quinta-feira, julho 20, 2017

A IASD já respondeu estas dúvidas

Eu já mencionei aqui em outra ocasião que, na minha opinião, praticamente TODAS as grandes dúvidas que assolam a mente de muitos Adventistas já foram respondidas pela Igreja, como Instituição (veja aqui). Algumas outras, só o serão durante o milênio... assim creio.

Frequentemente recebo e-mails de irmãos que apresentam as mesmas dúvidas que já foram levantadas e devidamente solucionadas no passado. A razão destes temas ainda trazerem desconfortos e crises doutrinárias é o fato de que são poucos os que realmente se interessam em estudar o material que a Igreja Adventista prepara para defender sua fé.

Tenho certeza que na maioria das congregações ASD o número de assinaturas da Lição da Escola Sabatina, da Revista Adventista, da Revista do Ancião, etc., é bem menor que o número de famílias. Ou seja, há um grande número de irmãos que não está se alimentando devidamente da Palavra de Deus, e acabam sendo alvo fácil dos sites de dissidentes e críticos da IASD, que são extremamente hábeis em dar um ar de "lógica" aos seus blasfemos e tolos questionamentos.

Aqui no blog tenho procurado disponibilizar um vasto acervo de temas e materiais que solidificam e aprimoram a fé Adventista. Procuro abordar de uma forma que eu, como membro, gostaria que fosse abordado no púlpito.

Espero que você não guarde só para si, mas que também divulgue entre os membros de sua congregação local.

Há alguns anos, o SALT do IAENE produziu um excelente DVD sobre a Doutrina Adventista (seu pastor distrital deve ter uma cópia). Entre o cabedal de arquivos preciosos está um que hoje quero colocar para vocês. É um material preparado pelo Pr. Tércio Sarli sobre as principais perguntas que são feitas nos sites dissidentes, com suas respectivas e abalizadas respostas por parte da Organização. São respostas para dezenas de dúvidas, tanto doutrinárias quanto administrativas.

Veja a introdução do material:


"Alguns sites da Internet têm feito comentários negativos a respeito de pretensos problemas relacionados com a estrutura e a administração da Igreja. Para discutir esses assuntos de forma amigável e cristã, foi proposta, por alguns membros da Igreja de São Paulo, uma reunião especial. Para participarem desse encontro foram convidados os três responsáveis pelos sites que mais criticam a Obra Adventista, bem como outros membros de igrejas de São Paulo, e alguns representantes da Administração da Igreja. Os três proprietários dos sites acusatórios não compareceram, alegando os mais diversos motivos.
Os demais estiveram presentes, em número de nove.
A reunião foi coordenada pelo Dr. Marcos Vinícius de Campos, advogado, professor da Fundação Getúlio Vargas, de São Paulo, e membro da Igreja Adventista de Moema. Da parte da Administração da Igreja participou o Pr. Tércio Sarli, responsável também pela redação final das respostas às perguntas apresentadas.
Na certeza de que os dados aqui contidos poderão ser úteis aos sinceros pesquisadores da verdade, os estamos reunindo nestas páginas e colocando-os à dispos ição dos que o desejarem.
O espaço e o tempo não permitem respostas muito extensas; mesmo assim, não foi possível abreviá-las demasiadamente".


Me chamou a atenção a informação de que os tão vigorosos críticos "virtuais" não se dispuseram a comparecer para participarem do encontro. Por que será?

Veja algumas das perguntas que foram devidamente respondidas no encontro:

- Existe algum acordo de amizade entre as Igrejas Católica e Adventista?
- A Igreja Adventista participa de algum movimento ecumênico?
- É verdade que a Igreja Adventista retirou partes do "Grande Conflito" para não atacar a Igreja Católica?
- Que apoio a Igreja Adventista dá a movimentos de gays nos EUA?
- Por que lojas dos SELS nos EUA vendem batinas e crucifixos para pastores?
- Por que o livro de praxes dá auxílios de aluguel para pastores que possuem casa própria?
- É verdade que a Igreja possui empresas bilionárias de seguros, em oposição ao que diz Ellen White?
- É verdade que Ellen White deixou de confiar na Associação Geral já em sua época?
- Por que algumas esposas de pastores são também empregadas pela Instituição?
- O que houve de errado na saída do Pr. Folkenberg?
- O que representa, realmente, o logotipo da Igreja Adventista? Seria ele uma heresia disfarçada?

Entre outras...

Para baixar uma cópia do documento produzido pelo Pr. Tércio Sarli, clique aqui. Acredito que você também poderá conseguir o material completo junto ao seu pastor distrital.



Novamente eu reafirmo minha certeza de que a Obra de Deus tem conseguido vencer as armadilhas e batalhas que o inimigo coloca diariamente à nossa frente (cf. Apoc. 12:17). É uma pena que ela tenha que desviar a atenção da pregação do Evangelho, para responder a ataques tão absurdos e inverídicos quanto os que constantemente são semeados em nosso meio.

É claro que a Igreja tem problemas, como instituição social formada por pessoas falíveis! 

Entretanto, a solução não virá através da exposição pública de possíveis fragilidades pontuais, mas sim pela aceitação dos conselhos bíblicos e do Espírito de Profecia com relação à maneira como devemos nos tratar uns aos outros, e em especial àqueles que não pensam da mesma maneira que nós. 

Tolerância e respeito mútuo são a chave para mantermos a união e comunhão, tão essenciais à descida do Espírito Santo em Sua fase final da História.

::::::::

Aos que gostam de criticar, e SÃO PAIS/MÃES, vejam que séria advertência:


"O espírito da tagarelice e maledicência é um dos instrumentos especiais de Satanás, para semear a discórdia e a luta, para separar amigos e solapar a fé de muitos na veracidade de nossas crenças. Os irmãos e as irmãs estão demasiado prontos para falar das faltas e erros que julgam existir em outros, e especialmente nos que têm apresentado sem recuo as mensagens de repreensão e advertência que o Senhor lhes confiou.
Os filhos desses queixosos escutam de ouvidos abertos e recebem o veneno da desafeição. Os pais fecham assim, cegamente, os meios pelos quais poderia ser alcançado o coração dos filhos. Quantas famílias não temperam suas refeições diárias com dúvidas e críticas! Dissecam o caráter de seus amigos, e o servem como delicada sobremesa. Um precioso bocado de maledicência é passado ao redor da mesa, para ser comentado, não só por adultos, mas também por crianças. Nisso Deus é desonrado. Disse Jesus: "Quando o fizestes a um destes Meus pequeninos irmãos, a Mim o fizestes." Mat. 25:40. Portanto, Cristo é menosprezado e profanado pelos que difamam Seus servos.
Os nomes dos escolhidos servos de Deus têm sido usados com desrespeito, e em alguns casos com absoluto desdém, por certas pessoas cujo dever é apoiá-los. As crianças não têm deixado de ouvir as observações desrespeitosas dos pais com referência às solenes repreensões e advertências dos servos de Deus. Têm compreendido os escarnecedores gracejos e palavras depreciativas que de tempos a tempos lhes tem chegado aos ouvidos, e a tendência tem sido nivelar, em seu espírito, os interesses sagrados e eternos, com os negócios comuns do mundo. Que obra realizam esses pais, fazendo de seus filhos uns incrédulos, já na infância! Desta maneira é que as crianças são ensinadas a serem irreverentes e a se rebelarem contra as repreensões do pecado, enviadas pelo Céu" - 
Ellen White, Testemunhos Seletos, vol. 1, pág. 490-491.

Será este o motivo de tantos adolescentes abandonarem a Igreja???

Deus tenha misericórdia dos [pais] críticos!

veja também:
- E os críticos, por onde andam?
- Os vários movimentos dissidentes na IASD
- O movimento reformista de 1914
- Ser Dr em Teologia Adventista não é para qualquer um

 
 
 
 

5 comentários:

Rodrigo disse...

Achei interessante a formação dos símbolos de nossas amada Igreja. Interessante é notar que as três labaredas de cima se liga pelas de baixo e dão a volta ao mundo(as mensagens angélicas). Essa eu não sabia...

O pior de tudo, é que entrei num dos sites dissendentes, no qual dizia que a cruz era símbolo da Trindade... imagina o tanto de "abobrinhas" que disseram depois.

O incrível, é que milhares de pessoas caem no engano por coisas simples...


"A graça do Senhor Jesus Cristo, e o amor de Deus, e a comunhão do Espírito Santo estejam com todos vós".

janaina disse...

Olá!
O fato de muitas pessoas quererem saber mais sobre as doutrinas da Igreja não quer dizer que estão tentando desviar a atenção da pregação do Evangelho.
Eu mesma gostaria de saber várias coisas mas fico com medo de perguntar justamente por esse motivo. Medo de ser mal interpretada.
Infelizmente a igreja é muito falha.
Devemos nos ater somente em Jesus, nosso Salvador!!
Porque nossos erros só serão perdoados pela graça e misericórdia DEle!!

Prof. Gilson Medeiros disse...

Prezada Janaina, você está corretíssima em buscar respostas para suas dúvidas. Não há nada de mal nisso.

O que eu apresento no texto, é o fato de que muitos que colocam suas dúvidas na Internet, o fazem de má fé, pois estas mesmas dúvidas já foram amplamente discutidas e respondidas, basta ver a enorme quantidade de bom material produzido todo ano pela CPB, pela UNASPRESS, pela ADOS e por tantos outros sinceros estudiosos da Palavra de Deus.

Não é errado buscar respostas para nossas dúvidas. O errado é, na minha opinião, ouvir a resposta e fazer de conta que não ouviu.

Toni disse...

Infelizmente a internet tem se tornado um ambiente perigoso para algumas pessoas. É muita teoria de conspiração, muitos desigrejados acarretando vários seguidores para a sua seita, e para mim é triste ver que muitos dos nossos irmãos vem bebendo dessas fontes satânicas.
Infelizmente um rapaz que conheço, depois de fuçar esses sites, criou uma dúvida tremenda sobre a trindade, principalmente sobre a pessoa do Espirito Santo sobre o qual ele deixou de acreditar que o mesmo faça parte da trio celeste.
Lamentável!!

A.K.Renovatto disse...

Não sou adventista, mas gostei do texto. Infelizmente, muitos sites têm o intuito apenas de causar discórdias e dúvidas nos corações de membros de igrejas. Muitas inverdades são ditas por sites sobre várias denominações para "plantar" dúvidas, discussões e para esfriar a fé de muitos. Apesar de não ser adventista, gosto de muitas coisas de adventistas, por exemplo, admiro como dão importância à alimentação e como incentivam o estudo bíblico. Fico pensando o que ganha alguém ficar disseminando inverdades por aí sobre igrejas...Nem todos têm entendimento e acabam se deixando levar por qualquer informação. Faz tempo que parei de ler sites com debates teológicos, vi que o intuito principal era apenas levantar polêmicas. Deus o abençoe, Medeiros.

Cursos Básico, Médio e Avançado

Ebook 101 Razões