sexta-feira, setembro 06, 2013

Os Adventistas e a Graça

Nas sextas-feiras, depois que chego do trabalho, costumo colocar algum DVD musical (meu preferido é aquele "Desejado de Todas as Nações", ou o de Luiz Cláudio) para relaxar. Também gosto de colocar algum CD do Arautos para tocar no carro, quando estou voltando para casa no início do Sábado do Senhor. Para mim, tem uma música que é especial. Nota 10. Ela é um dos grandes poemas cantados destes últimos tempos.

Alguns, certamente, já a conhecem...

A graça é um ponto de encontro
Lugar onde os fardos se espalham no chão
Onde todo que chega cansado
Tranquilo, descansa o seu coração
A graça se explica em uma Cruz
Lá eu posso entender o que o Céu me traduz
A morte era a minha sentença
Mas agora sou livre em Jesus

Refrão:
Graça, simples assim
Perdão se recebe, se aceita, e fim
Pecado não se explica
Pecado se paga
E Cristo pagou por mim

Havia imensa separação
Entre a raça caída e o Deus do perdão
Mas a graça fechou o abismo
E sem hesitar estendeu-nos a mão
Mostrou-nos a estrada de volta
À Casa do Pai, onde iremos morar
Nos dá esperança que move a certeza que Cristo em breve virá

:::::::

A música diz tudo... e o refrão resume melhor ainda.

Além de muito linda, é um "cala-boca" nos que acusam os Adventistas de não crerem na salvação unicamente pela fé.

3 comentários:

Anônimo disse...

Professor Gilson

Boa tarde!
Como faço para fazer postagens sem entrar em um tema?

Enquanto me responde, vou postar aqui mesmo. Bem Entramos nessa nova lição As epístolas do Amado, lição maravilhosa, como tem sido as anteriores,mas prof. infelizmente nem todos estão satisfeitos com essa nova lição,nesse sábado dia 18/07 , um membro ao passar a lição geral, fez uma crítica a respeito da lição de quarta feira dia 15/07 onde foi mencionado textos sobre a nossa condição de pecadores, atacou a associação adventista e os teólogos que fizeram esse comentário, diz que esta errado, que nós como filhos de Deus podemos sim viver sem pecado, bem houve um grande falatório na hora de escola sabatina... gostaria que o Sr. fizesse o comentário sobre esse tema de quarta-feira, ao meu ver não vi nada de errado.

Prof. Gilson Medeiros disse...

Olá. Infelizmente o Blogger não dá a opção de fazer comentários desvinculados de alguma postagem.

O que vc mencionou é o reflexo de um pensamento equivocado introduzido muitos anos atrás na Igreja Adventista. Surgiram pessoas pregando um tipo de "perfeccionismo" moral, que nos tornaria impossibilitados de cometermos novamente o pecado.

Desde o tempo de Ellen White, que este pensamento herético se introduziu. Em sua época, havia um movimento chamado de "carne santa", que defendia esta perfeição do caráter sem pecado.

Pena que algumas pessoas, ainda hoje, se achem tão "donas da verdade", que prefiram criticar aqueles que defendem o modelo bíblico. A própria Ellen White sempre foi muito questionada por não concordar com esta falsa perfeição.

Sugiro que vc leia um bom livro sobre a história de nossa Igreja, e verá como ela passou por esta crise do perfeccionismo, e como o Senhor a guiou para não cair nesta heresia fanática.

Um abraço.

A.K.Renovatto disse...

Também gosto de voltar para casa ouvindo um som de qualidade. A letra dessa música realmente é bonita. Conheço algumas músicas de Arautos do Rei e de outros quartetos e aprecio bastante. Músicas com letras boas nos fazem descansar e meditar na maravilhosa Graça de Deus. Deus o abençoe.

Cursos Básico, Médio e Avançado

Ebook 101 Razões