terça-feira, maio 13, 2014

Arrebatamento Secreto?!

Há alguns meses eu abordei aqui o tema do ARREBATAMENTO SECRETO, mostrando a relação entre ele e a maneira como os Estados Unidos defendem Israel (clique aqui). 

Recentemente, uma amiga também me pediu para opinar sobre o assunto em seu perfil no Facebook.

É interessante notar este tema também tem chamado a atenção do mundo secular, e foi comentado em um dos maiores portais (seculares) de notícias do Brasil, o G1. O título foi "Crença no Arrebatamento é Colagem de Textos Bíblicos, dizem Especialistas".

Em determinado momento do artigo, há a seguinte declaração:

"Em essência, a crença no Arrebatamento é uma colagem de trechos do Novo e do Antigo Testamento, cada um deles com perspectivas diferentes sobre o futuro da humanidade e o retorno glorioso de Jesus Cristo à Terra. É uma tentativa de criar um mapa dos eventos futuros com base, por exemplo, no Apocalipse, no capítulo 13 do Evangelho de Marcos e na Primeira Carta de Paulo aos Tessalonicenses".

A última frase é de um professor de teologia da Universidade Metodista de São Paulo, o prof. Augusto Nogueira.

Em outro momento, o autor do artigo diz o seguinte:

"Ambos os pressupostos provavelmente estão errados. "É importante a gente reconhecer que há vários tipos diferentes de expectativa apocalíptica entre os autores do Novo Testamento", diz [Augusto] Nogueira, que é autor do livro "O que é Apocalipse" (Editora Brasiliense). "O único a realmente falar numa espécie de arrebatamento é Paulo, na Primeira Carta aos Tessalonicenses", afirma. Nas cartas realmente escritas pelo apóstolo Paulo (várias das que estão no Novo Testamento parecem não ser de autoria dele), o líder cristão não fala da Tribulação ou da batalha em Megiddo, mas parece ver o retorno de Cristo de forma simultânea com a ressurreição dos mortos e o arrebatamento dos fiéis ainda vivos".

Com exceção de interpretações referentes ao número da Besta, sua personificação, e alguns outros detalhes escatológicos, bem que poderia ter sido um artigo preparado por um Adventista. Isso mostra que nossa teologia não é baseada em sectarismos (por isso nos chamam de "seita"), ou "devaneios de Ellen White", como alguns sites costumam dizer.

Nossa fé é algo sólido, defendida até por pessoas que costumam nos criticar. Não precisamos ter medo de defendê-la, pois sua sustentação é amparada na Bíblia Sagrada. O que precisamos é nos manter alertas, e sempre vigilantes, como nos aconselhou o Senhor Jesus.

Estude sua Lição da Escola Sabatina, frequente aos cultos regularmente (não só os do sábado), participe de um Pequeno Grupo, dê Estudos Bíblicos... em resumo... seja um crente atuante, e você verá que nada nem ninguém conseguirá abalar a sua fé.

Em breve veremos também debates nos noticiários sobre o Sábado, e neste momento, provavelmente, os Adventistas é que estarão na "berlinda".

A luta que está à nossa frente é grande... MAS A VITÓRIA É CERTA!

"julgai todas as coisas, retende o que é bom" (1Tessal. 5:21).

Veja também:

2 comentários:

Taís Santos disse...

Oi profº! Gosto muito do que leio aqui e sempre cresço bastante com os seus materiais. Sobre esse assunto de arrebatamento secreto, li uma observação em um site adventista que dizia assim:

"Um pouco antes da volta de Jesus, ocorre uma ressurreição parcial, menor, segundo Daniel 12:2. Nesta ressurreição parcial, ressuscitarão para contemplar o Senhor os que recusaram, traspassaram, crucificaram, zombaram e escarneceram da agonia de Cristo (Apocalipse 1:7). Estas pessoas morrerão três vezes. Primeira: A morte natural. Segunda: Após esta ressurreição especial, depois que tiverem contemplado o Senhor Jesus, voltarão a morrer. Terceira: Após o milênio ressuscitam para serem exterminados com todos os rebeldes."

Nunca tinha ouvido falar (abertamente) sobre a ressurreição dos que trapassaram Jesus e que depois eles tornariam a morrer tendo prtanto, 3 mortes. Queria que me ajudasse.
Abraços,
Maranata!

Prof. Gilson Medeiros disse...

Olá, Taís.
Fico feliz em saber que meus textos têm ajudado vc em sua caminhada cristã.

Com relação à sua pergunta, esta citação é do Espírito de Profecia, ou seja, Deus revelou a Ellen White que os que traspassaram a Jesus serão ressuscitados por um pequeno espaço de tempo para contemplarem Aquele a quem mataram (cf. Apoc. 1:7).

Não temos mais detalhes sobre este evento, por isso não podemos esclarecer exatamente como será.

Em breve teremos a oportunidade de esclarecer esta e outras dúvidas, pois o Dia da volta de Jesus está se aproximando rapidamente.

Um abraço.

Cursos Básico, Médio e Avançado

Ebook 101 Razões