quarta-feira, julho 06, 2016

12 comentários:

Anônimo disse...

Gilson,

Pode me passar o link para que possa assitir sem edição?

Obrigado.

Alberto.

Gilson Medeiros disse...

Olá, Alberto.

Acredito que no site do program do Pe. Fábio é possível conseguir o vídeo completo.

Um abraço.
Gilson

edson camilo disse...

Estou sem palavras.

Jailson Passos disse...

Interessante o vídeo!
Quem sabe ele esteja com uma visão melhor do que muitos líderes religiosos.
Mas temos que ter cuidado com o que vemos e ouvimos.
Porque muitos vezes pra eles sábado significa descanço, e descanço pode ser em qualquer dia, pricipalmente no Domingo. Outras vezes, alguns líderes até acreditam no sábado, mas com uma guarda bem ligth, apenas uma espécie de descanço espiritual.
E quando ele diz que Jesus "não baniu a lei, mas aperfeiçoou, se ele aprofundar nos comentários ele vai chegar ao "ame a Deus e ao próximo" e aí entra na "liberdade" de interpretar a Lei de acordo com cada situação.
Quem dera um grande líder tomasse uma decisão de verdade. Billy Graham aceitava a lei e o sábado, inclusive falou isso a um pastor adventista, mas nunca teve coragem de assumir isso de verdade.
Certa vez os líderes disseram:
"Creu Nele porventura algum dos principais ou dos fariseus?" João 7:8 (claro que alguns creram)
Mas vemos que é muito difícil um grande líder aceitar e pregar realmente toda a verdade.
Mas para Deus nada é impossível.
Que Deus tenha misericórdia de todos nós!

Fernando disse...

Fiquei impressionado com as palavras deste padre,quem sabe ele deva ser um sincero e que Deus está convencendo ,e aos poucos ele sairá da babel espiritual!!!AP 18:4
Que on nosso Sr Jesus tenha misericordia de todos nós.

Anônimo disse...

O vídeo é editado, mesmo sendo adventista, prefiro ter uma idéia do que ele disse o padre, assistindo o vídeo sem edição. como todos pediram, gostaria de ver a versão concreta, pois estas edições podem ser perigosas e tendenciosas

Gilberto disse...

Quero dizer que sou "Adventista", pois espero ao Senhor! Apenas gostaria de defender o que estar na Bíblia, não o que vai na cabeça dos líderes empresariais religiosos, pois a Igreja quando vira empresa, foje da meta do Senhor. Talvez os pioneiros não estivessem conscientes disto. O Senhor disse "Ide pregai o Evangelho...", não disse ide construi templos, hospitais, faculdades etc...
Para isso as "empresas religiosas" usam de artifícios, que é exigir contribuições sistemáticas de seus membros, coisa imcompatível com a Bíblia, pois "Daí de graça o que graça recebeste"! Meu comentário sobre o vídeo é esse, o padre não falou nada mais que eu não já conhecesse...

Gilson Medeiros disse...

Caro Gilberto, desculpe discordar de você, mas a Igreja Adventista do 7º Dia não é uma "empresa religiosa", pois não está fundamentada na obtenção de "lucro religioso".

O que os Adventistas crêem sobre a questão financeira da Obra do Senhor é uma questão de fé. E está tudo na Bíblia. Assim cremos!

Um abraço.
Gilson.

Anônimo disse...

Amigos, o "sábado" (= dia de descanso) que o padre guarda é o que a Bíblia chama de primeiro dia da semana. Sim, isso não faz sentido, mas é assim que os católicos acreditam. Eles, bem como os evangélicos, afirmam guardar o quarto mandamento da lei, mas o fazem no domingo.

Chacon disse...

Bem..., a salvação é pessoal certo? Somos salvos pela Graça por meio da Fé, certo? E a Fé sem obras é morta certo? Que obras? "8 Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus.
9 Não vem das obras, para que ninguém se glorie;
10 Porque somos feitura sua, criados em Cristo Jesus para as boas obras, as quais Deus preparou para que andássemos nelas." Tiago e Paulo falam de obras distintas obviamente. Este padre Fábio parece uma pessoa sincera com "boas obras", bom coração, boas intenções, diferente de outros padres, como um tal Paulo Ricardo que chamou os evangélicos de otários, ou esses padres comunistas como Julio Lancelott Dom Balduino, Frei Beto e tantos outros. Será que ele mesmo não guardando o Sábado não seria salvo? Eu creio que ele ändando na boas obras" como disse Paulo ele é melhor que muito Adventista do 7o. Dia que eu já conheci. Eu sempre tenho um pé atrás om padres, mas depois de ter visto este Fábio falando algumas vezes me passou um a boa impressão, espero nào estar errado. Abraço

Régerson Molitor da Silva disse...

Caro anônimo, onde na Bíblia você encontra a equivalência entre o sábado sétimo dia dado por Deus e o Primeiro dia da semana como dia de descanso? Concordo que provavelmente o Pe. Fábio tinha o domingo em mente quando defendia o sábado, todavia, tanto ele, como você ou qualquer outro cristão que guarda o domingo no lugar do sábado [sétimo dia da semana], faz sem nenhuma linha de autorização das Sagradas Escrituras... Infelizmente alguns preferem seguir a homens do que seguir o que a Palavra de Deus diz [Mc 7:6-7 e 12-13]. Sola Scriptura!

A.K.Renovatto disse...

Concordo com o irmão anônimo adventista, vídeos editados devem ser evitados, melhor sempre colocar na íntegra. O vídeo na íntegra não está focando na guarda do sábado, não está direcionado aos adventistas e nem a religião alguma. O foco desse vídeo é falar sobre a lei e a justiça (ele falava sobre os advogados que defendem culpados, sobre a tarefa árdua que deve ser seguir a lei, quando o certo parece errado, exemplo de advogados que defendem assassinos). Falava sobre a questão de que todo culpado tem direito a defesa perante a lei. Ele dizia não dever ser fácil seguir a lei (defender alguém que cometeu crime brutal). Imagine um advogado que vai defender um assassino, os argumentos que ele terá que usar...Isso parece certo perante a lei, mas nem sempre o certo é certo...Muitas vezes é conflitante um advogado defender uma pessoa, sabendo que está prejudicando um inocente. O advogado usa muitas vezes da mentira, para defender alguém que não é inocente. Ele disse que muitas vezes a lei é injusta, e partindo dessa linha de pensamento, ele voltou seu pensamento naquele momento em que Jesus estava explicando sobre a Lei, que os judeus guardavam o sábado, mas não amavam o próximo como a si mesmo. O Pe está pregando que as vezes a lei é injusta e mesmo seguindo a lei, somos injustos assim como os judeus da época, que guardavam o sábado, mas não ajudavam o próximo no dia do sábado. As pessoas que viram o vídeo fizeram a maior confusão na internet, porque virou ponto de discussão de adventistas e católicos sobre a guarda do sábado, sendo que o foco principal era o que citei acima. O vídeo enfoca a Lei e Justiça, e a verdadeira justiça é o amor a Deus e ao próximo. Foi isso que o padre quis passar na mensagem, mas as pessoas se apegaram ao sábado, na questão de que se deve ou não trabalhar no sábado, se deve ou não guardar o sábado. Espero que meu comentário não seja visto como ofensa e polêmica, simplesmente achei o comentário coerente do irmão adventista e também compartilho com ele a ideia de que sempre é melhor colocar vídeos na íntegra. E para deixar claro, respeito quem guarda o sábado e meu comentário não está "julgando" a guarda do sábado, mas sim a mensagem do padre Fábio de Melo no "todo". Deus o abençoe.

Cursos Básico, Médio e Avançado

Ebook 101 Razões