sexta-feira, agosto 23, 2013

A Racionalidade da Bíblia

Há alguns meses estudamos na Lição da Escola Sabatina sobre a revelação de Deus. Para ampliar a compreensão deste tema, em especial com relação à Palavra escrita de Deus (pois muitos enviam comentários com este tipo de dúvida), quero disponibilizar aqui um excelente material do Dr. Wilmar Gonzalez.

É Possível Surgir algo do Nada?
Na Natureza, “nada se cria, nada se perde, tudo se transforma”.
Newton mandou um mecânico hábil e engenhoso fazer-lhe uma reprodução exata do sistema solar, em miniatura. No centro havia uma bola dourada representando o Sol. Em redor dessa haviam outras bolas fixas nas pontas de braços de vários comprimentos, representando Mercúrio, Júpiter, Saturno, Urano e Netuno. Posto em movimento por uma manivela, essas bolas giravam em redor do “Sol” em harmonia perfeita.

Certo dia, quando Newton se achava assentado na sua sala de trabalho, entrou seu amigo céptico. Grande cientista que era, reconheceu num relance o propósito da máquina colocada sobre uma mesa. Pondo o mecanismo em movimento, ficou deveras admirado, percebendo as bolas movendo e girando cada uma na sua própria órbita e na sua relativa velocidade. Afastando-se um pouco para a admirar, exclamou: “Mas, que maravilha. Quem a fez?

Newton, sem levantar os olhos do livro que lia, respondeu: “Ninguém”. O céptico, virando-se para Newton, retrucou: “Você não entendeu. Perguntei quem a fez?”.
Levantando os olhos, Newton assegurou-o solenemente que ninguém a fizera, que o conjunto da matéria, tão admirado, assumira por acaso a forma em que estava.

O céptico, estupefato e visivelmente irritado, respondeu: “Tu achas que eu sou um doido? Por certo alguém a fez, alguém dotado de alto poder intelectual, e quero conhecê-lo”.

Newton, pondo o livro a um lado, levantando-se e colocando a mão sobre o ombro de seu amigo, disse: “Essa máquina é uma fraca imitação de um sistema infinitamente superior, cujas leis tu conheces, e não consigo convencer-te de que esse brinquedo não tem inventor nem fabricante. Ora, dize-me pela qual sorte de raciocínio chegas a uma conclusão tão discordante?”.
Não é necessário acrescentar que o céptico ficou convicto da verdade e tornou-se crente firme no Deus que criou os céus e a terra.

Autenticidade da Bíblia
1. SUA UNIDADE
Quarenta escritores, oriundos das mais variadas camadas sociais e culturais, vivendo desde cerca de 1.500 anos a.C. a aproximadamente 100 d.C.; escrevendo ao longo de quase 1.600 anos, não se contradizem. Pelo contrário, seus escritos se complementam.

2. SUAS PREDIÇÕES
As predições bíblicas, especialmente as que são determinadas por anos (Ex.: 1260, 490, 2300) cumpriram-se ou estão se cumprindo com precisão matemática, e a História Universal confirma.

3. SUA HARMONIA COM A CIÊNCIA
Muitas vezes a Ciência humana precisou corrigir seus conceitos, enquanto a Bíblia nunca precisou voltar uma letra sequer.
Algumas vezes houve discordância entre a Bíblia e a Ciência, no entanto a Ciência precisou se retratar, mas a Bíblia nunca.
• Ex. Na Idade Média acreditavam que a Terra estava apoiada sobre quatro elefantes e estes sobre uma tartaruga; também criam que a Terra era quadrada. Porém, cerca de 1.500 anos a.C. o autor do livro de Jó já afirmava que a Terra não se apoiava em nada e que era redonda - Jó 26:7; 37:12.

A Ciência humana que mais se harmoniza com a Bíblia é a Arqueologia. As escavações e descobertas arqueológicas têm comprovado a veracidade dos escritos sagrados no que diz respeito a cidades antigas, guerras, reis, etc.

4. SEU PODER TRANSFORMADOR
É ilimitado o número de vidas irregulares e depravadas; viciados e criminosos em geral, que tiveram as suas vidas transformadas para o bem.

5. OUTROS PONTOS A CONSIDERAR
Sua concisão, veracidade, atualidade, aceitação por parte de sábios, filósofos, cientistas, etc., e sua perpetuidade; apesar de ser o livro mais combatido, a Bíblia continua sendo o livro mais vendido no mundo.
Considere-se ainda o ciclo semanal de 7 dias. Sua origem e propósito são explicados unicamente no relato da criação em Gênesis 1 e 2.
Esta divisão de tempo é aparentemente irrazoável.
• Por exemplo: O dia, de 24 horas, marca o espaço de tempo gasto pelo planeta Terra para dar uma volta completa em torno de si mesmo (Movimento de rotação); o ano (365 dias e quase 6 horas) representa o tempo gasto pela Terra para dar uma volta completa em sua órbita ao redor do Sol (Movimento de translação).

Mas, e a semana de 7 dias? Não é invenção humana. Sua origem é DIVINA. Refere-se ao tempo gasto por Deus para criar nosso planeta com toda a vida que nele existe, mais o 7º dia, o Sábado, para ser usado pelo homem como dia de “Re - criação” - descanso físico, relembrar o Criador e Adoração (cf. Gên. 2:1-3; Êxo. 20:8-11).

Inclusive, “se o sábado houvesse sido universalmente guardado, não haveria ateus”, segundo a escritora Ellen White, pois a cada sétimo dia, a Criação estaria sendo lembrada e comemorada.

Observa-se, pois, que a divisão de tempo em semanas de 7 dias, além de ter sua origem em Deus, atravessou os séculos e milênios, sendo ainda observada não apenas por criacionistas mas também por ateus e evolucionistas.

Superioridade da Bíblia como Fonte de Conhecimento
Sobre todas as áreas do saber humano, a Bíblia se pronuncia:
1) Astronomia - Jó 26:7; 38:31-35; Isa 40:22; Sal 19:1-3; Jer. 33:22
2) História - Egípcios, Assírios, Babilônios, Medos, Romanos, etc.
3) Geografia - Lugares mencionados, todos confirmados pela Arqueologia.
4) Matemática - Precisão das profecias.
5) Estatística - Vários censos e recenseamentos são mencionados.
6) Literatura - Jó
7) Política (Ciência de bem governar) - Moisés, José, Reis em Geral.
8) Psicologia - Prov. 23:7; 17:22 e outras passagens.
9) Sociologia - Mateus 7:12.
10) Direito (Leis) - Código Mosaico.
11) Filosofia - Provérbios, Ensinos de Cristo.
12) Filologia - Estudo de vocábulos e seus significados.
13) Medicina - Leis de Higiene e Saúde - Levítico 11:15. / Remédios: II Reis 20:7.
14) Fisiologia - Lev. 17:11
15) Botânica - Árvores, flores, etc.
16) Zoologia: Prov. 30:19-31.
17) Ética - Luc. 14:8-10
18) Romance - Rute, Ester.
19) Estratégia Militar - Josué, Juizes, Samuel, Reis, etc.
20) Biografias - José, Daniel, Ester, Davi, Jesus, Paulo, Pedro, Maria, Ana, etc.
21) Religião - É o aspecto mais salientado em toda a Bíblia.

Não há do que duvidar: a Bíblia é mesmo a Palavra de Deus, e precisa ser nossa constante fonte de estudo, pesquisa e meditação.

4 comentários:

Anônimo disse...

Gilson,
Te admiro muito pela sensatez dos seus texto. Como é boa e agradável essa sensação e certeza de que só nós da verdadeira igreja de Deus seremos salvo.
Se um dia vier a Salvador visite a Igreja Adventista de Brotas que gostaria muito de conhecê-lo pessoalmente.
Obrigado,
Plácido
IASD BROTAS
SALVADOR-BA

Gilson Medeiros disse...

Caro Plácido, agradeço pelas palavras carinhosas de incentivo ao nosso singelo trabalho.

Entretanto, não devemos esquecer que o Senhor tem Sua Igreja "invisível", com pessoas espalhadas em todos os credos. No momento certo, este imenso grupo se unirá em torno do Verdadeiro Pastor (cf. Apoc. 18:1-4). Portanto, creio que nem todos que HOJE fazem parte da IASD serão salvos, assim como nem todos que HOJE estão em credos diferentes serão condenados à perdição eterna. Só o Senhor conhece o mais profundo do nosso ser, não é verdade?!

Também terei imenso prazer em conhecer os queridos irmãos de Brotas. Há alguns anos estive fazendo uma semana de oração de "Pau Miúdo", e fiquei muito impressionado com o zelo e amor dos nossos irmãos soteropolitanos.

Um abraço.
Gilson.

Anônimo disse...

Gilson,
Desculpa não concordar com a sua opinião. Talvez seja porque não sou tão sábio e tão inteligente que nem você mas na parte em que você disse que "creio que nem todos que HOJE fazem parte da IASD serão salvos"... você não está de certa forma pondo em dúvida de que a igreja adventista é a única que salva? Porque eu tenho certeza disso como também tenho certeza de que estou salvo, você não?
Por favor me esclareça essa dúvida.
Obrigado,
Plácido
IASD BROTAS
SALVADOR-BA

Gilson Medeiros disse...

Prezado Plácido, como eu disse, não creio que SÓ exista salvação entre os Adventistas, porque a salvação não depende de DOUTRINA, mas da fé em Jesus (por isso tenho absoluta certeza da salvação).

Creio, isso sim, que a doutrina Adventista é a mais pura e coerente com a Santa Bíblia, mas isso não quer dizer que quem HOJE não for Adventista já está perdido.

Um abraço.
Gilson.

Cursos Básico, Médio e Avançado

Ebook 101 Razões