segunda-feira, agosto 06, 2012

Os Adventistas erraram quando marcaram datas para a volta de Jesus! Será?"

"Já me disseram que tanto Ellen White como muitos outros pioneiros Adventistas marcaram várias datas para o retorno de Jesus. Isso é verdade?"

Eu AINDA fico impressionado com a maneira como os opositores dos Adventistas agem.

A maioria esmagadora dessas pessoas nunca se dignou a ler algum livro da História Denominacional dos Adventistas, e limitam-se, apenas, a repetir a ladainha que ouvem em seus cursos doutrinários fajutos e pregações equivocadas. São os "crentes papagaios..."

Dentre as inúmeras dessas "ladainhas", uma comumente utilizada é a de que "os Adventistas marcaram datas para a volta de Jesus", tentando assim desacreditar a forte base doutrinária desta Igreja.

Como eu disse, tais pessoas repetem estes frágeis argumentos pelo simples fato de não conhecerem o que REALMENTE aconteceu no surgimento da IASD... ou então agem de má fé, repetindo falácias que sabem que são inverídicas! Prefiro crer na primeira opção...

Todos sabem, e os livros denominacionais estão ai para confirmar, que a Igreja Adventista só surgiu na década de 1860, ou seja, quase 20 anos depois do desapontamento de 22 de outubro de 1844. Na verdade, quem marcou esta data foi um BATISTA, o senhor Guilherme (ou William, em inglês) Miller. Ele, sim, foi quem fez os cálculos e descobriu que algo muito importante ocorreria em 22-10-1844. Seu erro foi acreditar que o evento seria a VOLTA DE JESUS.

Como sabemos hoje, Miller errou no evento, mas não nos cálculos da data. Ou seja, a data estava correta... o que estava errado era o pensamento de que este seria o dia do retorno de Jesus, conforme a crença evangélica daquela época.

Depois deste fatídico dia (22-10-1844), o Movimento Millerita (também chamado de Movimento Adventista por alguns, porém não deve-se confundir com a Igreja Adventista do 7º Dia), se fragmentou em diversos ramos.

Algumas pessoas continuaram refazendo os cálculos de Miller, e repetiram o erro de datar o retorno de Jesus. Mas NUNCA a Igreja Adventista do 7º Dia, como Instituição organizada, cometeu tal erro.

A Igreja Adventista, e seus hoje quase 20 milhões de membros, não pode ser continuamente acusada e ridicularizada (insisto, pelos que preferem não conhecer sua História), devido ao erro de algumas pessoas que, posteriormente, formariam a primeira geração de membros da denominação. Da mesma forma, hoje não podemos condenar uma denominação inteira porque alguns membros, equivocadamente, gostam de pensar, por exemplo, que um tal
CHIP MONDEX será a marca da besta.

Na sua excelente obra doutoral ("Crises na Igreja Apostólica e na Igreja Adventista do 7º Dia"), o Pr. Luiz Nunes traz o seguinte esclarecimento:

"A tendência literalista exagerada do historicismo de alguns estudiosos adventistas os levou ocasionalmente a marcar novas datas para o Segundo Advento, ameaçando assim a credibilidade do adventismo. Após a decepção de 22 de outubro de 1844, a Segunda Vinda de Cristo foi aguardada por alguns para abril de 1845, quando terminaria o ano judaico de 1844... Tendo falhado esta previsão, surgiram alguns artigos propondo novas datas" (pág. 104).

Entre estes "calculistas" estavam: O. R. L. Crosier, Hiram Edson, Joseph Bates, e outros.

Porém, antes de outubro de 1845, como lembra o Pr. Nunes, Ellen White recebeu uma visão advertindo que a tentativa de marcar novas datas seria sempre motivo de desapontamento (como o é até hoje! Basta relembrar o fiasco recente de uma igreja americana em 21/05/2011). Veja o que ela declarou posteriormente:

"Tenho sido repetidamente advertida com referência a marcar tempo. Nunca mais haverá para o povo de Deus uma mensagem baseada no tempo" - Mens. Escolhidas, vol. 1, pág. 188.

Como vemos, muitos anos ANTES de nascer a Igreja Adventista do 7º Dia, Ellen White já fora orientada sobre o erro de marcar datas para a volta de Cristo, ou para qualquer outro aspecto temporal da profecia apocalítica, posterior a 22 de outubro de 1844.

Portanto, cai por terra mais esta falácia: de que Ellen White e os "pioneiros" da Igreja Adventista do 7º Dia cometeram sucessivos erros na datação do retorno de Cristo.

Pena que ainda vamos ouvir esta ladainha mentirosa MUUUUUUUIIIITAS vezes...

21 comentários:

Anônimo disse...

Amigo, parabéns pela iniciativa de comentar um assunto "muito conhecido" pelos Adventistas do sétimo dia. Pena que pouco estudado pelas outras religiões que preferem a fazer julgamentos sem previo conhecimento.

S. O. disse...

Não posso deixar de lhe parabenizar pelo blog,
você está fazendo um belíssimo trabalho de esclarecer duvidas com respostas muito bem fundamentadas a respeito da IASD, espero que seu blog possa alcançar muitas almas a Cristo. Você não sabe o quanto instigou-me a aprofundar-me no estudo da palavra. Muito Obrigadaa!!
Parabéns mesmoo!!!
,*

Prof. Gilson Medeiros disse...

Cara "S.O." fico imensamente feliz com suas palavras.
Que bom que o material está sendo útil para vc.

Um abraço.

Anônimo disse...

Ola!!!! Faço parte dessa Crença adventista a 43 anos,( com muito orgulho) Como sabemos estamos estudando uma lição muito importante para nossos dias atuais!! Mas como ela fala de profetas, na minha igreja começou uma ideia de que somos profetas atuais.. gostaria de saber o que temos de concreto nos livros de Ellem Wite sobre esse assunto??

Prof. Gilson Medeiros disse...

Olá.

Segundo a profecia de Joel 2, haverá manifestações de profetas nos últimos dias.
Porém, como estamos vendo na Lição deste trimestre, todo aquele que se considerar "profeta" deve estar em conformidade com os "requisitos" estipulados na Bíblia.

Por isso, não acredito que "todos" sejamos profetas atuais, segundo a compreensão que a Bíblia dá para este ministério especial.

Anônimo disse...

na verdade, a iasd não marcou nada, quem marcou foi Miller. Errando Miller nisto, EGW, profetizou em cima dos erros e surgiu a iasd. EGW, pregando erros e erros, fez a iasd, doutrinou que a iasd era a única e as outras todoas erradas. mas a Bíblia diz que EGW não é a palavra de Deus, mas só a Bíblia.
professor gilson o senhor disse num comentário que a iasd já existia desde a antiguidade, mas como provar isto se a data da igreja é 1844?

quero saber o seu ponto de vista.

Arnaldo - RS.

Prof. Gilson Medeiros disse...

Caro Arnaldo, gostaria que vc me ajudasse a responder suas dúvidas.

1. Por favor, me relembre onde eu disse que a Igreja Adventista "existia desde a antiguidade". Não me recordo de ter escrito algo assim.

2. Em qual livro de Ellen White está a declaração de que a Igreja Adventista é a "unica e as outras todoas erradas" (sic)?

A "data da igreja" (imagino que vc se refere à fundação da Igreja Adventista) não é 1844, pois somente na década de 1860 é que a Igreja Adventista foi oficializada.

Sugiro que vc estude melhor sobre as doutrinas e a crença Adventistas , e não confie apenas em tuas "fontes", pois me parece que elas estão mais mal informadas que vc.

Fico aguardando.

Um abraço.

Anônimo disse...

Não sei se o senhor tirou do blogg, mas li num comentário de um cara tal de felix, sei-lá quem é, ele disse que a mulher criou a igreja nesta data, e por se trata da remanescente, é a única de verdade. o senhor disse que não foi ela que criou a igreja e a verdadeira é daqui do blog logo acima no item, COMO DESCOBRIR A IGREJA VERDADEIRA, aí tem muitos comentários, uns dizem que é a verdadeira outros não. O senhor disse que elá é inspirada por Deus, junto a Bíblia, mas a palavra de Deus é a Bíblia. É isso.

Arnaldo - RS.

Prof. Gilson Medeiros disse...

Como eu pensava, caro Arnaldo, suas informações estavam equivocadas.

Não tome como base o famoso "me disseram" para fundamentar seu pensamento sobre os Adventistas. Busque em fontes confiáveis.

Eu não disse que a Igreja Adventista é a única verdadeira. Se a igreja que vc frequenta tem as características da verdadeira igreja, CONFORME VEMOS NA BÍBLIA, então tudo bem.

O problema é quando estamos tão cegos pelo preconceito, que não queremos enxergar que estamos fazendo parte de uma denominação que será REJEITADA, conforme as palavras do próprio Jesus (cf. Mat. 7:21-23).

E se Ele disse isso, quem sou eu para contradizê-Lo?!

Gustavo disse...

Olá Prof. Gilson muito bom esta postagem!sou convicto das verdades da igreja adventista do sétimo dia!AMÉM
Deixa eu fazer uma pergunta: Ellen White disse no livro Eventos Finais no capitulo do Auto Clamor nas páginas 199 e 200 assim:'' O Coração da Última Mensagem de Deus

Vários me escreveram, indagando se a mensagem da justificação pela fé é a mensagem do terceiro anjo, e tenho respondido: "É a mensagem do terceiro anjo, em verdade." Mensagens Escolhidas, vol. 1, pág. 372.

Em Sua grande misericórdia, enviou o Senhor preciosa mensagem a Seu povo por intermédio dos pastores [E. J.] Waggoner e [A. T.] Jones. Esta mensagem devia pôr de maneira mais preeminente diante do mundo o Salvador crucificado, o sacrifício pelos pecados de todo o mundo. Apresentava a justificação pela fé no Fiador; convidava o povo para receber a justiça de Cristo, que se manifesta na obediência a todos os mandamentos de Deus.

E aí Prof. Gilson .Já que Ellen White dise que a Mensagem da Justificação pela Fé é a Terceira Mensagem apresentada por intermédio dos pastores Waggoner e Jones você também a considera precisoa como considerou Ellen White?

Gilson Medeiros disse...

Olá, Gustavo. Não existe mensagem bíblica mais preciosa e importante para estes últimos dias do que a da JUSTIFAÇÃO PELA FÉ.

Naquilo que Jones e Waggoner ensinaram que estava em conformidade com a Bíblia, creio de todo coração. Mas também sei que eles falharam em muitos pontos, e os "frutos" posteriores de suas vidas demonstraram isso.

Sugiro a leitura dos excelentes livros: "Ellen White e a Justificação pela Fé", e "A Mensagem de 1888".

Um abraço.
Gilson.

Anônimo disse...

Olá meu amigo e pastor Gilson.

Gostaria de contribuir com o post, principalmente no que diz respeito a Miller ter marcado uma data específica para volta de Jesus.
Segundo o livro Em Busca de Identidade, do Dr. George Knight, nas págs 50,51 e 52, Afirmam que, Miller não havia marcado uma data específica, "...por volta de janeiro de 1843 ele havia concluído que Cristo voltaria em algum momento entre 21 de março de 1843 e 21 de março de 1844." pag 50.
Foi numa reunião campal em Exeter, New Hampshire, em meados de agosto de 1844, que o pregador milerita Samuel S.Snow argumentou com base na tipologia bíblica que Cristo voltaria na data específica de 22 de outubro de 1844.
"Miller nunca levou essa percepção à sua conclusão lógica em 1843. na verdade, ele e J.V. Himes ficaram bastante relutantes em aceitar a interpretação de Snow. Foi somente em 6 de outubro de 1844 que os dois mais destacados líderes do movimento milerita adotaram as conclusões de Snow,..."
Pelo que entendi, quem marcou a data de 22 out 1844 foi inicialmente, S.S.Snow, Miller após relutância, aceitou a interpretação de Snow.

Um abraço e fique com Deus.

Wagner Gomes

Anônimo disse...

Eu ouvir falar que Ellen White era Unicista, até alejandro bullon lutava
contra tais doutrinas estranhas .
então , por que vcs creem na trindade?
Não seria ELlen a profetisa do adventismo?
Mas, falando serio , p/ quer ter uma profetisa?
JESUS , NÃO cumpriu a lei e os profetas lá na cruz do calvário?
só Jesus não basta ??
A igreja de Cristo deve está firmada na rocha , e a ROcha é o filho de DEUS.
o caminho , a verdade e a vida !!
SÓ EM JESUS .
****REGIANE A PAZ !!

Gilson Medeiros disse...

Cara Regiane, não baseie suas concepções no "ouvi falar"... isso não dá certo.

Dê uma olhada no material sobre Trindade e Espírito de Profecia aqui no blog, e esclareça suas dúvidas.

Mas, quero adiantar que não vale utilizar a declaração de Jesus sobre "a lei e os profetas", pois senão não teríamos o Apocalipse, pois o João do Apocalipse veio DEPOIS de João Batista... concorda!?

Um abraço.
Gilson.

Micajah Santos disse...

Nem sei se vcs saudam com Paz de Cristo, mas eu sim hehe. Paz!

A Bíblia fala que o ministério de profeta foi encerrado em João, o Batista. No entanto, vcs tem Ellen White como a "profetiza" de vcs. Não seria isso muito arriscado? Seus escritos realmente seriam necessários já que a Palavra de Deus é a suprema fonte? Tendo nós o Espirito Santo, ele não é o melhor tradutor da vontade de Deus? Percebo que vcs se fundamentam muito no q Ellen pregou, e venhamos e convenhamos, assim como explica muita coisa, tras muita confusão tb. Não seria mais fácil receber a graça de Deus na vida, crer em Jesus como nosso único e suficiente Salvador, viver uma vida piedosa, de oração e de boas obras, como fruto da fé e esperar a volta do Senhor Jesus? Vcs estudam muito, mas o muito estudar é da carne e a exemplo de Jesus, devemos crescer na graça e no conhecimento.

Gilson Medeiros disse...

Prezado Micajah, se tem um povo que pode "com a boca cheia" saudar com a paz do Senhor, é o povo Adventista (cf. Salmo 119:165)... hehe.

Quanto a dizer que João Batista foi o último profeta, imagino que na sua Bíblia não exista o livro do Apocalipse, porque, que eu saiba, ele foi escrito por um profeta que viveu depois de João Batista.

Se os escritos de Ellen White são "necessários"? Bem, se foi Deus quem os enviou, quem sou eu para questioná-Lo??!! Os Adventistas não colocam os escritos de EGW acima da Bíblia. Somente quem não conhece NADA sobre a Igreja Adventista é que pode falar uma tolice dessas.

Não lembro de já ter lido nada nos escritos de EGW que traga alguma "confusão" para mim fé. Imagino que você nunca leu nada dela, e está apenas repetindo o blá-blá-blá de sempre, pregado nos púlpitos preconceituosos dos que preferem desobedecer ao Senhor, do que se render a Ele inteiramente.

Desculpe a sinceridade, mas não baseio minha fé naquilo que é "mais fácil". Lembro de Jesus ter dito que a fé VERDADEIRA é representada por uma caminho apertado e dificultoso, porque quem preferir andar por ele estará na contramão do mundo... e isso, venhamos e convenhamos, não é nada fácil!!!!

Imagino que você não sabe o que significa crescer na graça e no "conhecimento", porque um pouco antes de afirmar esta verdade bíblica, você se equivoca em dizer que o "estudar é da carne"... confesso que procurei este verso em minha Bíblia mas não o encontrei...

Ah... deve fazer parte da sua Bíblia incompleta, né... afinal, nem o Apocalipse você tem (porque só aceita os profetas até João Batista)... hehe.

Abra os olhos, e deixe a verdade te libertar!!!!

Um abraço
Gilson

Joab Andre disse...

Prof. Gilson Medeiros, com todo respeito a sua pessoa e formação, eu não poderia deixar de registrar que de todas os crentes das outras denominações evangeliscas que receberam a visita de um adventista para um eventual estudo relataram que os mesmo não somente condenaram as demais denominações como Babilônias bem como seus respectivos pastores de falsos profetas e guias cegos. Em 2004 a IASD imprimiu e distribuiu folhetos aqui em nossa cidade com imagem da faixada de várias denominações evangélicas como sendo templos Babilônicos. Até hoje nenhum lider da IASD se manifestou em repúdio ao ato preconceituoso e discriminatório com as demais denominações evangélicas que tem pregado a mensagen da Cruz.

Me desculpe professor, mas é unanime entre os membros e pastores das demais denominações  evangélicas o repúdio quanto às afirmações feitas por membros, pastores e líderes da IASD que todas as demais Igrejas Evangélicas são Babilônias, são a prostituta do Apocalipse e seus pastores falsos profetas.

Muitos são os irmãos que nos relataram a revolta quando numa visita a um culto adventista ouvirem os pregadores condenar de forma desprezível sua denominação evangélica de Babilônia.

O Estatuto Adventista pode não dizer serem a única igreja verdadeira, o que seria um grande absurdo e afronta a outras, mas que os membros, pastores e líderes afirmam ser, isso fazem. E não adianta negar por que as pessoas que sairam da IASD não somente confirmam que assim aprenderam bem como apresentaram apostilas, livros, revistas e video aula que comprovam a discriminação e preconceito em relação às demais denominações evangélicas.

Gilson Medeiros disse...

Caro Joab André, obrigado pelo comentário.

Na minha opinião, você está equivocado quando usa termos que generalizam, tais como "todos", "unânime", etc. Tenho certeza que não são todos os evangélicos de sua cidade que têm a mesma impressão mencionada por você.

Além do mais, como em toda organização religiosa, a Igreja Adventista, como instituição, não pode ser criticada pela atitude equivocada e particular de algum de seus membros. Tenho absoluta certeza que os panfletos que o sr alega terem sido distribuídos há 13 anos em sua região, não o foram com o condão da liderança da IASD. Certamente a atitude partiu de algum membro radical e sem qualquer procuração para agir em nome dos Adventistas do 7º Dia.

Diferente do que o sr. relata, conheço inúmeros membros de outras denominações (alguns já testemunharam aqui mesmo neste blog) que foram muito bem recebidos quando visitaram algum culto Adventista, não relatando qualquer menção a pregações preconceituosas ou de ridicularização de alguma outra igreja ou religião... desculpe, mas o sr., mais uma vez, age com uma generalização fora do comum.

Um abraço
Gilson.

Anônimo disse...

Pastor tenho uma dúvida.
Eu não guardo o sábado, mas um dia entreguei minha vida a Jesus. Eu posso perder minha salvação?
Leandro ES

Anônimo disse...

Pastor tenho uma dúvida.
Eu não guardo o sábado, mas um dia entreguei minha vida a Jesus. Eu posso perder minha salvação?
Leandro ES

Gilson Medeiros disse...

Caro Leandro, somente Deus pode dizer se alguém vai ou não se salvar.

O que sabemos é apenas aquilo que está escrito na Bíblia, como por exemplo: que devemos guardar os mandamentos, e somente aqueles que não sabem que têm esta obrigação é que estão inocentes diante de Deus.

Um abraço
Gilson.

Cursos Básico, Médio e Avançado

Ebook 101 Razões