quinta-feira, agosto 11, 2016

Deus "enxerga" diferente do homem

No último sábado, tive o privilégio de ouvir um grande amigo cantar e pregar na Igreja de Igapó (Natal/RN). O considero uma pessoa que já venceu muito em sua fé, e hoje possui uma rara compreensão da importância que o Evangelho tem na vida de uma pessoa. Ao lado de sua esposa e dois filhinhos, meu amigo Djanilson (Bombeiro Militar por profissão, mas cantor e missionário por vocação) é uma daquelas pessoas que podemos chamar de "amigo mais chegado que irmão".

O tema do sermão foi muito apropriado e útil: a vida de ENOQUE e de MOISÉS. 
Mas é sobre um verso da música que ele cantou que eu gostaria de refletir hoje com vocês. A canção é "O Pastorzinho de Jessé", do grande cantor Adventista baiano, Nadson Portugal.

O verso que ficou na minha mente foi:

"Se o homem vê só o pastor, Deus enxerga o rei"

Eu já ouvi esta música inúmeras vezes, mas confesso que desta vez a emoção foi maior.

Quantas vezes nos sentimos tão pequenos, miseráveis, derrotados!
Quantas vezes ouvimos palavras que nos fazem sentir a pior das criaturas!
Quantas vezes somos julgados e condenados por erros que cometemos, e temos que conviver para sempre com o peso de uma culpa arrasadora!

E o pior é que, infelizmente, as críticas e julgamentos às vezes vêm exatamente daqueles que mais falam sobre perdão, aceitação, misericórdia, graça: nossos "irmãos".

Davi foi o perfeito exemplo de pessoa que era julgado unicamente por sua aparência exterior, e até mesmo o profeta de Deus se viu contaminado com o vírus do preconceito. Quando foi enviado por Deus para escolher o sucessor do rei Saul, Samuel logo pensou que o mais velho e forte dos filhos de Jessé seria o escolhido (cf. 1Sam. 16)... mas... enganou-se. E continuou a se enganar toda vez que um outro filho lhe era apresentado.

Quem lembraria de Davi?

Era o menor
Era o mais jovem
Era o mais pacato
Era apenas um pastorzinho músico

Davi? Rei?
Nuuuuuunca

Quem perdoaria Maria Madalena?

Era uma prostituta
Era uma pecadora devassa
Era uma adúltera

Madalena? Salva?
Nuuuuuuuca

Quem é você?

É um pecador miserável
Tem um passado negro
Já errou inúmeras vezes no mesmo ponto
Não tem posses materiais

Você? Importante?
Nuuuuuuca

Mas.... aleluia... Porque se o homem vê só um pastor, Deus enxerga um rei.

As pessoas podem olhar para mim e para você e verem apenas lixo, pecado, erros... mas Deus olha para nós e enxerga filhos e filhas preciosos, resgatados pelo Sangue do Cordeiro que tirou o pecado do mundo.

Deus olha para mim e para você é enxerga sacerdotes reais, pessoas escolhidas, santas, resgatados das trevas para Sua maravilhosa luz (cf. 1Ped. 2:9-10).

As pessoas (os "irmãos") olham para mim e para você e podem ver apenas um passado negro, um pecado cometido há anos, mas que ainda insistem em estampar em nossa testa... Mas Deus olha para nós e enxerga o nosso futuro, reinando juntamente com Ele (cf. Apoc. 20:6).

Não se deixe abater pelo peso de uma culpa que Deus quer retirar de suas costas.
Não se permita abalar por comentários maldosos de pessoas que não compreendem a grandeza do Evangelho que restaura e liberta.
Não se influencie com as palavras negativas de pessoas que não sabem a luta que você enfrenta diariamente, e que nunca se preocuparam de verdade com você.

Na hora em que o desânimo chegar, e você se sentir um nada perto de pessoas tão "santas" e "consagradas" quanto estas que te criticam, lembre-se:

"O homem vê só um pastor, mas Deus enxerga um rei"...

E mesmo sabendo que Davi seria um adúltero, homicida e mentiroso, Deus não desistiu de escolhê-lo e torná-lo rei de Israel.

Pense nisso!



4 comentários:

A.K.Renovatto disse...

Pr Medeiros, foi com imenso prazer que li esse artigo e foi exatamente o que eu precisava ler! É triste perceber que há pessoas que são julgadas pelo que fizeram anos atrás. As pessoas não sabem quanta dor uma pessoa pode ter passado, pode não saber que alguém "paga o preço" até hoje pelos erros seus e dos outros, mas as pessoas só enxergam o pecador e muitos tratam tal pessoa como você mesmo disse: "um lixo" e vou ainda mais longe, muitos ainda tratam por exemplo, uma mulher que errou mas se arrependeu, como uma prostituta. Graças a Deus, Ele nos enxerga diferente do homem! Parabéns pelo tema, com certeza irá tocar pessoas que estão sofrendo há anos pelos erros do passado, e é como se tivessem mesmo um letreiro na testa, porque as pessoas muitas vezes não esquecem e não perdoam. Deus o abençoe, Pr Medeiros.

Gilson Medeiros disse...

Que bom que você gostou, meu amigo.
Eu também gosto muito de refletir sobre esta face do amor de Deus, pois quando olhamos para a maneira como nós, seres humanos, nos amamos, vemos o quanto o Senhor é infinito em Sua bondade e misericórdia.

Um abraço
Gilson.

Kleber Monazio disse...

Que bela postagem! Infelizmente em muitas das nossas igrejas existe esse problema da culpa, falta de(o) perdão etc... Enquanto que Jesus está de braços abertos a todos as pessoas arrependidas, muitos outros q não caíram naquele pecado ainda não apreenderam de Jesus e seu amor, e não sabem perdoar e extender os braços. E muitos que caíram tb não entendem q eles não precisam fazer nada pra ganhar o favor de Deus, apenas um coração contrito e arrependido! Infelizmente as belas histórias de graça contidas na Bíblia sagrada, só ficam no papel, dificilmente são postas em pratica....

A.K.Renovatto disse...

Realmente, Pr Medeiros, é como disse mesmo, Deus é infinito em bondade e misericórdia (ao contrário dos homens que não esquecem e julgam pessoas pelo passado). Ore por minha família. Deus o abençoe, esse artigo realmente foi de encontro com o que precisava no momento.

Cursos Básico, Médio e Avançado

Ebook 101 Razões