terça-feira, dezembro 29, 2015

Você se considera um egoísta?

"pois os homens serão egoístas, avarentos, jactanciosos, arrogantes, blasfemadores, desobedientes aos pais, ingratos, irreverentes..." - 2Tim. 3:2

Ao descrever o estado moral em que viveria o mundo dos últimos dias, o apóstolo Paulo utilizou adjetivos pouco nobres. Entre outras características, ele diz que os homens seriam "egoístas".

É interessante observar que a palavra grega aqui traduzida por "egoístas" (PHILAUTOS) só ocorre neste lugar em toda a Bíblia. Paulo buscou uma palavra especial para descrever quão corrompido estaria o coração do ser humano pouco antes da volta de Jesus.

E o que é o EGOÍSMO?


O dicionário define o egoísmo como um "amor próprio excessivo, que leva o indivíduo a olhar unicamente para os seus interesses, em detrimentos dos alheios". Ou seja, o egoísta é aquela pessoa que só pensa em si, e que não está nem um pouco preocupada com o sentimento, sofrimento, necessidade, miséria, dor... do seu semelhante.

Tratando também sobre o egoísmo, Ellen White escreveu o seguinte:

"O egoísmo é a essência da depravação, e, devido a se terem os seres humanos submetido ao seu poder, o que se vê no mundo é o oposto à fidelidade a Deus. Nações, famílias, e indivíduos estão cheios do desejo de fazer do eu um centro. O homem almeja governar sobre os seus semelhantes. Afastando-se de Deus e de seus semelhantes em seu egoísmo, segue suas irrefreadas inclinações. Age como se o bem dos outros dependesse de se submeterem a sua supremacia" - Conselhos sobre Mordomia, pág. 24 - (grifo meu).

E mais...

"O egoísmo tem causado discórdia na igreja, enchendo-a de ambição não santificada. ... O egoísmo destrói a semelhança com Cristo, enchendo o homem de amor-próprio. Leva a contínuo afastamento da justiça. Cristo diz: 'Sede vós, pois, perfeitos, como é perfeito o vosso Pai, que está nos Céus.' Mat. 5:48. Mas o amor-próprio é cego para com a perfeição que Deus requer" - Ibidem - (grifo meu).

Observe como o egoísmo é apresentado como sendo a essência (ou seja, a "raiz", a "origem") de muitos males... mesmo na Igreja!

Quando olhamos para o mundo vemos grandes e pequenas demonstrações de egoísmo:

- O político que pensa apenas em $i, e não reflete duas vezes antes de roubar o dinheiro que deveria ir para a merenda das crianças, ou para a saúde do mais necessitado, ou para construção de casas para quem dorme ao relento.
- O empresário que faz falcatruas para poder conquistar um negócio que lhe renda alguns milhõe$.
- O traficante que destroi a vida de milhões de crianças e jovens, apenas para ganhar dinheiro e/ou poder.
- O "filhinho de papai" que dirige embriagado, fazendo exibicionismos no trânsito, sem importar-se com a segurança alheia.
- O motorista que não dá sinal para indicar que vai entrar em uma rua, provocando acidentes com os veículos que vêm atrás dele.
- O jovem que não oferece seu lugar em um ônibus, metrô, trem... lotados, para alguém fisicamente mais frágil que ele.
- Uma mulher ou homem que gaste mais com salão de beleza, do que famílias inteiras gastam para se alimentar.
- O condômino que não controla o gasto de água do seu apartamento, com a certeza de que a conta do desperdício será paga "também" pelos outros.
- A pessoa que dá uma de doente para furar uma fila quilométrica no banco, sem ficar nem um pouco preocupado com as pessoas que já estão há horas esperando.

- O "espertinho" que fura a fila do congestionamento, e passa na frente de outros motoristas.
(...)

E na Igreja, vemos demonstrações de egoísmo?

- A pessoa que levanta no meio do sermão, simplesmente porque ele está "tocando em sua ferida".
- Aquele que gasta uma fortuna com a satisfação de um luxo qualquer, mas "esquece" de trazer sua colaboração para a cesta-básica das DORCAS.
- Aquele que deseja congregar em um templo magnífico, com ar-condicionado, bancos acolchoados, etc., mas não se preocupa se existem "irmãos" se reunindo embaixo de árvores ou em "palhoças".
- O ancião ou líder de departamento que acha que é o "dono" ou "dona" da Igreja, e não aceita ouvir conselhos ou sugestões de melhorias em sua área.
- Aquele que fica conversando bobagem enquanto uma outra pessoa está dando um testemunho ou fazendo um pedido de oração.
- Aquele que, mesmo podendo, não procura ajudar um irmão a sair de alguma dificuldade ou sofrimento, e limita-se apenas a dizer: "vou orar por você" (cf. Tiago 2:15-16).
- O(a) cantor(a) que só se preocupa com seu momento de apresentar-se no "louvor", mas não está nem ai para o restante do culto, muitas vezes ficando de conversas tolas nos últimos bancos ou, pior, do lado de fora do templo.

(...)

O verso que citei no início deste texto pode ser considerado uma "profecia", pois foi escrito há quase 2000 anos, e vemos claramente seu cumprimento nos dias atuais.

Porém, assim como a carta à Igreja de Laodicéia, não podemos deixar que a profecia seja uma realidade em nossa vida.

Podemos... e devemos... fazer diferente.

Não deixe que o egoísmo o domine de tal forma que você fique "cego" ou "cega" aos sofrimentos e necessidades alheias. Se o mundo está assim... e continuará cada vez pior... não podemos caminhar da mesma maneira.


"Ninguém tem maior amor do que este: de dar alguém a própria vida em favor dos seus amigos".
João 15:13

Um comentário:

A.K.Renovatto disse...

Realmente o egoísmo é o "câncer" da humanidade. Pessoas egoístas raramente pensam nas pessoas, se concentram nos próprios desejos e ambições. Em nossa volta há muitas pessoas que sofrendo de várias maneiras e de problemas variados. E muitos não podem ajudar por serem egocêntricos. Artigo oportuno, e que serve para todo mundo refletir. Gostei da ilustração também, retrata perfeitamente como pensa e age um egoísta.

Cursos Básico, Médio e Avançado

Ebook 101 Razões