segunda-feira, junho 11, 2012

Apocalipse: Selo de Deus X Marca da Besta

Por que os Adventistas creem que o domingo será a "marca da besta" do Apocalipse?

Preparei um estudo esquemático sobre o tema, que você pode usar como sermão em sua igreja. Hoje vou postar a primeira parte.

Bom proveito!


I. A Marca da Besta – Apoc. 13:15-17

A. Identificando a Marca

1. A marca é colocada sobre a “fronte” ou sobre a “mão”. Sobre a fronte recebem aqueles que aceitam conscientemente tal marca, e sobre a mão receberão os que serão obrigados a aceitarem o dia de adoração estipulado pelo papado.

2. A Daniel já havia sido revelado que o poder usurpador alteraria a própria Lei de Deus, o que aconteceu sem sombras de dúvidas, especialmente na alteração do 2º e do 4º Mandamentos (cf. Dn 7:25)

O erudito católico romano, John A. O’Brien, em seu livro "The Faith of Millions" (Edição Revista, Huntington: Our Sunday Visitor, 1974, pág. 400-401), declara o seguinte: “Visto que o sábado, e não o domingo, é especificado na Bíblia, não é curioso que os não-católicos, que alegam extrair sua religião diretamente da Bíblia, e não da Igreja, observem o domingo em lugar do sábado? O costume de guardar o domingo se baseia na autoridade da Igreja Católica, e não num texto explícito da Bíblia” – Lição da Escola Sabatina, Out-Dez/1994, p. 97.

Que declaração impressionante! Como os ditos "evangélicos" respondem a tal afirmação? Com o silêncio...

3. Como sempre, o diabo deseja se opor a Deus e a tudo que diga respeito a Ele. É por isso que, desde o início, o diabo sempre procurou adulterar a doutrina divina e fazer com que as pessoas aceitem outra doutrina em seu lugar. Por exemplo, o espiritismo - Deus disse: "morre!"... o diabo, arrogantemente, disse: "não morre!" (cf. Gên. 3)... e a mentira perdura até hoje nas novelas, filmes, livros... e nas igrejas.

4. Com o sábado foi a mesma coisa. Deus disse: "Lembra-te do sábado para o santificar"... então veio o diabo e disse: "o sábado passou, agora devemos guardar o domingo"... e a mentira perdura até hoje.

B. Ferramenta de Opressão e Dominação Religiosa

1. Apenas aqueles que possuírem a marca da besta (aceitarem trocar o dia do Senhor pelo dia do papado) é que poderão continuar realizando as transações comerciais e financeiras para a manutenção da vida diária.

2. Alguns acreditam que tal "controle" se dará por meio de um chip implantado sob a pele. Pode ser que sim, mas isso não é o mais importante.
II. O Selo de Deus – Apoc. 9:4; 7:3

A. As Duas Partes do Selo de Deus

1. O Espírito Santo sela os conversos por ocasião do novo nascimento (cf. Efés. 1:12-14; 4:30).

2. O outro "momento" do selo é o evento do tempo do fim (Apoc. 7:3)

B. Quem Receberá o Selo de Deus?

1. Os fieis
O nome de Cristo e o do Pai, colocados em Suas frontes, simbolizam que, pelo Espírito Santo, eles são participantes do caráter de Deus. Desfrutam a experiência do novo concerto, tendo assim a Lei de Deus inscrita no coração (cf. Heb. 8:10-12).

2. Os que rejeitarem a marca da besta
Aqueles que se mantiverem leais ao Senhor, mesmo sofrendo penalidades e privações terrenas, e não aceitarem a marca da besta em suas vidas (santificando o dia do papado – o domingo), serão contados entre os escolhidos do Senhor.

C. O que Realmente é o Selo de Deus?

1. O Senhor escolheu a observância de Seu sábado como o selo ou sinal característico de uma leal e viva ligação com Ele (cf. Ezeq. 20:12 e 20).

2. O sábado de Deus é um selo ou sinal do poder e autoridade que Lhe pertencem em virtude da Sua função como Criador, Mantenedor e Redentor (cf. Gên. 2:1-3).

3. Ao observarmos o sábado, demonstramos os efeitos do poder e autoridade de Deus em nossa vida (cf. Êxo. 20:8-11). Ou seja, não guardamos o sábado PARA NOS SALVAR, mas o fazemos porque JÁ ESTAMOS SALVOS PELA FÉ, e agora queremos demonstrar nosso amor através da obediência humilde e sincera (cf. João 14:15).

III. Quando Ocorrerá a Separação Definitiva?

A. Antes das pragas

1. Os fiéis são selados antes que venham os ventos da contenda, que serão soltos perto do fim da história terrestre (Apoc. 7:1-3).

2. Apenas sobre os ímpios, que receberem a marca da besta, é que cairão as pragas dos últimos dias (cf. Apoc. 16:1-2).

B. Após a saída do decreto de morte

1. A profecia mostra que os Estados Unidos se tornarão o principal defensor do poder e das orientações papais. Os EUA, então, serão os protagonistas de uma legislação mundial que perseguirá, prenderá e tentará matar os que se oporão à marca da besta.

Leis impondo a observância do domingo como o sábado ocasionarão uma apostasia nacional dos princípios do republicanismo em que se baseia o governo. A religião do papado será aceita pelos governantes, e será invalidade a lei de Deus” – Ellen White, Eventos Finais, p. 116.

Quando a observância do domingo for imposta por lei, e o mundo for esclarecido relativamente à obrigação do verdadeiro sábado, quem então transgredir o mandamento de Deus para obedecer a um preceito que não tem maior autoridade que a de Roma, honrará desta maneira ao papado mais do que a Deus... E somente depois que esta situação esteja assim plenamente exposta perante o povo... é que, então, aqueles que continuam a transgredir hão de receber o sinal da besta” – Ellen White, O Grande Conflito, p. 450.

CONCLUSÃO
Estamos diante de eventos nunca antes presenciados na História humana. Deus e o diabo entrarão em sua última batalha, e o sábado será o ponto de definição. Mas sabemos de que lado estará a vitória...

Por isso, temos que buscar hoje, enquanto há liberdade, uma consagração tal que resista a estes tempos de provação e perseguição. Deus está ao nosso lado!


De que lado você deseja ficar – do lado do Senhor ou do lado do diabo?

Sua escolha selará seu destino eterno...

Fonte:
Lição Escola Sabatina, Outubro-Dezembro, 1994.


Veja também:
 

24 comentários:

Anônimo disse...

Se a separação definitiva ocorre antes das pragas, não pode ser após a saída do decreto de morte. Aí há um erro, pois esse decreto de morte só sairá quando as pragas já estiverem caindo. Não devemos confundir decreto dominical com decreto de morte. Chico Bíblia.

Prof. Gilson Medeiros disse...

Caro senhor "Chico Biblia", o seu pensamento está equivocado, segundo o que recebemos de orientação no Espírito de Profecia sobre este assunto.
O Decreto não será "antes" das pragas, pois, segundo a Bíblia, estas só cairão sobre os que receberem a marca da besta, e tal marca só se aplicará sobre os que rejeitarem DEFINITIVAMENTE a mensagem dos 3 anjos - o que se dará com a saída do decreto de morte.
Sugiro que o senhor estude o livro "O Grande Conflito", para conhecer melhor o assunto.
Um abraço.

Prof. Gilson Medeiros disse...

Apenas para ajudar no entendimento:

"Quando Cristo cessar de interceder no santuário, será derramada a ira que, sem mistura, se ameaçara fazer cair sobre os que adoram a besta e sua imagem, e recebem o seu sinal. (Apoc. 14:9 e 10.) As pragas que sobrevieram ao Egito quando Deus estava prestes a libertar Israel, eram de caráter semelhante aos juízos mais terríveis e extensos que devem cair sobre o mundo precisamente antes do libertamento final do povo de Deus. Diz o autor do Apocalipse, descrevendo esses tremendos flagelos: "Fez-se uma chaga má e maligna nos homens que tinham o sinal da besta e que adoravam a sua imagem." O mar "se tornou em sangue como de um morto, e morreu no mar toda a alma vivente". E os rios e fontes das águas "se tornaram em sangue". Terríveis como são estes castigos, a justiça de Deus é plenamente reivindicada. Declara o anjo de Deus: "Justo és Tu, ó Senhor, ... porque julgaste estas coisas. Visto como derramaram o sangue dos santos e dos profetas, também Tu lhes deste o sangue a beber; porque disto são merecedores." Apoc. 16:2-6. Condenando o povo de Deus à morte, são tão culpados do crime do derramamento de seu sangue como se este tivesse sido derramado por suas próprias mãos. De modo semelhante declarou Cristo serem os judeus de Seu tempo culpados de todo o sangue dos homens santos que havia sido derramado desde os dias de Abel; pois possuíam o mesmo espírito, e estavam procurando fazer a mesma obra daqueles assassinos dos profetas.
Na praga que se segue, é dado poder ao Sol para que "abrasasse os homens com fogo. E os homens foram abrasados com grandes calores". Versos 8 e 9" (Grande Conflito, pág. 627-8).

Portanto:
1. As pragas só cairão após o selamento.
2. O decreto de morte sairá "antes" das pragas.

Anônimo disse...

Ok! meu irmão, se dizes que a marca da besta é o domingo e então o selo de Deus é o sábado. Mas, vejamos uma coisa na Biblia: o cumprimento ou a obediência ao dia do sábado esta contida nos 10 mandamentos, que, quando Cristo lhe foi perguntado se qual seria o maior dos mandamentos, Ele não disse que seria o x ou y mandamento, senão resumiu toda lei em dois grandes mandamentos a saber (Mat. 22: 37-40) - 37 Respondeu-lhe Jesus: Amarás ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento.
38 Este é o grande e primeiro mandamento.
39 E o segundo, semelhante a este, é: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo.
40 Destes dois mandamentos dependem toda a lei e os profetas.
Sendo assim, como pode ser o sabado o selo de Deus para marcar os salvos e o domingo a marca da besta, se Cristo é o fim da lei? por outro, quantos têm a lei e lhes falata o amopr ao próximo que sábado lhes salvará.
E também sou apologista de que são adventistas todos aqueles que esperam pelo advento de Cristo e não é o pertencer a igreja adventista do 7º dia...
Obrigado

Gilson Medeiros disse...

Caro Anônimo, obrigado pelo comentário.
Respeito seu pensamento, mas discordo totalmente dele, por algumas razões bem simples:

1. Se Jesus "resumiu" a Lei dos 10 mandamentos, abolindo-os e colocando os outros 2 do amor em seu lugar, então você deveria usar o mesmo raciocínio para o adultério, furto, cobiça, idolatria, blasfêmia, etc... Isso é um absurdo! Por que só vale para o sábado??? (ver Apoc. 12:17; 14:12).

2. Nenhum Adventista do 7º Dia se "salvará" por causa do sábado. Essa é mais uma daquelas tolices que outras denominações gostam de dizer, mas que não têm qualquer base na literatura oficial da IASD.

3. O termo "adventista" realmente se refere àqueles que aguardam o advento, a parousia, o retorno de Jesus. Mas apenas os Adventistas do 7º Dia, atualmente, têm pregado isso com tanto ardor, determinação e universalidade. Pelo menos, na minha modesta opinião, não tenho visto este tema ser assunto das pregações dos consagrados pastores e líderes que utilizam a TV para disseminar suas doutrinas. O que percebemos, salvo engano, é uma preocupação bem maior em arrecadar dinheiro para as obras missionárias de tais denominações. O curioso, a propósito, é que fazem isso se utilizando de textos apenas do AT, mas quando este mesmo AT fala sobre os mandamentos, tais pastores silenciam... por que será???

Um abraço.
Gilson.
Guardador do sábado e salvo em Cristo Jesus.

passos2 disse...

Romanos 10
4 Porque o fim da lei é Cristo, para justiça de todo aquele que crê.

As pessoas gostam de usar esse texto e dizer que a lei/mandamentos acabou com Cristo, mas FIM também significa:

"objetivo para o qual se tende; intenção: alcançar seus fins, finalidade. A fim de, com a intenção de, para."

OU seja, a finalidade/ojetivo da Lei é levar até a Cristo. Ela mostra o pecado e a consciência precisa do perdão de Jesus.
Sem a Lei dos dez mandamentos não temos como ver os pecados e chegar a Cristo.

SE a Lei foi abolida, como veremos nosso estado e chegaremos diariamente a Cristo?


Romanos 3
31 anulamos, pois, a lei pela fé/graça/Jesus/perdão/cruz? Não, de maneira nenhuma! Antes, confirmamos a lei.

Luis Chacon disse...

Gilson, muito bom. Eu não sei..., não sei se é canseira de pensar, de ler, de organizar um estudo, de ver pela lógica mais banal, definitivamente não sei. Você explica, demonstra, ensina, prova..., e o sujeito diz que não vale, que "não vamos ser salvos pelo sábado" que isso, que aquilo, mas não define o assunto, rodeia, às vezes pega um texto isolado para tentar provar, deturpa, em fim, faz uma salada. Já ouvi gente dizer, alias ouvi o próprio pastor Silas Malafaia dizer que não tem que guardar dia nenhum, nem sábado nem domingo. É tão dificil assim ler tentando entender? Não é. Toda vez que tento expor alguma coisa de sábado fecham as áreas de comentários e os outros ficam com a última resposta como se estivessem competindo, eu não quero nada disso, quero dar a oportunidad de quem não conhece, conhecer e se decidir, se nem Deus obriga ninguém quem sou para obrigar alguém a aceitar alguma coisa? Agora, vamos ser mais..., como posso dizer sem que ofenda? humm..., sinceros consigo mesmo, vamos ler e entender, analisar o contexto. Eu estava começando a fazer um estudo sobre o que chamam de legalismo, e peguei o verso de Mateus 12: 5-12. Veja, para os que ainda acham que não deve guardar nada, os Evangélios foram escritos muito anos depois da morte de Cristo, por que os escritores se dariam ao trabalho de falar sobre o sábado, que Jesus curou no sábado, que Ele é Senhor do Sábado, se tudo isso morreu com Ele na cruz? Se a lei moral era banal, porque estava na arca, e não em livros como as leis cerimoniais? O que vejo é que muitos querem fugir da responsabilidade, mas não adianta. Hoje em dia se você mata alguém, você não pode alegar perante o juiz que não conhecia a lei, acredito que o mesmo deve suceder com a lei moral. Abraço e parabéns pelos 600K acessos.

Anônimo disse...

Concordo contigo Luis Chacon, muitos querem mesmo é fugir da responsabilidade de guardar a lei. A lei de Deus é santa como Ele próprio é santo, perfeita como Ele é perfeito, senão fosse assim nem os anjos nem Jesus o teriam guardado.
um grande abraço!
Parabéns aos 600 mil Gilson !! continue com este maravilhoso evangélio !!!

Maria Gonçalves disse...

Penso que Deus tem muitas pessoas para atender nas suas dificuldades para estar preocupado com o selo e com a marca.Parece que o tema é um tanto arcaico, assim dos filmes que retratam a época das cruzadas...Que Deus estranho este que você tem na sua mente...nem Jesus tinha essa concepção de Deus.Ellen White dedicava-se a combater o catolicismo para conseguir adeptos para a igreja que, com muito orgulho, ajudou a fundar. Uma pessoa tão nova como o senhor com um pensamento tão recuado. Ultrapasse essas ideias que tiveram origem há dois séculos e que se verificaram não terem razão de existir numa época em que o catolicismo não persegue ninguém.

Anônimo disse...

dois versículos para Vossa meditação.

II Tessalonicenses, 2
1. No que diz respeito à vinda de nosso Senhor Jesus Cristo e nossa reunião com ele, rogamo-vos, irmãos,
2. não vos deixeis facilmente perturbar o espírito e alarmar-vos, nem por alguma pretensa revelação nem por palavra ou carta tidas como procedentes de nós e que vos afirmassem estar iminente o dia do Senhor.

Anônimo disse...

olá Boa noite!!
Não creio que o Domingo seja a marca da besta. afinal , os dias da semana foram criados por Deus. e o que é de Deus o inimigo não toca.
Falando serio amados adventistas , cada um diz uma coisa , alguns dizem que a marca é uma Doutrina pagã , onde muitos evangélicos abraçaram.
os Unicistas , lutam contra a doutrina da trindade e afirmam que é um mal que vem se alastrando e levando muitos a perdição.
vcs , afirmam que é o domingo.... vai se saber , prefiro vigiar e ficar com a palavra.
onde diz , que a marca sera algo implantado na mão ou na testa.
a paz de Jesus !!
REGIANE****


Gilson Medeiros disse...

Cara Regiane, estude melhor o tema, e não se deixe levar por "achismos".

Um abraço.
Gilson.

osvaldo disse...

ola: Paulo da um exemplo das diferenças entre as duas lei o velho pacto e o novo pacto, falando sobre os gentios que viviam sem lei, por si obedeciam as leis, ora isto é o mesmo que nós, as leis dos gentios eram suas próprias conciencias, não o que estava escrito, isto é a direção do Espirito, se de fato somos guiados por alguem, então não podemos ser regido pela letra, se realmente creres que somos instruidos pelo Espirito Santo, Ele é quem dita o que devemos e o que não devemos fazer, do contrario somos guiados pelo que lemos.
Sera que preciso ter conhecimento do antigo testamento para ter salvação, de forma alguma, basta conhecer o Messias, dai por diante Ele é que vai me dirigir, porque não ha como eu aceitar o mestre se primeiro Ele não me chamar, e apartir do seu chamado nunca mais serei de outro, porque não foi eu quem o escolhi, e sim o Senhor dos Exercito e acabou, só isto me basta para descansar. quem podera dizer que não tenho fé, eu sei que sou pecador, mas isto não me pertuba, pois sei que o Messias morreu, justamente pela minha fraqueza, confessando sempre minhas faltas, isto regido pelo Espirito do Pai, que me convence que isto e certo ou errado.
Ora é isto que acontecia com os gentios, que sem lei obedecia as leis, muito mais do que os Judeus, que pensando em amar mais a Deus do que tudo tropessavam no no mais valioso que é amar o próximo como a ti mesmo, matavam e destruiam, basta assistir Davi que barbaridade, o que Davi fazia. quem é que assistindo Davi, tira alguma proveito destes exemplos, matar, matar e matar era só isto em Nome de Deus. Quando para nós hoje é Amar, Amar e Amar. quem podera dizer que isto não é outro mandamento. Se Ele fazendo isto era tido como o escolhido de Deus.imagine nós amando nosso próximos como a nos mesmo não seremos igual ou mais que Davi.

Anônimo disse...

Sem querer ofender ninguem, tem muitas pessôas que acham que sabem tudo sobre muitas coisas, noentanto ao inves de perguntar para Deus como serà isto e pedir para deus mostrar em uma visão como serà. Ficam achando isto achando aquilo e ficam guereando e criticando pregação e religião. ja està acontecendo aquela passagem que dis. se levantarà filho contra pai irmão contra irmão, vejam em mateus 24 v 7 e Daniel 12, muitos correrão de um lado para putro e siencia se multiplicará e por se multiplicar o pecado ea iniquidade o amor de muitos se esfriaria. muitos estão vivendo o tempo da lei e estão preocupados de mais com os 10 mandamentos, ja se esqueceram que jesus simplificou para nois resumindo em dois para que cumprindo estes dois mandamentos sejamos savos pela graça de Jesus cristo, pois que não vivemos pela lei mais pela graça de Jesus. Vivemos sobre uma nova e eterna aliança de Jesus Cristo pois pela graça da obediencia seremos salvos, temos que orar , ter contato com Deus não cometer pecados , viver em santidade ganhando almas para Deus au inves de brincar de cristão. A biblia sagrada foi feita para ser prega e não discutida, mais vale obedecer a deus no pouco que sabemos doque sabermos muito e não obedecer. Que o senhor jesus abençoe cada leitor deste comentario e que seja em dobro para eles tudo o que pensarem ou falarem de mim que assim seja em nome de Jesus amem.

S. V. Reis disse...

Uma coisa que todos devem saber é que ninguém vai ficar neutro nessa questão. Os não-religiosos não terão nenhum problema em apoiar o anti-cristo só para liberá-los de suas atividades sociais. O boicote de alcance mundial vai exigir posicionamento de todos.

Graziela Almeida disse...

Ola, nao acredito que o domingo sera a marca pois esta vai ser algo literal no corpo das pessoas e nao a observancia de um dia, dia este que alias estao todos trabalhando nele, ate bancos e escritorios que antes eram fechados estao comecando a funcionar aos domingos.

Graziela Almeida disse...

O selo de Deus e o Espirito Santo, daqueles que estao nEle sao guiados a observancia dos outros mandamentos incluindo o sabado. Quanto a pregacao de que Jesus vai voltar realmente esta ocorrendo mas na IASD, quase nao vejo outras falar sobre este Evento, o que e uma Pena a Igreja esta se com formando com este mundo, que a unica coisa que temos que procurar e ter uma vida boa aqui, e esquecem que o extraordinarily um dia vai acontece.

claudia scatola disse...

O único problema dessa crença e que o calendário mudou muitas vezes. Os sabatistas do Brasil guarda o sabado diferente dos que moram no Japão. Pura religiosidade. Jesus disse que os sacerdotes judeos violavam o sábado e ficavam sem culpa, porque forçar essa observância aos gentios? Notem que quando a verdadeira igreja de Cristo nasceu la no pentencostes os verdadeiros cristãos foram selados com o batismo com o Espirito santo. A lingua estranha foi a evidência. Por que será que sabatistas não crer nisto? Seria porque seguem as falsas doutrinas dos pioneiros de 1863?

Gilson Medeiros disse...

Prezada Claudia, sugiro que leia um pouco mais sobre a doutrina Adventista, pois você se equivoca em alguns pontos de seu comentário.

Quanto à mudança no calendário e a guarda do sábado nos diferentes fusos horários, sugiro que leia:
http://prgilsonmedeiros.blogspot.com.br/2008/12/perguntas-e-respostas-sobre-o-sbado.html

Quanto ao Mandamento do Sábado do Sétimo Dia, sugiro que leia:
http://prgilsonmedeiros.blogspot.com.br/2007/12/o-sbado-no-novo-testamento.html

Quanto à História da IASD, sugiro que leia:
http://prgilsonmedeiros.blogspot.com.br/2008/12/cincia-comprova-miller-estava-certo.html

Ah, muito antes de 1863 já existia o Movimento Adventista... não acredite em tudo que te falam... Busque a verdade por si mesma.

Um abraço
Gilson.

Willywell disse...

Segundo a Bíblia, em Apocalipse 7.3 e 14.1, o selo de Deus não é o sábado, mas o nome de Deus e do Cordeiro. Graça e paz.

Gilson Medeiros disse...

Caro Willywell,

Você pegou dois momentos diferentes (um antes da vinda de Jesus, e outro após Sua vinda), e por isso se equivoca em sua interpretação.

Um abraço
Gilson.

Willywell disse...

Como assim, caro Gilson, poderia me explicar melhor?
Abraço.

Gilson Medeiros disse...

Caro Willywell, como você pode verificar aqui no blog em diversas postagens, o sábado do sétimo dia NÃO é um MEIO de salvação, mas uma prova de que a pessoa JÁ SALVA coloca Deus acima de tudo em sua vida (um princípio da Lei - cf. Êxo. 20:3-17).

Antes da volta de Jesus, por ocasião do derramamentos das pragas do Apocalipse e o do fechamento da "porta da graça", a guarda do dia que Deus escolheu (não o homem) será uma prova cabal, tanto para o Senhor quanto para o Universo, de que a pessoa fez a escolha em ficar ao lado de Jesus, custe o que custar. O Apocalipse é claro em demonstrar como será difícil a vida daqueles que preferirem ficar do lado da Verdade, por mais custoso que isso seja (e olha que hoje já é muito difícil guardar o sábado, imagine no futuro próximo!).

Após a volta de Jesus e o fim do pecado, ai já não haverá mais necessidade de "provar" nada, pois os salvos já o terão feito no momento citado no parágrafo anterior. Por esta razão, o "selo" em sua testa não será mais um selo de mera "obediência" (cf. Ezeq. 20:20), mas sim uma lembrança de sua eterna salvação, alcançada por Cristo na Cruz do Calvário, não por todos que usam Seu nome, mas apenas por aqueles que O aceitam de todo o coração (cf. Mat. 7:20-23).

Para um estudo mais aprofundado do maravilhoso livro do Apocalipse, sugiro que procure o seguinte endereço:
http://redeadventista.com/biblia-facil-apocalipse/

Um abraço
Gilson.

Unknown disse...

Queridos amigos e irmãos, tenho visto aqui como o inimigo de Deus tem tido sucesso na vida daqueles que Jesus deu a própria vida para os libertar do engano. O meu povo sofre por falta de entendimento disse k Senhor. Há muitas indagações e achismo se tão somente cada um pegasse a escritura e em oração buscassem a resposta, a alcançariam. Com respeito ao sábado, é bíblico e eu não posso deixar de acreditar, ao contrário tenho que investigar, VJ alguém ai dizer que Jesus resumiu o mandamento em dois, e realmente resumiu. O primeiro; (amar a Deus sobre todas as coisas) se você guarda os 4 primeiros estará guardando este mandamento. O segundo; ( amar ao próximo como a ti mesmo) se fizer isto estará guardando os outras 6. Observem! E quando Jesus respondeu ao jovem rico quando ele lhe perguntou k que era preciso para ser salvo? A resposta de Jesus foi que ele guardasse os mandamentos, e o próprio Jesus aos sábados estava na sinagoga (igreja) os apóstolos depois de Jesus continuou guardando o sábado, me respondam então porque? Resposta dentro das escrituras, o que passar disso vem do diabo.

Cursos Básico, Médio e Avançado

Ebook 101 Razões