem este ministério.

Cremos que Ellen White foi escolhida por Deus para cumprir o ministério profético antes da volta de Cristo, conforme estava revelado na Bíblia. É claro que seu nome não aparece nas páginas da Bíblia, pois ela veio nascer quase 2000 anos após a conclusão do cânon bíblico. Sua obra, porém, dão provas inquestionáveis de sua dedicação à obra do Senhor, fazendo dela a profetisa de Deus para estes dias finais da história humana.


“Crede no Senhor, vosso Deus, e estareis seguros; Crede nos Seus profetas e PROSPERAREIS...” (2Crôn. 20:20) - grifos meus.


Contém material do livro “Mensageira do Senhor”,
do Dr Herbert Douglass.

Mais informações sobre a vida e o ministério de Ellen White podem ser encontradas no site do Centro White do Brasil.


veja também:
- Ellen White era racista?
- Ellen White e as Escrituras
- Ellen White e as acusações de plágio

22 comentários:

Francisco disse...

PROF GILSON,

ANALIZANDO E.G.W, NAS PROFECIAS DE PAULO, AS COISA SE COMPLICAM, VEJA:

A - Hebreus 13:9
"Não se deixem levar por ensinamentos diferentes e estranhos que tiram vocês do caminho certo. É bom para nossas almas receberem forças por meio da graça de Deus e não por meio da obediência a regras sobre alimentos, pois o que obedecem a tais regras não tem sido ajudados por elas" Tradução - linguagem de hoje

B - 1 TIM,Cap 4

1- O Espírito diz claramente que, nos últimos tempos, alguns renegarão a fé e se APEGARÃO a embusteiros e a doutrinas diabólicas,

2- deixando-se iludir por pessoas falsas e mentirosas, com a consciência marcada com ferro em brasa.

3 - Proíbem o matrimônio E O USO DE CERTOS ALIMENTOS, que no entanto, foram criados por Deus para serem tomados com ação de graças pelos fiéis e por aqueles que chegaram ao conhecimento da verdade,

4 - pois toda criatura de Deus é boa, e não se deve rejeitar coisa alguma que se usa com ação de graças.

5 - Com efeito essas coisas são santificadas pela palavra de Deus e pela oração.

porque será que desconsideramos estas duas passagens bíblicas, referentes a doutrinas ESTRANHAS E DIABÓLICAS de embusteiros, que ensinam regras de alimentação que ULTRAPASSAM A DISPENSAÇÃO LEVÍTICA.

Espero que seu Blog não censure os textos da bíblia.

Seu irmão em Cristo

Francisco Alberto

Prof. Gilson Medeiros disse...

Caro sr. Francisco,
em face da sua insistência, me vejo forçado a responder-lhe à altura...

o senhor demonstra um conhecimento muito frágil da Bíblia, e simplesmente não levou em conta o extenso material que apresentei e, em vez de questionar este material (o que é impossível, pois é bíblico), o senhor tenta se amparar em uma argumentação extremamente insipiente... vejamos...

Heb. 13:9 está dizendo que as regras alimentares para um viver saudável não produzem benefício para seus praticantes? É isso mesmo que o senhor acha? Então o senhor deveria questionar também os estudos científicos que atestam, solidamente, a saúde e expectativa de vida do povo Adventista bem acima da média dos demais cristãos (procure no site do FANTÁSTICO, e o senhor encontrará uma reportagem sobre o tema).
Estude o contexto do capítulo 13 de Hebreus (que se inicia já no 11), e o senhor sairá desta cegueira espiritual na qual insiste em viver, e verá do que o autor, VERDADEIRAMENTE, estava advertindo seus leitores. Não vou aqui esclarecer para o senhor, porque imagino que o senhor consegue encontrar a resposta sozinho.

1Tim. 4:1-5
Mais uma vez percebo seu profundo desinteresse em estudar as Escrituras, se valendo apenas de interpretações preconceituosas e sem qualque embasamento.
O próprio verso que o senhor faz questão de destacar é muito claro: os "embusteiros" que Paulo estava condenando não só proibiam o uso de certos alimentos, mas TAMBÉM o casamento (verso 3). O senhor poderia me citar alguma declaração de Ellen White desfavorável ao matrimônio? Eu, sinceramente, desconheço...
Portanto, é claro para um pesquisador sincero da Bíblia que Paulo estava atacando um grupo específico de ascetas, que pregavam (e ainda pregam... é só ver os mosteiros da vida), que o celibato e o isolamento social são benéficos à salvação.

Sugiro, sr. Francisco, que o senhor dê uma lida nos meus posts sobre a questão da alimentação, e aprenda sobre o tema em uma Fonte Segura - A SANTA BÍBLIA.

Um abraço.

Francisco disse...

Professor Gilson,

Você pegou pesado comigo e acho que você chegou a ser injusto.

Sabe porquê? porque no meu texto eu disse: "regras alimentares que QUE ULTRAPASSAM A DISPENSAÇÃO LEVÍTICA". Isto significa que estou dizendo que não discordo das orientações bíblicas do antigo testamento quanto a distinção entre alimentos limpos e imundos.

Agora posso citar que alimentos como Carnes limpas, leite, ovos, queijos, chás e etc, não são proibidos pela dispensação levítica.

Não vou citar os livros que mostram esta orientação de abstinência, porque você sabe muito bem quais são.

Espero que reconsidere o que disse e te peço, encarecidamente, que publique a minha defesa.

Sem mais para o momento

Seu Irmão no amor de Cristo

Francisco Alberto de Azevedo

Prof. Gilson Medeiros disse...

Se Deus, o Criador de todas as coisas, achou por bem nos revelar mais detalhes sobre o regime alimentar saudável para Seus filhos, quem sou eu para questioná-Lo?

Só posso dar graças a Ele, porque através das inspiradoras orientações de Ellen White os Adventistas são reconhecidos internacionalmente como um povo que vive mais e melhor do que os que preferem desprezar os conselhos bíblicos.

Aqui, caro senhor Francisco, vale a regra bíblica: "Crede nos Seus profetas e prosperareis..."

E a saúde dos Adventistas prosperou astronomicamente...

Aleluia!

Marcelo Rocha disse...

Achei interessante a discursão levantada Sobre a questão do ALIMENTO e,concordei com as duas opiniões:Por um lado a abstinência de certos alimentos de forma bem radical é necessária,para o bem da saúde do individuo por outro lado também,a ciência da medicina recomenda a ingestão de certos alimentos(proibidos pelos radicais)para o bem estar da saúde do homem.Bem,eu particularmente creio no que estar abalisado pela Bíblia,(sem querer ofender)se Ellen White foi profetisa,não sei, mas se as suas revelações podem ser confirmadas pela Bíblia,sejam verdadeiras,inclusive estas "novas revelações sobre o alimento"...Que Deus vos abençoe!

Prof. Gilson Medeiros disse...

Caro Marcelo, obrigado pelo comentário.

Realmente, a própria Ellen escreveu várias vezes que a Bíblia deve ser nossa "régua" para medir os escritos que se dizem inspirados por Deus.

Até o momento, não encontrei em seus escritos nada que a desqualificasse como mensageira do Senhor.

Augusto disse...

A Paz!
Meu nome é Augusto Ferreira, achei muito interessante o esclarecimento sobre a Senhora White, sei q todas as denominações evangélicas tem seus homens e mulheres de Deus q serviram de inspiração e modelo para o estabelicimento e crescimento delas, o q eu gostaria de Saber do professor é o porque de enquanto a maioria das Igrejas apresentam os ensinos de seus líderes apenas enfatizando o ensino e não o autor em sí, o porque a IASD enfatiza a pessoa da senhora White de forma tão enfática, chegando ao ponto de igualar seus escritos com a inspiração dos livros canônicos da Santa Palavra de Deus os quais sabemos que de modo único e inigualável foram diretamente inspirados por Deus. aprendi que a parte do cânon sagrado todo e qualquer escrito humano acerca de Deus por mais ungido e inspirado q o mesmo seja é passível de erro dado a falibilidade humana, ñ querendo afirmar com isto que necessáriamente o mesmo tenha que conter algum tipo de erro, mas apenas quero ratificar que somente as escrituras é que são a inerrante e infalível palavra de Deus! Fique na Paz do Cristo Vivo!
augustobisneto@hotmail.com

Prof. Gilson Medeiros disse...

Caro Augusto, como eu já mencionei anteriormente, o grande mal de muitas pessoas é propagaram notícias, idéias, boatos, etc., sem terem fundamentação para isso.

Eu, sinceramente, não lembro de já ter lido nada em alguma publicação oficial dos Adventistas, no qual os escritos de Ellen White sejam "igualados" à Bíblia. Muito menos já li algo que diga que seus escritos sejam "infalíveis" e/ou "inerrantes".

Acho que vc está mal informado, ou equivocado.

Sugiro que dê uma lida nos materiais oficiais que se encontram no site do Centro White, onde vc poderá saber DE FATO o que os Adventistas crêem e ensinam sobre o ministério profético de Ellen White.

Carol disse...

Pastor..entrei no seu Blog por ter me interessado pelos cursos oferecidos pela internet (Teologia) que havia visto em outro site e vi que o senhor era o responsável,então entrei aqui para conhecê-lo...
e realmente gostei..pois se mostrou um homem sábio e inteligente.

que DEUS continue t abençoando! e se possível me mande informações sobre o curso de teologia como por exemplo o dia de cada mês que o pagamento deve ser feito, se tem alguma restrição de idade para fazer...pois eu tenho 17 anos...
tentei falat on line no msn com vcs, mas não conseguí..

atenciosamente,

Ana Carolina Ribeiro Monteiro
Passa Quatro MG

Prof. Gilson Medeiros disse...

Cara Ana, fico feliz por vc ter gostado do blog. Deus tem sido muito bondoso comigo, e tem me ajudado a transmitir algumas mensagens que estão ajudando nossos irmãos e irmãs a se firmarem mais em sua fé.

Quanto ao curso de teologia, vc pode pegar as informações no seguinte site:
www.elpisteologia.net/faq.html

Um abraço.

Chacon disse...

Gilson desculpe me meter, mas a carne de vaca, ou de galinha, ou outro peixe com escama sim Ë PROIBIDA, desde que nao tenha sido adequadamente tratada (nao encontrei outra palavra). Bom, Deus nao permite carnes com sangue nem animais que tenham sofrido para serem sacrificados, isso pode ser até a vaca. Hoje em dia o método de abate de tudo que colocamos em nossas mesas ESTÄ CONTRA AS REGRAS DE DEUS!! A maneira como criam as galinhas, as vacas, os peixes, os alimentos que dao a estes animais está contra as regras, entao meu querido leitor (nao tenho procuracao do Gilson para defende-lo e nem estou defendendo ningué a nao ser a PALVRA DE DEUS). Meu irmao, procure conhecer como os alimentos chegam a sua mesa, como é o metodo que empregam para chegar qualquer coisa na sua casa e voce vai ver que é melhor se abster de muita coisa. Se Paulo disse que santificando o alimento se pode comer... adiante, eu nao faria isso, nem mesmo Paulo dizendo, ou voce pegaria por exemplo um frango de um encruzilhada que tivesse sido oferecido ao diabo e o comeria? Adiante, eu nao. Amigo, menos inimizade por isso oupor aquilo, cada um faz o que quer, imagine se nós (eu me considero) Adventistas fosse mos nas Igrejas Católicas brigar porque eles cultuam imagens... a pessoa sabe ler? Pode acessar outros conteudos que podem ou nao corroborar o que disse este ou outro Profeta? Entao, cada um cre no que quiser. Há um documentário que se chama Forks over Knifes que é maravilhosos e fala sobre alimentacoa, mas nao tem nada a ver com a Igreja (ao menos nao mencionam) e outro que nao lembro o nome que fala como os produtos que chegam na sua mesa sao produzidos, e ali vc ve que nao deveria come-los ou nem toc'a-los. Procure no Youtube vc vai se surpreender. Abraco

Chacon disse...

Gilson desculpe meus modos, é que nao consigo ser político, vou direto no ponto. Pode comer carne de vaca? Pode. Mas nao de qualquer maneira e neste ponto os Judeus estao certos, eles tem os alimentos Kosher que ´supervisionado por especialistas, etc etc. É tradicao? Nao sei, acho que é zelo pela palavra de Deus e que todos deveriamos ter, principalmente eu. Abraco

Chacon disse...

Olá Gilson o que vou escrever nao tem nada com o post mas acho que gostaria de saber:
1) Parece que este ´o único para na história reenta da ICAR que tem um irmao de sangue que é Adventista do Sétimo Dia, que conhece toda a verdade, que conhece Ellen White e seus livros já os leu, e a família do Papa fez algo como uma excomunhao particular, já que o membro Adventista nao estaria nem ai para uma excomunha da ICAR, veja o video: http://ultimaadvertencia.blogspot.mx/2013/07/el-papa-francisco-tiene-un-hermano.html

2) Parece que o Decreto Dominical nao demora, Há no mundo hje, uma grande corrente para que isso ocorra, falta pouco: http://ultimaadvertencia.blogspot.mx/2013/07/camaras-de-comercio-respaldan-el-cierre.html
http://ultimaadvertencia.blogspot.mx/2013/07/marcha-mercantil-por-el-descanso.html
http://ultimaadvertencia.blogspot.mx/2013/07/la-lucha-por-el-descanso-dominical.html
3) Sobre o irmao Adventista de Francisco ainda há este video mais ainda nao vi: http://ultimaadvertencia.blogspot.mx/2013/07/hermano-del-papa-es-adventista-y.html

Gilson Medeiros disse...

Prezado Chacon, nessa questão da alimentação entra a nossa fé na Revelação divina.

Pelo menos, assim eu creio.

Conforme a minha fé, se Deus orientou Ellen White a escrever sobre a abstenção de alimentos de origem animal, é porque Ele deseja que tenhamos mais saúde. E isso tem sido comprovado por muitas pessoas quem nem sequer já ouviram falar em EGW. Basta ver o número de vegetarianos que tem crescido nos últimos anos.

É o que creio.

Um abraço.
Gilson.

Martinho Mukevela disse...

ola pr.Gilsom
talves seria melhor responder as seguintes perguntas:
quando comecou a alimentação carnia? Porq a regra parece em levitico não em genesis? Exist a limentação original...que vem antes da regra?

Abraços d sei irmão d
Angola.

Gilson Medeiros disse...

Caro Martinho Mukevela, a alimentação original foi definida ainda no Éden, e está claramente esboçada nos primeiros capítulos da Bíblia (cf. Gên. 1:29). Não havia no plano inicial de Deus a alimentação a base de carne, nem para os homens nem para os animais (cf. Gên. 1:30).

Um abraço
Gilson.

Claudia disse...

A Palavra de Deus está fielmente empregada na Bíblia. Não é preciso outro livro para completar a Bíblia. A Bíblia Sagrada é completa, tudo que precisamos está nela. Do mesmo modo que os adventistas julgam os pentecostais que falam em línguas como possuídos por espírito maligno ou perturbados mentais, poderia dizer que Ellen White escreveu seu material sob influência maligna ou perturbação mental, seguindo o exemplo e estilo preconceituoso dos adventistas tratarem pessoas de outras religiões ou denominações. Mas não farei isso, quem sou eu para julgar um ser humano?! Prefiro que Ellen White seja julgada por Deus, somente Ele pode saber o que se passava com Ellen para esta escrever seus textos. Eu particularmente creio somente em Deus e na Bíblia Sagrada, mas de forma alguma vou chamar quem gosta de Ellen e de seus manuscritos de endemoniados ou perturbados, antes de tudo, graças à Deus, meus pais e estudos, sou educada, aprendi a respeitar as diferenças de cada um, mesmo quando não compartilho do mesmo pensamento.

osvaldo disse...

Ola sou Osvaldo e vou discordar um pouco da Claudia, nem tudo você encontra na bíblia, porque os copistas simplesmente ignoraram o seu valor.
Sempre quis saber o nome do Pai, no antigo testamento, e não encontrei, pois simplesmente Ele foi substituído por Deus ou Senhor, e assim também queria saber o nome do Espirito Santo, e também da forma como é pronunciado em Hebraico o nome do Messias, e muitas traduções também não são muito confiáveis pois se você reparar nos comentário diz assim, ESTE TESTO NÃO CONSTA NO MAIS ANTIGO, então como dizer que tudo esta na bíblia, pois essas curiosidades minhas só fui descobrir em livros extras, e biblias como a Peshitta, e outras traduções que não sofreram tantas mudanças e as vezes absurdas como a que estamos acostumados a ler.

Anônimo disse...

Creio que a Bíblia é completa e não precisa de complemento à mensagem que ela traz. O que não é revelado na Bíblia, é porque deve permanecer em oculto. Leio bastante e os livros de teólogos, mestres, historiadores ajudam a esclarecer certos pontos. Mas não encaro livros de quem quer que seja como inspirados pelo Espírito Santo. A única Palavra de Deus para mim, inspirada por Ele é a Bíblia Sagrada. O que é necessário para a vida de um cristão está ali e como falei antes, o que não está explicado na Bíblia é porque deve permanecer em mistério, creio que muitas coisas vão além da compreensão humana e por isso mesmo, muitas coisas não estão reveladas ali. Mas que ela tem tudo que precisamos para crescer na fé e entendimento, isso é fato.

Anônimo disse...

Olá Pr.Gilson,gostei muito de seu artigo sobre Ellen G. White.
Eu sou adventista desde criança e nunca me perguntei sobre algumas crenças sobre certos aspectos da bíblia por seguir a igreja sempre. Mas hoje me deparei com o pensamento em relação ao dom de línguas, e gostaria de saber se o Sr. Poderia me explicar melhor este assunto com base na bíblia. Desde já agradeço.

Gilson Medeiros disse...

Caro anônimo, sobre o dom de línguas, veja as seguintes postagens:

http://prgilsonmedeiros.blogspot.com.br/2009/01/dom-de-lnguas.html

http://prgilsonmedeiros.blogspot.com.br/2009/06/o-extase-pentecostal.html

Um abraço
Gilson.

Maciel Rodrigues disse...

muitos gostam de falar na questão alimentar, mas para muitos, o deus deles e o ventre ( Filipenses 3:19 ) e ouvir uma criança dizer que não come guloseimas por que faz mal a saúde e algo quase que impossível, elas jamais diriam contrário ao que tanto veneram, abri mão de quase tudo o que eu vivia pra consegui me enquadrar a uma vida cristã, devo tudo isso a Deus, que inspirou profetas pra trazer direção a homens pecadores como, e semelhantemente a todos profetas bíblicos, a elle g. white que pode me dar uma visão mais ampla daquilo que esta escrito na bíblia, prova disso e a alimentação, muito se fala do que foi escrito no livro Conselhos Sobre Regime Alimentar na questão da carne, mas poucos falam a respeito dos demais temas abordados por ela como açúcar, principalmente o branco, o sal, entre outros, podemos ver uma concordância por completo com a ciência atual, e nas questão comer carne, quando li o livro mencionado, consegui entender, o que de fato, e a vontade de Deus: "Devemos voltar ao princípio, e viver o mais próximo possível da vida que o homem que saiu da mão de Deus vivia, quando Deus criou os animais e Adão, deu a eles também um cardápio para eles:
Gênesis 1
26 E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; e domine sobre os peixes do mar, e sobre as aves dos céus, e sobre o gado, e sobre toda a terra, e sobre todo o réptil que se move sobre a terra.
27 E criou Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou.
28 E Deus os abençoou, e Deus lhes disse: Frutificai e multiplicai-vos, e enchei a terra, e sujeitai-a; e dominai sobre os peixes do mar e sobre as aves dos céus, e sobre todo o animal que se move sobre a terra.
29 E disse Deus: Eis que vos tenho dado toda a erva que dê semente, que está sobre a face de toda a terra; e toda a árvore, em que há fruto que dê semente, ser-vos-á para mantimento.
30 E a todo o animal da terra, e a toda a ave dos céus, e a todo o réptil da terra, em que há alma vivente, toda a erva verde será para mantimento; e assim foi.
31 E viu Deus tudo quanto tinha feito, e eis que era muito bom; e foi a tarde e a manhã, o dia sexto.

o que ellen G. White diz sobre o assunto:

Conselho Sobre Regime Alimentar página 310

Cereais, frutas, nozes e verduras constituem o regime dietético escolhido por nosso Criador. Estes alimentos, preparados da maneira mais simples e natural possível, são os mais saudáveis e nutritivos. Proporcionam uma força, uma resistência e vigor intelectual, que não são promovidos por uma alimentação mais complexa e estimulante. Nos cereais, frutas, verduras e nozes encontram-se todos os elementos de que necessitamos. Se formos ao Senhor em simplicidade de espírito, Ele nos ensinará a preparar alimento saudável sem a mancha da carne."

Algo contrário a primeira página de nossas bíblias?

isaías 8:20
À lei e ao testemunho! Se eles não falarem segundo esta palavra, é porque não há luz neles.

À lei e ao testemunho! Se eles não falarem desta maneira, jamais verão a alva.( tradução diferente apenas).

Deus seja louvado por toda a sabedoria eterna.

A paz de Cristo.

Cursos Básico, Médio e Avançado

Ebook 101 Razões