quarta-feira, julho 27, 2016

Você é maior que o seu pecado

"...mas, onde o pecado abundou, superabundou a graça" - Rom. 5:20


Ao caminhar para o trabalho hoje, me veio à lembrança alguns amigos que no passado estiveram ao meu lado em diversos momentos: festas, aniversários, casamentos, retiros, acampamentos, congressos, cultos... Hoje, alguns deles não têm mais contato comigo.


Lembrei também de amigos da época da adolescência (quando eu ainda não era convertido ao Evangelho, o que só aconteceu aos 19 anos de idade), que também estavam em cada momento festivo da minha vida. Sabe aqueles amigos que convivem com a gente, e pensamos que nunca iremos nos separar?! Pois é... uma dura realidade da vida adulta é ver que aqueles amigos tão presentes tomam rumos diferentes, caminhos diferentes, e acabam por sair quase que por completo de nossas vidas. Por isso ainda uso o Facebook, pois ali consigo reencontrar algumas dessas pessoas queridas.


Mas, acho que o que mais dói é ver que antigos "irmãos" de igreja se afastam da gente quando cometemos algum erro, algum pecado... Aqueles que são disciplinados, então, nem se fala! São abandonados no ostracismo, relegados ao esquecimento, e, anualmente, por desencargo de consciência (ou seria remorso?!), nos lembramos vagamente deles por ocasião do Programa do Reencontro... Hipocrisia? Talvez!

Hoje quero escrever especialmente para VOCÊ, que se sente esquecido por seus antigos "irmãos", e até aqueles que eram mais chegados, hoje também não ligam, não escrevem, não "whatszapeiam"... nada! Você parece que nem existe mais.

Saiba que PARA DEUS, VOCÊ É MAIOR, MUITO MAIOR QUE O SEU PECADO.

Para a Igreja, às vezes, seu pecado é maior que você, e mesmo tendo dedicado anos de sua vida à pregação do Evangelho, trabalho missionário, Desbravadores, Ancionato, música, Escola Sabatina, etc... Basta um pecado para que você seja disciplinado e jogado na vala do esquecimento. É claro que não sou contra a disciplina eclesiástica. O que abomino é a hipocrisia que, algumas vezes, é utilizada nestes momentos, e pessoas que poderiam ser facilmente resgatadas, são ignoradas e esquecidas por aqueles que um dia os chamaram de "irmãos".

Como eu disse, NÃO DESANIME... NÃO DESISTA DA FÉ.

Pois... PARA O SENHOR JESUS, VOCÊ É MAIOR, MUITO, MUITO, MUITO, MUITO MAIOR QUE O SEU PECADO.

Um dia, um homem que havia pecado muito em sua vida de legalismos e arrogância também descobriu esta verdade, e a escreveu aos seus irmãos de Roma...

"...mas, onde o pecado abundou, superabundou a graça" - Rom. 5:20

Creia, e levante a cabeça, pois Jesus te espera de braços abertos... sempre!


Veja também:
- Já fui longe demais?
- Retornar é muito difícil
- Deus me ama
- Você se sente perdoado por Deus?
- Uma palavra que não está na Bíblia




Um comentário:

A.K.Renovatto disse...

É uma verdade mesmo que na vida da gente passa várias pessoas, umas permanecem, outras não. Também é verdade que até mesmo alguns irmãos podem nos esquecer quando pecamos, mas também sei que há irmãos que dão apoio , não ao pecado cometido pelo pecador, mas apoio para a pessoa não desistir, continuar apesar de ser alvo de críticas, julgamentos etc. Também tive amigos que imaginava ser para a vida toda. Qual a minha surpresa em perceber que muitos deles tomaram rumos diferentes. Muitas vezes temos algo em comum com os amigos na adolescência, mas quando ficamos adultos, percebemos que as ideias e projetos de vida são diferentes. Isso acaba de certo modo impedindo que a amizade evolua. Em compensação, outras pessoas passam a ser amigos por terem vida parecida e mesma fé. Quanto a um irmão de igreja que pecou, recebeu disciplina, com certeza talvez possa passar na cabeça dele que ele está sendo "jogado de escanteio", mas quando bater essa sensação deve pensar que Jesus é Aquele amigo que não abandona nunca ( as pessoas é que O abandonam) e continuar a jornada cristã custe o que custar. Ótimo texto!

Cursos Básico, Médio e Avançado

Ebook 101 Razões