quinta-feira, novembro 03, 2016

Ser Adventista é requisito para viver muito

Você sabia que ser Adventista do 7º Dia foi citado em um artigo de importante revista SECULAR (isso mesmo, uma revista não-Adventista... oh glória!) como sendo um dos principais fatores que levam à longevidade?

Tenho certeza que muitos que seguem meu blog (mais uma vez, obrigado pela paciência e carinho de vocês) já viram esta notícia. Mas é provável que outros, especialmente os que gostam de falar mal dos Adventistas (coitados...rsrs), ainda não tiveram o privilégio de ler o material.

Transcrevo abaixo o que está no excelente blog SAÚDE E FAMÍLIA, da profa. Débora Borges.


O estilo de vida dos adventistas do sétimo dia tem sido tema de pesquisas, estudos e de admiração nos meios científicos e na mídia, nos últimos tempos. A News Week, respeitada revista internacional, publicou o resumo de uma importante pesquisa cientifica sobre longevidade. A pesquisa foi feita por Lauren Streib e a matéria, de uma página, foi organizada por Robert De Ieso Jr., com o título “Como viver para sempre”. A reportagem, que leva em conta as mulheres, diz o seguinte: “Extraído da ciência, aqui está o que o leva a prolongar seus dias.” O autor relaciona 16 princípios responsáveis pela longevidade. O segundo recomenda: “Seja um adventista do sétimo dia.” 

Veja o que ciência descobriu e que pode ser fator de vida longa e saudável (principalmente para as mulheres, que vivem em média cinco anos a mais do que os homens):

1. Ser do sexo feminino.
2. Ser adventista.
3. Sua mãe ter menos de 25 anos quando você nasceu
4. Viver em uma área com pouca poluição.
5. Usar escova de dentes e fio dental diariamente.
6. Ser otimista.
7. Estar comprometido com o trabalho.
8. Ter marcadores genéticos de longevidade, capazes de combater os genes da doença de Alzheimer, câncer e outras doenças relacionadas à idade.
9. Viver em democracia.
10. Começar a escolarização formal após os seis anos de idade.
11. Beber pelo menos duas xícaras de chá por dia.
12. Comer 25% a 30% menos calorias de que a dose diária recomendada.
13. Não beber refrigerantes ou comer alimentos processados que contenham fosfatos.
14. Ser um fã de exercícios físicos
15. Comer uma dieta mediterrânea.
16. Ter seus ovários.

Clique aqui, e veja o gráfico completo publicado na revista NEWSWEEK.

Notícias como estas nos mostram o quanto o preconceito cego e estúpido (desculpem a força da palavra) que alguns alimentam contra os Adventistas é infundado.

Louvado seja o Senhor pela excelente avalanche de conhecimentos que derramou sobre esta amada Igreja, e que fez com que este povo ficasse protegido de tantas doenças e males que assolam os que preferem desobedecer às orientações divinas!! 

Os Adventistas que PRATICAM os princípios divinos da Reforma de Saúde são um exemplo vivo de como Deus Se preocupa em todos os aspectos com a vida do Seu povo.

"Crede no Senhor vosso Deus e estareis seguros; crede nos Seus profetas E PROSPERAREIS" (2Crôn 20:20).

Eu creio! 
E você?

Um comentário:

A.K.Renovatto disse...

Ótimo tema abordado! Não sou adventista mas tenho uma alimentação saudável desde criança ( desde muitos anos atrás, estou me entregando agora hehehe) resultado de uma educação excelente que meus pais me deram! Sem dúvida alguma, para vivermos mais precisamos nos mexer, exercitar, ter horas de lazer, passar tempo com a família e é claro: nos alimentarmos de modo saudável (viver só para o trabalho não é saudável, conheço viciados em trabalho que vivem com problemas de saúde! Apesar de ser vegetariano, não sou radical, creio que é possível uma alimentação saudável sem ser "vegetariano", porém, eu particularmente não aprecio carnes e é certo que carnes vermelhas e processadas aumentam o risco de desenvolver câncer (pessoas geneticamente propensas ao câncer, ao consumir carnes vermelhas e processadas em excesso estão aumentando o risco de desenvolver a doença. Passei para minha filha os hábitos saudáveis (sobre alimentação, atividades físicas) e agora chegou a hora de passar para meu filho mais novo e para minha esposa também. Quanto ao "preconceito e estupidez" que mencionou que alguns têm contra os adventistas, quero dizer que não devem se preocupar com isso. Se formos nos deter com preconceitos vamos "paralisar" nossas vidas. Além do mais, creio que nem todos são "estúpidos e preconceituosos" mas sim estão equivocados ou na ignorância sobre esses assuntos (ainda bem que hoje a TV foca bastante nesse tema, alertando os menos esclarecidos). Parabéns ao adventistas por esse hábito saudável! E parabéns aos que mantém esse hábito de alimentar corretamente! O coração e a mente agradecem! E Pr Medeiros, as mulheres vivem em média sete anos a mais que nós "pobres homens" rsrs. No seu artigo diz em média cinco anos a mais, mas recentemente li um artigo onde se dizia sete anos! Então, homens, se quisermos viver mais tempo com nossas esposas, vamos nos alimentar bem e exercitarmos bastante, para termos a chance de sermos mais longevos rsrs.

Cursos Básico, Médio e Avançado

Ebook 101 Razões