quinta-feira, outubro 18, 2012

Os cristãos devem se envolver em jogos de azar e loterias?

É curioso como algumas pessoas insistem em nos atacar, mesmo sabendo que possuem tantos (ou mais!) erros do que nós, Adventistas! Até enviar e-mail para meu local de trabalho, tentando denegrir minha imagem (graças a Deus que, aqui, todos podem testemunhar do meu procedimento cristão), já fizeram.

O que me causa estranheza é que algumas dessas pessoas que gostam de falar mal dos Adventistas, mantêm estilos de vida altamente duvidosos. Tem um desses "desocupados" que quando não está escrevendo asneiras nos comentários aqui do blog (se passando por outras pessoas, inventando pseudônimos, etc.), sempre se escondendo na covardia do anonimato, está criando meios esdrúxulos de ganhar dinheiro sem trabalhar, especialmente com loterias. Ele fica inventando fórmulas mirabolantes para se ganhar algum dinheiro com estas coisas, mas pelo jeito ainda não deu certo, pois não me parece que uma pessoa que já tenha ficado milionário apostando na Lotomania, se preocupe em escrever para um humilde blog como o meu... rsrsrs.

Mas, isso foi bom, pois me chamou a atenção para o tema dos JOGOS DE AZAR, e acredito que alguns possam ter dúvidas sobre o que os Adventistas pensam a respeito deste assunto.

Certa noite eu estava chegando em casa, e fui ver se já estava passando o telejornal. Ao mudar os canais, passei por um que estava apresentando um programa onde as pessoas poderiam ganhar até R$ 1.000.000,00 através da escolha de pastas que continham diversos valores.

Me chamou a atenção o fato de que a pessoa que estava participando se dizia "evangélica", e disse que estava com "muita fé" de que ganharia o prêmio máximo. Como o apresentador sempre fazia menção a esta "fé" da participante, eu resolvi esperar para ver o que aconteceria.

Ao longo do programa ela abriu várias pastas que continham valores variados. Ela acreditava que a pasta que estava em seu poder era realmente a que continha R$ 1.000.000,00. O seu noivo estava presente, assim como alguns familiares dela.

Em alguns momentos, o "banqueiro" oferecia algumas ofertas para fazer a jovem desistir de abrir a sua pasta. Esta oferta chegou até o valor aproximado de R$ 250.000,00. Ela rejeitou, apesar dos apelos do auditório e da família (inclusive do noivo) para que ela aceitasse a oferta, afinal "mais vale um pássaro na mão do que dois voando"...rsrs

Ao final do jogo veio a decepção geral. Ela havia escolhido uma pasta com apenas R$ 50,00, e foi com este prêmio que ela voltou para sua casa... com a fé em frangalhos!

A jovem noiva trocou a certeza de ter R$ 250.000,00 na mão, pela esperança (ou seria usura?!) de tentar ganhar 4 vezes mais.

E dai?!

Você pode estar se perguntando: "o que isso tem que ver com os temas que o Gilson coloca aqui no blog?".

A atitude daquela "irmã" me fez refletir sobre o quanto o dinheiro pode ser atrativo aos nossos olhos, nos fazendo ir em busca dele de forma "fácil". Talvez seja por isso que tanta gente faz sua "fezinha" semanal nas loterias, sem falar nas "pirâmides" de Marketing Multinível "duvidoso" que proliferam por ai, inclusive nos círculos Adventistas.

"Porque o amor do dinheiro é raiz de todos os males; e alguns, nessa cobiça, se desviaram da fé e a si mesmos se atormentaram com muitas dores" - 1Tim. 6:10.

A Bíblia é muito clara em dizer que é com o "suor do nosso rosto" que devemos conquistar o sustento diário. Esta ilusão de um enriquecimento fácil que as loterias e jogos de azar despertam no coração do ser humano (em especial do brasileiro, devido a toda esta conjuntura econômica e política em que vivemos), acabam seduzindo muitos corações, inclusive de alguns que se consideram seguidores de Jesus.

Aquela moça que citei acima, em sua fé (creio que sincera) acreditava que Deus a estava dirigindo para conquistar o tão sonhado MILHÃO DE REAIS, mas o resultado demonstrou que não... Deus não interfere neste tipo de situação.

Certa vez alguém me perguntou se nós poderíamos jogar na Mega Sena quando ela estivesse acumulada (em certos momentos o prêmio passou de R$ 50 milhões - cerca de US$ 26 milhões), pois, caso ganhasse, o dízimo seria muito "gordo" e poderia ajudar muito na Obra de Deus.

Não foi assim que o Senhor determinou o sustento de Sua obra na Terra. Deus tem outros meios de nos abençoar materialmente, sem que necessitemos recorrer a jogos de azar e loterias.

"O povo de Deus é chamado para uma obra que requer dinheiro e consagração" (Ellen White, Conselhos sobre Mordomia, pág. 35).

Eis o plano divino! Com a nossa consagração, certamente o dinheiro tão necessário para o avanço da pregação do Evangelho Eterno chegará à Casa do Tesouro.

Lembro-me que logo quando eu me tornei Adventista, um amigo me disse porque ele não cria que devêssemos jogar em loterias, mesmo com uma "boa intenção" (aplicar na pregação do Evangelho, por exemplo)...

"Não devemos jogar porque, além de todos os princípios bíblicos claramente contrários a esta prática, o dinheiro que nós ganharemos será aquele mesmo que muitos outros perderam".

Ou seja, para você ganhar R$ 50.000.000,00 na Mega Sena (ou Lotomania...rsrs) será necessário que milhões de outras pessoas tenham perdido suas apostas.

Desde aquela época, este argumento já foi suficiente para me deixar convicto sobre o tema.

6 comentários:

Anônimo disse...

O negócio é agente pegar aquele dinheiro que sobra e levar para as ofertas aos sábados ou acrescentar no dízimo... Deus está vendo e nos recompensará muito mais.
Manoel Santos
manoeljessica@yahoo.com.br

Anônimo disse...

Eu nunca joguei na loteria mas se derrepente eu tivesse tirado por exemplo um prêmio como o da mega da virada não iria usufruir desse dinheiro nenhum centavo de real... Doaria todo para a igreja. Nesse caso Gilson de eu jogar, sem a intenção de ganhar, e ganhasse, seria válida a minha atitude?
Manoel Santos
manoeljessica@yahoo.com.br

Gilson Medeiros disse...

Prezado Manoel, os Adventistas crêem que não devem jogar... nunca.

Não foi através do jogo em loterias que o Senhor idealizou a manutenção da Sua Obra de pregação do Evangelho.

"Do suor do teu rosto comerás o teu pão", é o que diz a Bíblia. E através dos dízimos e ofertas "desse suor" é que devemos manter a pregação do Evangelho Eterno.

Portanto, mesmo que a intenção seja "boa", Deus não aceita este tipo de oferta.

Um abraço.
Gilson.

Augustu's César disse...

MATEUS 7:7-11

Pedi, e dar-se-vos-á; buscai, e encontrareis; batei, e abrir-se-vos-á.

Porque, aquele que pede, recebe; e, o que busca, encontra; e, ao que bate, abrir-se-lhe-á.

E qual de entre vós é o homem que, pedindo-lhe pão o seu filho, lhe dará uma pedra?

E, pedindo-lhe peixe, lhe dará uma serpente?

Se vós, pois, sendo maus, sabeis dar boas coisas aos vossos filhos, quanto mais vosso Pai, que está nos céus, dará bens aos que lhe pedirem?

João 14:13-14

E tudo quanto pedirdes em meu nome, isso farei, a fim de que o Pai seja glorificado no Filho. Se me pedirdes alguma coisa em meu nome, eu o farei.

DEUS NOS DARÁ TUDO O QUE O PEDIRMOS(INCLUSIVE UM PRÊMIO DE LOTERIA), OU ELE ESTARIA MENTIDO? POE ACASO DEUS É HOMEM?
DEUS DISSE, TUDO...(NÃO DISSSE ,MENOS ISSO OU AQUILO)

O DESEJAR VEM DE DEUS E O OBTÊ-LO TAMBÉM!

Por isso vos digo que todas as coisas que pedirdes, orando, crede receber, e tê-las-eis.
Marcos 11:24

Leonardo Couceiro disse...

Olá Augustus !

Li o seu comentário, concordo e acredito que Deus sempre quer que sejamos vencedores e recebamos ricas e ricas bençãos, nao temos como discordar disso.

O que foi colocado no comentário do Pastor Gilson é se para receber algo alguém perdeu algo o que para uns poucos foi benção para muitos outros foi maldição. Se Deus desse a benção da loteria para todos então ficaríamos no zero a zero, o dinheiro simplesmente retornaria a quem jogou.

Na passagem que você citou "Qualquer coisa que me pedirdes em meu nome, vo-lo farei.João 14:14" possui um detalhe pequeno mas muito importante, Jesus não fala em tudo que pedir ele dará mas somente aquilo que pedir no nome dele, em meu nome, isto é, aquilo que for da vontade de Deus, aquilo que seja conforme o nome de Jesus que é simbolo de honestidade e proporciona os frutos do espirito dentre estes o amor ao próximo. Não vejo na forma de ganho das loterias e outros jogos o amor ao próximo pois para que poucos e muito poucos ganhem outros muitos perdem e muitas vezes perdem muito.

Augustus, vivemos em mundo capitalista bem diferente daquele que Deus criou, Deus permite que o mundo seja mundo mas não foi plano dele que as coisas fossem assim. A terra era um bem de todos e não havia a necessidade de querer mais do que Deus já tinha dado, tudo era bom e suficiente e as pessoas eram realmente felizes sem ter casas luxuosas, carros e muito dinheiro pois o dinheiro nem existia, os discípulos viveram sem isso e Jesus também. Tudo pertence a Deus, e ele quer sejamos prósperos mas seguindo sua palavra e trabalhando com dignidade ele nos abençoará e dará aquilo que vale mais do que qualquer dinheiro ou qualquer bem material que é Paz, felicidade, esperança, amigos verdadeiros, uma família unida e muito mais, pense um pouco sobre isso :) .

Um grande Abraço a você Augustus e a todos os visitanes do blog. Parabéns pelo blog Pastor Gilson que Deus continue iluminando você a escrever os seus ótimos artigos.
Fiquem com Deus, até logo

Leonardo Couceiro.

A.K.Renovatto disse...

No meu entender não concordo que um cristão deva se envolver em jogos de azar e loterias. Realmente, assim como citou o exemplo da jovem evangélica que saiu com apenas R$ 50,00, também já vi na TV pessoas que ao invés de se conformarem com a quantia já adquirida, queriam o valor máximo e continuaram jogando e na maioria das vezes se deram mal. Deus pode sim abençoar um cristão e fazê-lo prosperar através de seu próprio suor (trabalho). É até mais satisfatório quando prosperamos através de nosso próprio esforço, dedicação. Agradeço sempre a Deus por ter me dado saúde e disposição para me esforçar e conseguir as coisas pelo meu próprio trabalho. Deus o abençoe, ótimo artigo!

Cursos Básico, Médio e Avançado

Ebook 101 Razões