segunda-feira, novembro 03, 2014

Perdoar é voltar no tempo

Uma frase me veio à mente esta semana:

"O perdão é o meio que encontramos de voltar no tempo".

Muitos filmes já foram criados com a ficção de se voltar ou mudar a realidade no tempo. Por exemplo: De Volta para o Futuro, Exterminador do Futuro, Matrix, etc.

Mas a realidade é que só descobrimos até hoje uma única maneira de fazer o "tempo voltar" - o PERDÃO.

Afinal, quando pedimos perdão, na realidade, estamos querendo dizer: "por favor, esqueça o que fiz no passado, e me dê uma nova oportunidade para acertar". E aqui é onde entra o grande problema do perdão...

Em tese, ele deveria estar ligado ao esquecimento... mas isso não ocorre.

A vida duramente nos ensina que as pessoas não esquecem os erros que cometemos no passado... a esposa traída não esquece o erro do marido; a sociedade não esquece o erro do presidiário arrependido; a família não esquece o sofrimento causado pelo jovem drogado; e até mesmo a igreja, sim, a igreja não esquece os erros dos seus membros...

Somente o perdão de Deus é suficientemente pleno para provocar nEle o esquecimento.

"Eu, Eu mesmo, sou o que apago as tuas transgressões por amor de Mim e dos teus pecados não Me lembro" (Isaías 43:25).

Que verso maravilhoso! Uma excelente fonte para um bonito sermão sobre a graça divina e a libertação do pecado!

Mas, na esfera humana, o perdão não passa disso - uma bonita teoria.

Portanto, fica uma certeza: a máquina do tempo, DE FATO, não existe... pois nem mesmo o perdão consegue apagar o passado e reescrever a história.

Como disse alguém, usamos muito o "lápis", e poucas vezes a "borracha", e quando a usamos, é para tentar apagar escritos de "caneta"... sempre ficará o borrão na página.

"Eu, Eu mesmo, sou o que apago as tuas transgressões por amor de Mim e dos teus pecados não Me lembro" (Isa. 43:25).

Nenhum comentário:

Cursos Básico, Médio e Avançado

Ebook 101 Razões