terça-feira, agosto 16, 2016

Como surgiram as raças

Se tem um assunto que, vez ou outra, está presentes nos noticiários é a questão do RACISMO.

Apesar disso, muitos cristãos não sabem responder perguntas relacionadas com o surgimento das raças no mundo, pois muitos desconhecem os primeiros capítulos da Bíblia, em sua profundidade.

De um estudo sistemático do Gênesis, podem surgir dúvidas, tais como:

- De onde vieram os diferentes tipos de povos?
- Como surgiram as diferentes raças, se todos foram "re-criados" a partir da família de Noé?
- Por que os africanos são negros e os escandinavos são loiros, se descendem da mesma linhagem "genética" - Noé?
- Por que os índios foram encontrados nas Américas? De onde eles vieram?


Como os Adventistas são Criacionistas, ou seja, crentes na revelação que a Bíblia dá em seus 11 primeiros capítulos sobre o "como" a Terra e sua população foram formadas, precisamos fundamentar bem nossa fé para podermos "responder a todo aquele que pedir razão de nossa esperança" (cf. 1Ped. 3:15).

Um dos estudos mais interessantes que já li sobre este tema foi escrito pelo prof. Dr. Wellington Silva, especialista em Genética e um apaixonado pelo tema do Criacionismo sob um ponto de vista científico. Tive a honra de ter sido seu aluno e amigo no nosso Seminário de Teologia do IAENE, onde ele realiza importantíssimo trabalho junto à comunidade local sobre um tipo de anemia bastante comum na região do Recôncavo Baiano (a anemia falciforme).

Se você deseja entender um pouco melhor o tema da origem das "raças" (na verdade, verá que elas não existem como a gente imagina), então clique aqui e conheça uma apresentação baseada no resumo do material do Prof. Dr. Wellington Silva.



Veja também:
- Filosofia das Origens
- Sociedade Criacionista Brasileira



2 comentários:

A.K.R disse...

Muito bom o resumo do artigo sobre a origem das raças. Infelizmente, uma vez tive que ouvir uma mulher dizer (por ignorância ou racismo) que a cor negra era "maldição", talvez resultado da má interpretação sobre a pele escura dos descendentes de Cão. A verdade é que ainda há muito racismo, pessoas que tratam pessoas de acordo com a aparência e cor de pele. Pode-se tirar a conclusão de quando para uma vaga de emprego, espera-se "boa aparência". Quase sempre "boa aparência" quer dizer: pele branca. Acho que está havendo mudança, mas ainda acho que racismo ainda é muito presente, às vezes de maneira sutil, mas está presente. E também li sobre a anemia falciforme, já havia lido sobre isso tempos atrás, mas é sempre bom estar informado sobre esses assuntos. Gosto de ler artigos, expande a visão sobre determinado assunto. Muito oportuno. Depois lerei os outros dois artigos sugeridos, quando estiver com mais tempo.

A.K.R disse...

Pr Medeiros, o artigo sobre a origem das raças, me fez lembrar de um episódio chato, onde uma mulher fez um comentário sobre "maldição" da pele negra, e foi bem ruim a situação por estar no momento ao lado de um conhecido negro, já imaginou a situação? Tive que ficar "remediando" a situação, dizendo que a mulher estava equivocada, não havia compreendido a situação exposta sobre maldição na Bíblia. Lembrei de um assunto polêmico também ao ler o artigo, que fala do pecado de Cam. Até hoje tenho dúvidas a esse respeito, porque alguns afirmam que o pecado de Cam foi de ter visto a nudez do pai e zombado (que era a lei da época, ser considerado impróprio um filho ver a nudez do pai). Hoje por exemplo, é natural muitos filhos cuidarem dos pais e por vezes ter que presenciarem sua nudez (há filhos que precisam dar banho nos pais por motivo de necessidade etc). Outros afirmam que o pecado de Cam foi de se aproveitar da embriaguez do pai e ter mantido relações homossexuais com ele, outros que ele deve ter mantido relações com a mulher do pai. Enfim, são muitas especulações (justamente pelo texto ser sucinto e não dar detalhes). Mas o fato dos irmãos de Cam terem coberto o pai com uma capa, andando de costas e desviando o rosto para não ver a nudez do pai, me leva a crer que o simples fato de ver a nudez do pai, era falta de respeito segundo as leis da época. Não sei se estou certo na minha conclusão, mas resolvi comentar, um dia espero compreender o assunto melhor. O artigo me lembrou do assunto, rsrs, desculpe a mudança de tema. Deus o abençoe.

Cursos Básico, Médio e Avançado

Ebook 101 Razões